Arquivo mensal: Outubro 2008

6 Anos




Este blog faz hoje seis anos.
Como que desafiando a evolução tecnológica e resistindo à tentação do novo, o template continua o mesmo e a ferramenta de edição também.
Conteúdo novo, também tem tido pouco. Os afazeres são muitos e as prioridades outras.






Publicado por Fernando Zamith a 22 outubro, 2008 11:00

TEJ II – ONLINE (PROGRAMA)

1À atenção dos alunos do 2º ano (ver Mais…).

TÉCNICAS DE EXPRESSÃO JORNALÍSTICA II – ONLINE
PROGRAMA (2008-2009)

Objectivo geral do 2º ano: O aluno deve ficar a conhecer bem a realidade do jornalismo que é “praticado” na Internet (incluindo o jornalismo participativo, os blogues, etc.)

PROGRAMA

1. Media Online
1.1. Exploração e caracterização de sites
1.2. Media online e media tradicionais
1.3. Arquitectura da informação online
1.4. Fiabilidade da informação online
1.5. Media online e novas funcionalidades da web
1.6. Economia dos novos media

2. Jornalismo participativo
2.1. Emergência e afirmação do “cidadão-jornalista”
2.2. Blogues e jornalismo
2.3. Mutações no gatekeeping

3. Iniciação à prática do ciberjornalismo
3.1. Normas e estilos ciberjornalísticos
3.2. Narrativa hipertextual
3.3. Multitextualidade

Métodos de ensino:
Enquadramento teórico e realização de exercícios práticos

Regime de avaliação:
Avaliação contínua (50%)
Entrevista a publicar online (20%) – Data limite de entrega: 02/12/2008
Exame (30%)

Entrevista:
Quem entrevistar? – Qualquer pessoa (conhecida ou não) que tenha uma história (ou mais) de interesse jornalístico para contar.
Peça final:
Onde publicar? – Qualquer sítio (blog pessoal ou do curso, p.e.)
Máximo: 50 linhas (textos corridos e não pergunta-resposta)
Mínimo: 2 textos hiperligados; 1 imagem fixa
Opcional: áudio, vídeo, diaporama, infografia e hiperligações externas
O que entregar? – Impressões das páginas que compõem a peça, com URL visível
Tag: Todos os textos devem ser classificados no delicious com a tag tej22008

Helder Bastos defende tese de doutoramento sobre ciberjornalistas em Portugal




O nosso colega Helder Bastos defende terça-feira, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, a sua tese de doutoramento, intitulada “Ciberjornalistas em Portugal: Práticas, Papéis e Ética”.

É a primeira tese de doutoramento sobre Ciberjornalismo defendida em Portugal (a segunda de um investigador português) e também a primeira sobre o Ciberjornalismo produzido no país.

O júri será constituído por Nelson Traquina, orientador do doutoramento, Cristina Ponte, João Pissarra e os arguentes Rogério Santos e João Canavilhas – o primeiro português a defender uma tese de doutoramento sobre Ciberjornalismo/Webjornalismo, em 2007, na Universidade de Salamanca, Espanha.

Helder Bastos é docente na Licenciatura em Ciências da Comunicação da Universidade do Porto desde a sua criação, em 2000. Entre 1996 e 2002, foi docente na Escola Superior de Jornalismo. Em 1999, defendeu a tese de mestrado, também sob a orientação de Nelson Traquina, intitulada “Jornalismo Electrónico: Internet e Reconfiguração de Práticas nas Redacções”, publicada em livro. Como jornalista, profissão que exerceu entre 1988 e 2003, trabalhou no Jornal de Notícias, Rádio Press e Diário de Notícias.






Publicado por Fernando Zamith a 19 outubro, 2008 22:48