Arquivo mensal: Outubro 2006

Web 2.0: Os melhores dos melhores




Foi colocada online há apenas três dias e já foi guardada em mais de 1.000 contas do del.icio.us!

É uma lista dos melhores dos melhores sites da Web 2.0. Todos devidamente validados.

E é, realmente, impressionante. Encontrei lá coisas que desconhecia, como os agregadores de notícias Newgie (parece muito interessante), Touchstone e Spotback (outro interessante, apesar das semelhanças com o Newsvine na personalização de tags de consulta corrente).






Publicado por Fernando Zamith a 29 outubro, 2006 23:37

Razões para que um estudante de Jornalismo tenha um blog




M. Atitar de la Fuente encontrou 13 razões para um estudante de Jornalismo fazer um blog.

Um post em destaque no site do I Congresso Internacional de Nuevo Periodismo, que terminou sábado em Valência. Há algumas informações e pequenos vídeos (nomeadamente das conferências de Dan Gillmor e de Yu-jin Chang) no site do congresso.






Publicado por Fernando Zamith a 23 outubro, 2006 00:02

Beers & Blogs no Cais de Gaia




Por motivo do 3º Encontro Nacional e 1º Encontro Luso-Galaico sobre Weblogs, a celebrar-se no Auditório da Reitoria da Universidade do Porto nos dias 13 e 14 de Outubro, temos o prazer de convocar um:

Beers & Blogs no Cais de Gaia

O Que é: uma reunião informal de bloguers
Quando: sexta-feira, 13 de Outubro, às 22.00 horas
Onde: na República da Cerveja, Av. Ramos Pinto, Loja 710, Cais de Gaia

Convocam: Encontro sobre Weblogs, JornalismoPortoNet Weblog e eCuaderno

Os interessados podem inscrever-se no blog do Encontro.






Publicado por Fernando Zamith a 08 outubro, 2006 00:08

Público impresso de novo grátis na Internet




19 meses depois, o Público deu o braço a torcer e reabriu na Internet o acesso grátis à edição impressa (excepto textos de opinião).

Há ainda outras novidades: Novas newsletters, serviço de alertas, mudanças no acesso ao arquivo, um novo canal de economia e uma navegação mais rápida para assinantes, que continuam a pagar 50 euros por ano.

Como jornalista de agência, não resisto em destacar esta afirmação: “… o objectivo é que o PUBLICO.PT funcione como uma agência de informação electrónica…”.
Pois… Com um serviço que continua a ser, maioritariamente, fornecido pela Lusa. Isto poucas semanas depois de a Lusa ter restringido o acesso grátis a apenas alguns títulos e leads (só o Lusa Brasil continua livre, desde que citada a fonte)






Publicado por Fernando Zamith a 02 outubro, 2006 14:49