Arquivo mensal: Fevereiro 2010

TEJ 1 – ONLINE: PROGRAMA

À atenção dos alunos do 1º ano <-- 015635.html#015635 -->

TÉCNICAS DE EXPRESSÃO JORNALÍSTICA/ONLINE
PROGRAMA 1º ANO (2009-2010)

Objectivo geral do 1º ano: O aluno deve ficar a conhecer a teoria básica ligada ao jornalismo na Net e a dominar as principais ferramentas da rede para fins jornalísticos

Objectivo geral do 2º ano: O aluno deve ficar a conhecer bem a realidade do jornalismo que é “praticado” na Internet (incluindo o jornalismo participativo, os blogues, etc.)

Objectivo geral do 3º ano: O aluno deve ficar a conhecer o “estado da arte” do ciberjornalismo (incluindo as técnicas de redacção ciberjornalística) e a concretizá-lo, nomeadamente através da realização de trabalhos multimédia
Programa 1º Ano:
1. A INTERNET
1.1. Enquadramento histórico e evolução
1.2. Modelos de comunicação
1.3. Comunidades virtuais e cibercultura
1.4. Novas ferramentas (RSS, wikis, podcasting, tagging, etc.)

2. JORNALISMO ONLINE
2.1. Origem e desenvolvimento
2.2. Noções de Jornalismo Assistido por Computador
2.3. Técnicas de pesquisa online
2.4. Questões técnicas, éticas e legais

3. CIBERJORNALISMO
3.1. Origem, desenvolvimento, conceitos
3.1. Os novos jornalistas
3.3. Narrativa hipermédia
3.4. Desafios de novas modalidades
Métodos de ensino:

Enquadramento teórico e realização de exercícios práticos

Regime de avaliação:

Avaliação contínua (30%); trabalho sobre mailing lists/newsletters (10%); trabalho sobre del.icio.us (10%); exame (50%)
BIBLIOGRAFIA:

BASTOS, Helder (2000) Jornalismo Electrónico – Internet e Reconfiguração de Práticas nas Redacções. Coimbra: Minerva Editora.

BRIGGS, Mark (2007) “Jornalismo 2.0: Como sobreviver e prosperar’.
(http://knightcenter.utexas.edu/Jornalismo_20.pdf)

CANAVILHAS, João (2008) Webnoticia: Propuesta de Modelo Periodístico Para La WWW. Covilhã: Livros Labcom.
(http://www.livroslabcom.ubi.pt/sinopse/canavilhas-webnoticia.html)

DEUZE, M. (2003) ‘The web and its journalisms: considering the consequences of different types of newsmedia online’, New Media & Society, Vol. 5(2): 203-230, Sage.

DÍAZ NOCI, Javier, e SALAVERRÍA, Ramón (2003) Manual de Redacción Ciberperiodística. Ariel Comunicación.

FIDALGO, António, e SERRA, Paulo (orgs.) (2003) Jornalismo Online. Covilhã: Universidade da Beira Interior.

FIDLER, Roger (1997) Mediamorphosis: Understanding New Media. Sage Publications.

FOUST, J. C. (2005) Online Journalism – Principles and Practices of News for the Web, Scottsdale: Holcomb Hathaway.

FRIEND, C. & SINGER, J. B. (2007) Online Journalism Ethics – Traditions and Transitions, Armonk/London: M. E. Sharpe.

GILLMOR, Dan (2005) Nós, Os Media. Lisboa: Editorial Presença.
(http://www.oreilly.com/catalog/wemedia/book/index.csp)

KAWAMOTO, K. (ed.) (2003) Digital Journalism: Emerging Media and the Changing Horizons of Journalism, Lanham: Rowman & Littlefield Publishers.

LÉVY, Pierre (2000) Cibercultura. Instituto Piaget.

PARRA VALCARCE, D. & ÁLVAREZ MARCOS, J. (2004), Ciberperiodismo. Madrid: Editorial Sintesis.

PAVLIK, John V. (2001) Journalism and New Media. Columbia University Press.

QUINN, S. (2005) Convergent Journalism – The Fundamentals of Multimedia Reporting. New York: Peter Lang Publishing.

QUINN, S. & Lamble S. (2008) Online Newsgathering – Research and Reporting for Journalism. Burlington: Focal Press/Elsevier.

SALAVERRÍA, Ramón (2005) Redacción Periodística en Internet. Eunsa.

STOVALL, James Glen (2004) Web Journalism: Practice and Promise of a New Medium. Boston: Pearson Education.

TORRES, María Bella Palomo (2004) El periodista on line: de la revolución a la evolución. Sevilla: Comunicación Social Ediciones y Publicaciones.

WARD, Mike (2002) Journalism Online. Woburn: Focal Press.

ZAMITH, Fernando (2008) Ciberjornalismo – As potencialidades da Internet nos sites noticiosos portugueses. Porto: Edições Afrontamento/Cetac.media.
WEBGRAFIA:

ANDREWS, Paul (2003) ‘Is blogging journalism?’. (http://www.nieman.harvard.edu/reports/03-3NRfall/63-64V57N3.pdf)

BARBOSA, Elisabete (2001) ‘Interactividade: A grande promessa do jornalismo online’. (http://www.bocc.ubi.pt/pag/barbosa-elisabete-interactividade.pdf)

BASTOS, Helder (2008) ‘Ciberjornalistas portugueses: Das práticas às questões de ética’.
(http://prisma.cetac.up.pt/edicao_n7_dezembro_de_2008/ciberjornalistas_portugueses_d.html)

BASTOS, Helder (2005) ‘Ciberjornalismo e narrativa hipermédia’. (http://prisma.cetac.up.pt/artigos/ciberjornalismo_e_narrativa_hipermedia.php)

BLOOD, Rebecca (2003) ‘Webloggs and jornalism: Do they connect?’. (http://www.nieman.harvard.edu/reports/03-3NRfall/61-63V57N3.pdf)

CANAVILHAS, João (2006) ‘Webjornalismo: Da pirâmide invertida à pirâmide deitada’, (http://www.bocc.ubi.pt/pag/canavilhas-joao-webjornalismo-piramide-invertida.pdf)

DEUZE, M. (2008) ‘The Professional Identity of Journalists in the Context of Convergence Culture’.
(http://obs.obercom.pt/index.php/obs/article/view/216)

DUBE, Jonathan (2000) ‘A Dozen Online Writing Tips’. (http://www.cyberjournalist.net/news/000118.php)

FERNÁNDEZ, Alex (2003) Qué futuro nos reserva a los periodistas digitales?
(http://www.webjornalismo.com/sections.php?op=viewarticle&artid=61)

GRADIM, Anabela (2002) ‘Os géneros e a convergência: O jornalista multimédia do século XXI’. (http://www.labcom.ubi.pt/agoranet/02/gradim-anabela-generos-convergencia.pdf)

GRANADO, António (1999) ‘Fiabilidade da informação online’. (http://www.fcsh.unl.pt/cadeiras/ciberjornalismo/aula12.htm)

GORDON, Rich (2003) ‘Convergence Defined’. (http://www.ojr.org/ojr/business/1068686368.php)

KRAMER, Staci (2004) ‘Journos and Bloggers: Can Both Survive?’. (http://www.ojr.org/ojr/stories/041112kramer)

LASICA, J. D. (2003) ‘Blogs and journalism need each other’. (http://www.nieman.harvard.edu/reports/03-3NRfall/70-74V57N3.pdf)

LASICA, J. D. (2003) ‘When webloggers commit journalism’. (http://www.webjornalismo.com/sections.php?op=viewarticle&artid=29)

LASICA, J. D. (2002) ‘The Promise of the Daily Me’. (http://www.ojr.org/ojr/lasica/1017779142.php)

MILLISON, Doug (2004) ‘Online Journalism FAQ’. (http://home.comcast.net/%7Edougmillison/faq.html)

MORKES, J. & NIELSEN, J. (1997) ‘Concise, SCANNABLE, and Objective: How to Write for the Web’. (http://www.useit.com/papers/webwriting/writing.html)

NUNES, Ricardo (2005) ‘Notícia digital: Processos de construção”. (http://www.bocc.ubi.pt/pag/nunes-ricardo-processos-de-construcao.pdf)

OUTING, Steve (2005) ‘The 11 Layers of Citizen Journalism’.
(http://www.poynter.org/content/content_view.asp?id=83126)

OUTING, Steve (2004) ‘What Bloggers Can Learn From Journalists’. (http://www.poynter.org/content/content_view.asp?id=75665)

OUTING, Steve (2004) ‘What Journalists Can Learn From Bloggers’. (http://www.poynter.org/content/content_view.asp?id=75383 )

REGAN, Paul (2003) ‘Weblogs threaten and inform tradicional journalism’. (http://www.nieman.harvard.edu/reports/03-3NRfall/68-70V57N3.pdf)

RICH, Carole (1998) Newswriting for the web. (http://members.aol.com/crich13/poynter1.html)

ROSEN, J. (2006) ‘The People Formerly Known as the Audience’, Press Think. (http://journalism.nyu.edu/pubzone/weblogs/pressthink/2006/06/27/ppl_frmr.htm)

SERRA, Paulo (2002) ‘O on-line nas fronteiras do jornalismo: Uma reflexão a partir do tabloidismo.net de Matt Drudge’. (http://www.labcom.ubi.pt/agoranet/pdfs2/serra-paulo-jornalismo-online.pdf)

VAN DER CRABBEN, Jan (2005) ‘News Consumption in Online Communities’. (http://www.jan.vandercrabben.name/pdf/CC3000_Dissertation_Body.pdf)

ZAMITH, Fernando (2007) ‘Jeff Jarvis: Jornalistas e cidadãos devem trabalhar em rede’.
(http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1290049&idCanal)

ZAMITH, Fernando (2006) ‘O subaproveitamento das potencialidades da Internet pelos ciberjornais portugueses’. (http://prisma.cetac.up.pt/edicao_n4_junho_de_2007/o_subaproveitamento_das_potenc.html)

ZAMITH, Fernando (2006) ‘Livro de Estilo do JornalismoPortoNet’.
(http://jpn.icicom.up.pt/documentos/livro_de_estilo_jpn.html)

ZAMITH, Fernando (2005) ‘Pirâmide invertida na cibernotícia: A resistência de uma técnica centenária’. (http://prisma.cetac.up.pt/artigos/piramide_invertida_na_cibernoticia.php)
TRABALHO SOBRE MAILING LISTS E/OU NEWSLETTERS

Objectivos: Criar hábitos de inscrição em mailing lists e de subscrição de newsletters, e tomar consciência da importância que as mesmas podem ter como fontes de informação para jornalistas.

Tarefa 1: Adicionar um endereço de e-mail a três listas de correio electrónico (mailing lists) e/ou subscrever três boletins/newsletters sobre um mesmo tema em três sites não noticiosos de potencial interesse jornalístico.

Tarefa 2: Elaborar e entregar um relatório de 40 a 50 linhas (duas páginas A4) com uma análise comparativa dos e-mails enviados pelas três fontes, focando, nomeadamente, a regularidade, actualidade, fiabilidade, rigor, organização, utilidade e relevância da informação recebida.

Advertência: Não subscrever sites comerciais (não têm interesse jornalístico e “encharcam” a caixa de correio com mails indesejados).

Sugestão 1: Subscrever de início cinco ou seis newsletters ou mailing lists (provavelmente, algumas estarão desactivadas) e escolher três ao fim das primeiras semanas.

Sugestão 2: Substituir tema se ao fim das primeiras semanas a informação recebida for demasiado escassa.

Prazo de entrega: 25/05/2010
TRABALHO SOBRE DELICIOUS

Objectivos: Criar hábitos de organização de “favoritos” e tomar consciência da importância do tagging para uma rápida procura e um criterioso arquivo de informação disponível na Internet.

Tarefa: Criar uma conta em http://delicious.com (com identificação clara do autor) e colocar lá um mínimo de 30 páginas “favoritas”, cinco em cada uma destas seis tags: política; economia; desporto; cultura; media; tecnologia. Um dos sites guardados na conta terá de ser o http://jpn.icicom.up.pt, ao qual terá de ser atribuída (entre outras) a tag tej2010.

Prazo de conclusão: 27/04/2010