Arquivo de etiquetas: Revista de Imprensa

REVISTA DE IMPRENSA: Vitória de António Costa domina as manchetes dos jornais portugueses

A vitória de António Costa nas eleições primárias do PS é o tema de destaque da imprensa nacional. Com 34,5% dos votos contra os 64,8% de Costa, Seguro demitiu-se duas horas após o fecho das urnas.

CORREIO DA MANHÃ

“Costa esmaga Seguro” é um dos temas de capa do Correio da Manhã, com a imagem de Costa a segurar a bandeira nacional portuguesa na mão, o símbolo da nação. Com os resultados apurados, o futuro líder do PS diz que “É o primeiro dia de uma nova maioria”.

JORNAL DE NOTÍCIAS

A capa do Jornal de Notícias apresenta o título “Foi sem espinhas”, onde surgem as fotografias dos dois candidatos, acompanhadas da respetiva percentagem obtida na noite passada: Costa (64,8%) e Seguro (34,5%). Costa diz que ontem foi o primeiro dia do fim do Governo de Passos Coelho e Seguro demite-se de secretário-geral.

PÚBLICO

“Vitória esmagadora deixa Costa mais forte para disputar legislativas” é tema de capa do Jornal Público, com Costa a garantir 70% e Seguro 30% de votações: Seguro demite-se duas horas depois do fecho das urnas e António Costa dá início aos trabalhos que estabelece como prioridades.

DIÁRIO DE NOTÍCIAS

No Diário de Notícias, com o título “Este é o primeiro dia dos últimos dias do Governo”, tem como imagem principal a figura de Costa com um cravo na mão, símbolo de liberdade. O resultado de António Costa (65,01%) levou Seguro a apresentar a demissão. Enquanto isso, Costa recusa sair à pressa de Lisboa. A decisão só será tomada depois de conhecido o calendário eleitoral.

I

“PS une-se em torno de Costa para conquistar poder”. António Costa é a imagem de capa, onde surge de braços abertos e festeja a vitória conquistada. “No dia em que as elites regressam ao PS, Seguro foi derrotado em todo o país e esmagado em Lisboa. Agora é o tempo de sarar as feridas e desafiar Passos Coelho”, é a frase que acompanha e descreve um momento que, para Costa, será decisivo no futuro enquanto novo presidente do PS.

DESTAK

“Novo líder do PS já fala em maioria”, título principal em O Destak, menciona que depois de vencidas as eleições, António Costa assume o desejo de mudança e de chefiar um novo governo maioritário.

Nota:Esta notícia não é acompanhada de imagem.

METRO

“António Costa vence primárias do PS com vitória retumbante” é o título presente no Jornal Metro e, ao contrário dos jornais até então analisados, não destaca a notícia. Costa derrota Seguro e será o candidato socialista a primeiro-ministro.

EXPRESSO, VISÃO, SÁBADO

Quanto ao jornal Expresso a notícia sobre a vitória de António Costa não faz parte da manchete. Na Visão, destaque para a investigação “A face oculta do PSD”. Sendo uma revista semanal, não foi noticiada a vitória de Costa na noite passada. Quanto à revista Sábado, o mesmo caso se aplica: revista semanal na qual não consta a vitória do atual presidente da Câmara de Lisboa.

SOL

No jornal Sol a notícia apresenta como título “PS pode ficar dois meses sem líder”. Esta está, no entanto, desatualizada, uma vez que a capa remete para o dia 26 de Setembro, dois dias antes dos resultados eleitorais: “Caso António Costa vença no domingo, só no fim do ano o PS voltará a ter secretário-geral”.

DOMINGO (CM)

“Guerra de irmãos: O que une os dois Antónios que lutam hoje pela liderança do PS” , é capa de destaque de DOMINGO, no qual a fotografia dos dois candidatos é representada com um rasgo no meio e que, de modo irónico, faz perceber que afinal não há nada que os una.

MAIS NOTÍCIAS…

O Correio da Manhã destaca ainda na capa: “Curandeiro limpa 168 mil euros a cliente”, notícia que não é comum a outras capas de jornais. Uma empresária é burlada ao tentar salvar a mãe do cancro.

No Jornal de Notícias, depois dos resultados de ontem, as Vindimas no Douro são notícia: sem imigrantes as uvas ficavam nas videiras.

Os jornais como o Destak e o Jornal de Notícias destacam, na editoria Desporto, a derrota da Alemanha frente a Portugal em ténis de mesa, o que valeu a Portugal o título de campeão europeu.

O casamento de Clooney no passado sábado foi noticiado no jornal Metro, com o título “Casadinhos de fresco!”. Surge, aliás, com maior destaque do que a vitória de Costa.

 

Catarina Cardoso,

turma 1

 

Revista de imprensa – 30 de Setembro

Os principais jornais portugueses têm hoje manchetes e assuntos diferentes nas suas capas. Ainda assim, o jogo entre o Sporting e o Chelsea, o rescaldo das primárias do PS e a manifestação de pró-democratas em Hong Kong são os principais temas do dia.

Ainda no seguimentos das primárias socialistas, o Público avança que Álvaro Beleza foi desafiado a avançar contra António Costa nas diretas do PS. A foto de capa mostra as manifestações em Hong Kong, que têm como objetivo a revolução pacífica rumo à democracia.

Também o Metro destaca a manifestação na China. O jornal diário noticia que “Universitários projetam o seu futuro fora do país”, dizendo que 46% dos estudantes portugueses não se imaginam a trabalhar no seu país em 2020.

“Mãe fazia orgias com filha de 4 anos” é a notícia de abertura do Jornal de Notícias, que denuncia também outros crimes sexuais espalhados pelo país. A foto de capa assinala a mudança da marca “Porto”, um ano depois da eleição do Presidente da Câmara, Rui Moreira, ter sido eleito.

O jornal I retorna o caso Tecnoforma, noticiando que o “DCIAP nega o acesso á contabilidade da empresa”. Fernando Medina, o sucessor de António Costa na Câmara Municipal de Lisboa, é o segundo assunto em destaque do jornal.

“Professores lesados nos concursos vão entrar nos quadros” e, mais uma vez, Fernando Medina dividem o protagonismo na capa do Diário de Notícias.

O Destak relembra com a fotografia principal que a “linha ferroviária que liga Cascais ao Cais do Sodré celebra hoje 125 anos”. Como manchete principal anuncia que os acidentes de trabalho estão em queda, sendo que uma em cada três empresas portuguesas têm pelo menos um sinistro por ano.

O Correio da Manhã, assim como os três principais jornais de desporto – O Jogo, A Bola e o Record – fazem menção à partida de logo à noite entre o Sporting e o Chelsea de José Mourinho, todos eles realçando que a equipa portuguesa vai ter de se superar para vencer a equipa inglesa. O CM noticia também a queda dos juros Euribor e do alívio por parte das famílias que conseguem poupar mais dinheiro mensalmente.

Já na secção economia, o Diário Económico tem como notícia principal “empresa imobiliária da CGD vai agravar dívida pública em 400 milhões”. A referência à entrevista a João Couto, diretor-geral da Microsift Portugal, também ocupa parte da capa do jornal.

O Jornal de Negócios também abre com uma entrevista, desta vez a Carlos Martins, acompanhada da citação “vamos construir dois navios para a Marinha nos estaleiros de Viana”. O facto de o aumento do salário mínimo ser temporário e dos clientes do Novo Banco ainda terem 1.400 milhões bloqueados também fazem manchete.

Por fim, o jornal Oje diz que “Costa desafia Tratado Orçamental”, ainda no seguimento das primárias do Partido Socialista. António Saraiva, presidente da CIP, faz também capa com uma citação: “Empresas nacionais que internacionalizam são prejudicadas no financiamento”.

Carolina Guimarães

Vitória de António Costa domina as capas dos jornais

O resultado das eleições do Partido Socialista é o grande destaque dos principais diários de informação geral nacionais. Na categoria de desporto, Portugal destaca-se pela vitória no Campeonato da Europa em Ténis de mesa.

As eleições primárias do PS são a notícia principal dos jornais nacionais. A vitória de António Costa provoca a demissão de António José Seguro de secretário-geral do PS. No entanto, em apenas dois jornais a atualidade política é colocada em segundo lugar. O Jornal Metro dá mais ênfase ao casamento do ator de cinema George Clooney e o Correio da Manhã coloca em manchete um caso que não se verifica em mais nenhum jornal: ‘Curandeiro’ limpa168 mil euros a cliente.
Os diferentes jornais apresentam de formas distintas a notícia referente às eleições do PS. No Correio da Manhã: “Costa esmaga Seguro”; no Jornal de Notícias: “Foi sem espinhas”; no Público: “Vitória esmagadora deixa Costa mais forte para disputar legislativas”; no i: “PS une-se em torno de Costa para conquistar o poder”; no Diário de Notícias: “Este é o primeiro dia dos últimos dias do Governo”; no Destak: “ Novo líder do PS já fala em maioria”; por fim, no Metro: António Costa vence primárias do PS com vitória retumbante”. Observando estes títulos torna-se evidente algumas caraterísticas sensacionalistas de alguns jornais. Distinguem-se títulos mais longos, outros mais cativantes, outros objetivos . No entanto, todos têm a finalidade de divulgar a mesma notícia.
A vitória de Portugal frente à Alemanha é reconhecida com o primeiro título internacional de Campeões da Europa. Grande parte dos diários de informação geral apresentam esta notícia na capa, no entanto, o Destak é o único jornal que reserva uma grande manchete com fotografia complementar desta notícia.
As três notícias mais divulgadas distinguem-se em três categorias: Política, Desporto e Mundo. Este contraste de categorias das notícias principais revelam uma grande variedade de interesse público.

Virgínia Matilde Silva Abreu, nº201304239
Turma 3

 

António Costa lidera PS e capas dos jornais

A vitória de António Costa nas primárias, é o principal título das capas dos jornais de hoje. Portugal campeão europeu em ténis de mesa e o casamento de George Clooney são outros dos temas em destaque.

Os principais jornais nacionais chamaram às primeiras páginas de hoje a vitória de António Costa nas eleições primárias do PS. O Público, o jornal i e o Diário de Noticias e o Correio da Manhã são os que atribuem maior destaque ao tema, através da utilização de fotografias que ocupam quase metade da capa do jornal.

A vitória de Portugal contra a Alemanha na final do campeonato europeu de ténis de mesa é tema de capa nos três diários desportivos, no Jornal de Notícias, no Diário de Noticias, Destak e Metro. O Destak é o único diário não desportivo que utiliza uma fotografia para realçar esta conquista na sua capa. O Correio da Manhã, o Público e o Jornal i não trazem para a capa do jornal este tema.

O casamento de George Clooney é outro dos temas de capa no Correio da Manhã, Destak e Metro, sendo este último o que maior ênfase deu ao evento, através do recurso a uma fotografia dos noivos.

Há quatro temas que têm destaque de capa, mas que só aparecem em exclusivo num dos jornais. O Correio da Manhã com caso do “Curandeiro” que supostamente lesou uma cliente em 168 mil euros, o Jornal de Notícias com a falta de imigrantes para trabalharem nas vindimas, o Diário de Noticias assinala os 50 anos da personagem de banda desenhada Mafalda e o Metro com o preço de referência dos combustíveis.

29-09-2014
NUNO MAIA SILVA

Revista de Imprensa

Tanto o jornal Correio da Manhã, como o público e o I e a revista Visão têm a primeira página do jornal de hoje, dia 3 outubro, voltada para o assunto do BES e Ricardo Salgado.

A manchete do Correio da Manhã,  “Perdão fiscal limpa luvas do clã” e do jornal I, “Ricardo Salgado recusou explicar à família os 14 milhões que recebeu de empreiteiro” referem-se ao caso do recebimento de comissões pelos submarinos, por parte da família Espírito Santo.

Já o Público dá destaque aos imóveis do BES que estão impossibilitados de ser vendidos pelo Novo Banco.

A revista Visão opta por mostrar testemunhos de quem perdeu dinheiro com o fim do Banco Espírito Santo: “A revolta dos espoliados do BES: o fim do Banco Espírito Santo prejudicou dezenas de milhares de pequenos investidores; histórias de quem perdeu as poupanças de uma vida e se sente enganado pelos banqueiros e pelos políticos.”

Para além disso, o CM destaca ainda, através de uma fotografia, o caso de um duplo de Hollywood que morreu em Lisboa e o Público mostra também uma fotografia, mas sobre uma entrevista de uma mãe que continua à procura de um filho desparecido há 40 anos, na Argentina.

O Jornal de Notícias apresenta na primeira página dois destaques, um sobre o facto de a vacina da tuberculose estar novamente com o stock esgotado e outro, através de uma fotografia, sobre o caso de um indivíduo que, alegadamente, esfaqueou e queimou a ex-companheira.

O Diário de Notícias apresenta na primeira página dois grandes destaques: Ministra da Justiça chama especialista do governo PS para resolver o bloqueio informático que paralisou os tribunais e uma entrevista a um jornalista que vive sob ameaça de morte.

O jornal Destak dá maior importância na primeira página ao facto de a luz ficar mais barata para 500 mil lares e ao caso de o número de candidatos à PSP e GNR superar as vagas disponíveis.

O Jornal Sol dá destaque ao facto de existir um número grande de suícidios em Portugal, que alarma os médicos e também à política com:” Passos está farto do CDS” e “Guerra no Bloco de Esquerda divide gémeas Mortágua”

Por fim, no jornal Metro, o título “Português é o quinto idioma mais utilizado” e a fotografia da cães e gatos, devido ao Especial Dia do Animal são os grandes destaques desta edição.

 

Ana Regina Ferreira Ramos, turma 5

Revista de imprensa – 3 de outubro de 2014 (Vânia Pimenta)

A manhã de sexta-feira acordou na imprensa nacional com um visível destaque ao caso da família Espiríto Santo. O caso BES domina o espaço mediático dos jornais portugueses.

Correio da Manha

“Perdão fiscal limpa luvas do clã  – Família repatria milhões dos submarinos”, esta é a manchete do Correio da Manhã, que traz de novo à primeira página o caso do BES. A notícia aparece logo no início da página a letras garrafais juntamente com a foto de Ricardo Salgado. É visível o destaque ao caso da família Espírito Santo e dos submarinos pois aparece a vermelho. “Duplo de Hollywood morre em Lisboa: queda de 16 metros fatal para jovem norte-americano.”, acompanhado da maior fotografia presente na capa do jornal esta é a notícia central na primeira página. O jornal Correio da Manhã títula também: “ Juízes criticam caos do Citius”. Destaque ainda nesta primeira página “Rendas comerciais mais protegidas contra aumentos”, título que é acompanhado da fotografia da Ministra da Justiça. “Luz mais barata para 500 mil famílias” e “Críticas a Jesus por derrotas na Champions” são  outros títulos do Correio da Manhã.

Jornal de Notícias

O Jornal de Notícias atribui especial enfoque ao título “Vacina da Tubercolose de Novo em Rutura” que aparece logo no inicio da primeira página com o maior tamanho de letra visível. Destaca ainda a condenação de um recluso que “Esfaqueou e Queimou Ex-Companheira por ciúme”. O JN abre com este título acompanhado de uma imagem que regista o momento em que o recluso é levado pela polícia. Destaque ainda para “Eletricidade fica mais barata para 500 mil pessoas”, este título aparece logo no início da capa com foto de um candeeiro que é uma das fotos maiores da primeira página. O JN realça ainda as notícias de desporto: “Dragão ou leão : um deles sai logo na 3ª eliminatória” e “O pior arranque de sempre do Benfica”. As notícias desportivas aparecem numa caixa de texto cor de laranja que se destaque dos restantes elementos que compõem a capa do JN.

Público

O Público abre hoje com o título “Imóveis do BES estão num limbo que impede Novo Banco de os vender”. Destaque nesta primeira página para a entrevista da secção ípslon: “Taty Almeida procura filho desaparecido na Argentina há 40 anos” que surge com a maior foto presente na capa do público. “Ciência – A sida nasceu em Kinshasa nos anos 1920 e espalhou-se pelo mundo de comboio e de barco”, título que se encontra destacado a amarelo.

Diário de Notícias

O DN notícia com elevado destaque nesta manha de sexta a “Entrevista a Roberto Saviano que vive sob ameaça de morte”, título este que ocupa grande parte da capa do DN acompanhado com a fotografia do jornalista. “Paula Teixeira da Cruz chama especialista do governo PS para salvar Citius” é a principal notícia em destaque neste jornal.  Outro título do DN é “Reportagem: há casados, divorciados, juntos e gays na nova família católica”.

i

O jornal i abre com a notícia “Ricardo Salgado recusou explicar à família os 14 milhões que recebeu de empreiteiro” que aparece com uma fotografia de Ricardo Salgado que ocupa praticamente toda a primeira página. “Estes é que são os donos disto tudo: Guo Guangcheng (Fidelidade), Wang Li (EDP), Guangchao Zhu (REN). Chineses: BES e portos são as compras que se seguem”, é um título que o i destaca. Este título aparece dentro de uma caixa de texto cor de rosa choque. “Contabilidade da ONG ligada à Tecnoforma, a que o i teve acesso, não permite desvendar o mistério das despesas de Passos Coelho”, aparece destacado sob um fundo (caixa de texto) amarelo.

Destak

“Luz fica mais barata para 500 mil lares” é o titulo destacado pelo jornal Destak, aparecendo em letras garrafais. Outra notícia é destacada pela fotografia que ocupa grande parte da primeira página do jornal, ao lado esquerdo do título acima indicado, que contudo não está relacionada com o mesmo (o título). O título da fotografia é: “Número de candidatos à PSP e GNR supera 28 vezes as vagas disponíveis”.

Metro

O jornal Metro começa o dia de hoje com o título “Português é o quinto idioma mais utiliza(@)do “ na primeira página. Este jornal dá destaque ao dia do animal, colocando uma foto que ocupa a capa quase na totalidade com o título “Especial Dia do Animal – o dia em que a bicharada é rainha apenas se celebra amanhã, mas nós fizemos a festa já hoje!”.

Vânia Pimenta