Arquivo de etiquetas: portugal

The Last Internationale: Banda atua por Portugal, Espanha e pelo Mundo

The Last Internationale arranca na próxima semana em Portugal e Espanha e vai ser exibido também em direto na plataforma Moment House, no dia 24 de Novembro.

O show de música eletrónica vai entrar em digressão em Portugal e Espanha na próxima semana e até 7 de dezembro. No cartaz publicado pelos responsáveis do show, estão presentes todos os dias de concerto e os locais onde vão ter lugar.

Tendo em conta a impossibilidade de muitas pessoas em puder assistir ao show, a equipa decidiu transmitir, pela primeira vez, o show ao vivo.

A transmissão em live do show vai ser exibida na plataforma Moment House, no dia 24 de novembro, com a vantagem de assim se puder assistir através de qualquer parte do mundo. Da mesma forma, perante a não possibilidade de assistir em direto, o público pode ver mais tarde ou ainda, ver vezes e vezes em conta.

A equipa garante um show muito profissional e intimista e, sublinha ainda a vontade de ter o público por perto. Depois de muito tempo afastados, o show promete um mar de energia e liberdade.

Em comunicado, a equipa informa todos aqueles que pretendam comprar bilhete para a digressão em Portugal e Espanha, que o podem fazer através do link. E, ainda, destaca o site para aceder virtualmente ao show.

 

Sofia Gama

Legislativas 2019: Vencedores no Bonfim(Porto)

Após o apurar dos resultados das eleições parlamentares, na freguesia do Bonfim da cidade do Porto, lideram na contagem final dos votos o Partido Social Democrata e o Partido Socialista com 32,42% e 30,21%, respectivamente.

Nesta zona central da cidade do Porto segue-se o Bloco de Esquerda com resultados de 12,68%; a CDU com 7,39%; o PAN com 3,71%; o CDS-PP com 3,28% do número total de votos da freguesia do Bonfim. O partido Livre surge com 2,16%, seguido pela Iniciativa Liberal com 1,94% dos votos.

No concelho do Porto foram atribuídos 40 mandatos no total,dos quais se destacam dois líderes partidários: Rui Rio, líder social-democrata, e Catarina Martins, a figura principal do Bloco de Esquerda. Contudo, o vencedor é o Partido Socialista com 17 deputados eleitos. Ao lado, o Partido Social-Democrata elege 15 deputados no círculo eleitoral. O Bloco de Esquerda elege 4, a CDU 2 e o PAN, tal como o CDS-PP, elegem 1 deputado das eleição no Porto.  A lista completa dos mandatos atribuídos pode ser consultada aqui.

Já nas últimas legislativas, em 2015 , o vencedor desta freguesia do Porto, tinha sido o Partido Social-Democrata, na altura coligado com o CDS-PP. O número de recenseados na freguesia diminui face ao ano passado, contrariando a tendência nacional. Estão inscritos 21846 votantes e foram às urnas apenas 13199 pessoas, o que se traduz numa abstenção de 39,68%. Destaca-se na freguesia, o crecimento da força do PAN em quase 2% face às ultímas eleições legislativas e a descida da CDU em 1,4% do número de votos.

 

Filipe Meirinho

NOS ALIVE ’19: Jorja Smith, Bon Iver, The Cure e muito mais

Jorja Smith junta-se a nomes como The Cure e The Smashing Pumpkins, nos dias 11, 12 e 13 de julho, no Passeio Marítimo de Algés. Os bilhetes para o festival de verão já estão à venda e as confirmações continuam a chegar.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

foto: facebook do NOS Alive

A mais recente confirmação da 13ª edição do festival NOS Alive é a cantora britânica Jorja Smith. A vencedora de um Brit Awards “Choice Award” vai atuar pela primeira vez em Portugal. No Palco Sagres, vai apresentar o seu álbum de estreia “Lost & Found”, no dia onze de julho.

A primeira confirmação do festival, também para o dia onze, foram os The Cure. A banda liderada por Robert Smith foi a escolhida como cabeça de cartaz da primeira noite do Palco NOS. Segundo a página oficial do NOS Alive, o concerto conta com sucessos internacionais como “Boys Don’t Cry”, “Just Like Heaven” e “Friday I’m In Love”, alguns dos temas preferidos dos fãs e muitas surpresas.

Outra estreia em Portugal confirmada é Tash Sultana. A artista australiana vai apresentar o álbum de estreia “Flow State”, lançado no passado dia 31 de agosto. A cantora do single “Jungle”, música de destaque do jogo da FiFA 18, atua dia doze de julho no Palco Sagres.

A banda de folk norte-americana Bon Iver foi a segunda confirmação do festival. Aclamados pela crítica especializada e pelos fãs, Bon Iver já arrecadou dois Grammy. “Skinny Love” e “Holocene” são alguns dos mais famosos temas da banda ouvidos em todo o mundo. Atuam pela primeira vez no NOS Alive, na última noite, dia treze, no palco NOS.

O último dia conta ainda com The Smashing Pumpkins. A lendária e influente banda de rock alternativo, vencedora de vários prémios, sobe ao palco NOS no dia treze. Traz ao Passeio Marítimo de Algés a celebração do novo longa duração “Shiny and Oh So Bright, Vol. 1 / LP: No Past. No Future. No Sun”, lê-se na página oficial do festival.

 

O bilhete diário para o festival custa 65 euros, e o passe de três dias custa 149 euros. Existem ainda os fã Pack FNAC, o acesso ao camping do NOS Alive‘19 e outros packs para proporcionar a melhor experiência possível às pessoas. Toda a informação sobre os bilhetes pode ser encontrada aqui.

Francisca Barroso up201706844

Guimarães: Sondagens apontam à continuidade socialista

Adivinha-se mais uma vitória do PS em Guimarães nas eleições autárquicas do dia 1 de outubro.

Tudo aponta para a continuidade de Domingos Bragança na presidência da Câmara Municipal de Guimarães. A sondagem mais recente aponta para a maioria absoluta do candidato do PS, com 54% dos votos, um aumento de 7% comparativamente ao ato eleitoral de 2013.

Os socialistas estão na liderança da Câmara Municipal de Guimarães desde 1989. António Magalhães subiu pela primeira vez ao poder nesse ano, conseguindo depois outras cinco maiorias absolutas, consecutivamente. A imposição da lei relativa à limitação de mandatos impossibilitou a continuidade de Magalhães, mas não a do partido, que continuou a ver depositada em si a confiança dos vimaranenses.

A aposta na continuidade é assumida pelo PS, baseando a sua campanha no lema “Continuar Guimarães”.

A maior ameaça à continuidade é a coligação que procura ser uma alternativa à hegemonia socialista: a coligação “Juntos por Guimarães”, que reúne os partidos PSD, CDS-PP, MPT, PPM, e PPV/CDC. Esta surge na mesma sondagem com 30,7% dos votos, resultado idêntico ao obtido nas eleições autárquicas de 2013.

O líder da coligação, André Coelho Lima, assumiu recentemente a possibilidade de se coligar com a CDU de Torcato Ribeiro no caso de precisar do apoio de um vereador para governar. No entanto, os 6% apontados aos comunistas nesta sondagem não chegam para estes reelegerem o vereador que atualmente têm.

Wladimir Brito, candidato do Bloco de Esquerda, deverá ter apenas 4% dos votos, falhando também a eleição de qualquer vereador.

O estudo de opinião foi efectuado pela Eurosondagem, nos dias 25 e 26 de Junho de 2017, através de 708 entrevistas validadas.
A escolha foi aleatória nas listas telefónicas e o entrevistado, em cada agregado familiar, o elemento que fez anos há menos tempo, e desta forma aleatória resultou, em termos de sexo, Feminino – 52,1% e Masculino – 47,9%.
No que concerne à faixa etária, dos 18 aos 30 anos foram entrevistados 17,1%; dos 31 aos 59 – 51,1%; com 60 anos ou mais – 31,8%).
O erro máximo da amostra é de 3,67%, para um grau de probabilidade de 95,0%.
Um exemplar deste Estudo de Opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

Luis Miguel Rocha