TEJ II – ONLINE: PROGRAMA

À atenção dos estudantes do 2.º ano.

(Atualizado em 21.01.2015 – ligações hipertextuais a alguns artigos)

TÉCNICAS DE EXPRESSÃO JORNALÍSTICA II – ONLINE
PROGRAMA (2014-2015)

Objetivos:

Pretende-se que o estudante sistematize e aprofunde o domínio das técnicas de expressão específicas do ciberjornalismo.
Através da intensificação de exercícios práticos, pretende-se elevar os níveis de proficiência dos alunos nos diferentes géneros ciberjornalísticos.

Resultados de aprendizagem e competências:

Os objetivos de aprendizagem serão atingidos se, no final da lecionação da unidade curricular, os estudantes se mostrarem aptos a desenvolver as seguintes competências: 1) Conhecer os aspetos relacionados com o enquadramento teórico da especificidade das linguagens dos cibermeios; 2) Conhecer e dominar as técnicas de expressão do ciberjornalismo; 3) Utilizar o domínio das técnicas para concretizar trabalhos práticos nos diferentes géneros ciberjornalísticos.

Programa:

1. MEDIA ONLINE
1.1. Exploração e caracterização de sites
1.2. Fiabilidade da informação online
1.3. Internet em novos suportes
1.4. Economia dos novos media

2. JORNALISMO PARTICIPATIVO
2.1. Jornalismo profissional e amador
2.2. Emergência e afirmação do “cidadão-jornalista”
2.3. Blogues e jornalismo
2.4. Questões éticas e legais

3. PRÁTICA DO CIBERJORNALISMO
3.1. Normas e estilos ciberjornalísticos
3.2. Narrativa hipertextual
3.3. Multitextualidade
3.4. Produção para diferentes suportes

Métodos de ensino:
Enquadramento teórico e realização de exercícios práticos

Critérios de avaliação:
Exercícios em aula, participação e assiduidade (30%)
Entrevista a publicar online (20%) – Data limite de entrega: 28-11-2014
Exame final (50%)

Entrevista:

Quem entrevistar? – qualquer pessoa (conhecida ou não) que tenha uma história (ou mais) de interesse jornalístico para contar, que se enquadre numa secção do JPN.

Onde publicar? – em “rascunho”, no “backoffice” do JPN – http://jpn.c2com.up.pt/mt

Dimensão indicativa: entre 1.500 e 3.000 caracteres repartidos por 2 textos corridos (não pergunta-resposta) hiperligados entre si.

Elementos multimédia: Mínimo: 2 imagens fixas; Opcional: áudio, vídeo, diaporama, infografia e hiperligações externas.

O que entregar? – Colocar no Moodle um ficheiro (Word ou PDF) com imagens (capturadas através da função Ctrl Alt Print Scrn) da pré-visualização dos textos inseridos no “backoffice” do JPN, com indicação dos locais das hiperligações e do(s) elemento(s) multimédia que os acompanham.

BIBLIOGRAFIA:

* BASTOS, Helder (2011) Ciberjornalistas em Portugal: Práticas, Papéis e Ética. Lisboa: Livros Horizonte.

CANAVILHAS, João (2008) Webnoticia: Propuesta de Modelo Periodístico Para La WWW. Covilhã: Livros Labcom.
(http://www.livroslabcom.ubi.pt/sinopse/canavilhas-webnoticia.html)

DÍAZ NOCI, Javier, e SALAVERRÍA, Ramón (2003) Manual de Redacción Ciberperiodística. Ariel Comunicación.

FIDLER, Roger (1997) Mediamorphosis: Understanding New Media. Sage Publications.

FOUST, J. C. (2005) Online Journalism – Principles and Practices of News for the Web, Scottsdale: Holcomb Hathaway.

* FRIEND, C. & SINGER, J. B. (2007) Online Journalism Ethics – Traditions and Transitions, Armonk/London: M. E. Sharpe.

* GARCÍA DE TORRES, Elvira (2012) Cartografía del periodismo participativo – Estudio de las herramientas de participación en la prensa digital de Argentina, Colombia, España, Estados Unidos, Israel, México, Perú, Portugal y Venezuela. (2012). Tirant Lo Blanch Humanidades, Valencia.

* GILLMOR, Dan (2005) Nós, Os Media. Lisboa: Editorial Presença.
(http://www.oreilly.com/catalog/wemedia/book/index.csp)

LÉVY, Pierre (2000) Cibercultura. Instituto Piaget.

PARRA VALCARCE, D. & ÁLVAREZ MARCOS, J. (2004) Ciberperiodismo. Madrid: Editorial Sintesis.

PAVLIK, John V. (2001) Journalism and New Media. Columbia University Press.

QUINN, S. (2005) Convergent Journalism – The Fundamentals of Multimedia Reporting. New York: Peter Lang Publishing.

QUINN, S. & Lamble, S. (2008) Online Newsgathering – Research and Reporting for Journalism. Burlington: Focal Press/Elsevier.

SALAVERRÍA, Ramón (2005) Redacción Periodística en Internet. Eunsa.

STOVALL, James Glen (2004) Web Journalism: Practice and Promise of a New Medium. Boston: Pearson Education.

TORRES, María Bella Palomo (2004) El periodista on line: de la revolución a la evolución. Sevilla: Comunicación Social Ediciones y Publicaciones.

WARD, Mike (2002) Journalism Online. Woburn: Focal Press.
WEBGRAFIA:

* ALEXANDER, Jan & TATE, Marsha Ann (1996-2005) How to recognize a news web page.

BARBOSA, Elisabete (2001) Interactividade: A grande promessa do jornalismo online.

* BASTOS, Helder (2008) Ciberjornalistas portugueses: Das práticas às questões de ética. (link atualizado em 21.01.2014)

BASTOS, Helder (2005) Ciberjornalismo e narrativa hipermédia. (link atualizado em 21.01.2014)

BRIGGS, Mark (2007) Jornalismo 2.0: Como sobreviver e prosperar.

DEUZE, M. (2008) The Professional Identity of Journalists in the Context of Convergence Culture.

GRADIM, Anabela (2002) Os géneros e a convergência: O jornalista multimédia do século XXI.

GRANADO, António (1999) Fiabilidade da informação online.

GORDON, Rich (2003) Convergence Defined.

KRAMER, Staci (2004) Journos and Bloggers: Can Both Survive?. (link atualizado em 21.01.2014)

LASICA, J. D. (2002) The Promise of the Daily Me.

OUTING, Steve (2005) The 11 Layers of Citizen Journalism.

OUTING, Steve (2004) What Bloggers Can Learn From Journalists.

OUTING, Steve (2004) What Journalists Can Learn From Bloggers.

ROSEN, J. (2008) A Most Useful Definition of Citizen Journalism.

* ROSEN, J. (2006) The People Formerly Known as the Audience.

ROSENSTIEL, Tom (2011) Five myths about the future of journalism.

SANTOS, Luís António & ZAMITH, Fernando (2004) Weblogs e Jornalismo: um exemplo de aproximação na universidade portuguesa.

ZAMITH, Fernando (2013) Prós e contras de andar à boleia – Quando o cidadão comum parece jornalista.

ZAMITH, Fernando (2011) A contextualização no ciberjornalismo.

* ZAMITH, Fernando (2007) Jeff Jarvis: Jornalistas e cidadãos devem trabalhar em rede. (link atualizado em 21.01.2014)

* ZAMITH, Fernando (2006/2010) Livro de Estilo do JornalismoPortoNet. (link atualizado em 21.01.2014)
* Leitura recomendada (as restantes referências são sugestões de consulta/leitura para aprofundamento de temas)