Arquivo de etiquetas: Porto

Segundo dia de greve condiciona serviço da Metro do Porto

Depois de uma adesão “total” entre os associados do SMAQ na passada sexta-feira, os maquinistas da Metro do Porto retomam a greve amanhã. A empresa anuncia limitações e recomenda a utilização dos autocarros.

Fonte: Metro do Porto

No dia 7 de dezembro, os residentes da Área Metropolitana do Porto não vão poder contar com o metro. É o segundo dia da greve convocada pelo Sindicato de Maquinistas (SMAQ), no decorrer de um impasse negocial com a Viaporto/Metro do Porto e, segundo o comunicado, “da recusa da empresa em aceitar as justas reivindicações dos Maquinistas do SMLAMP”.

A Metro do Porto anunciou que a capacidade de transporte “estará limitada” a circulações pontuais na Linha Amarela (D), com cinco linhas (A, B, C, E e F) fora de serviço. Por motivos de segurança, a estação Estádio do Dragão vai encerrar nesta terça-feira, devido ao jogo da Liga dos Campeões entre o FC Porto e o Atlético de Madrid. Para aceder ao Estádio, é recomendado o recurso à rede de autocarros STCP.

No primeiro dia da greve, a 3 de dezembro, a adesão foi “100%, ao nível dos associados” do Sindicato dos Maquinistas, revelou à Lusa Helder Silva, dirigente sindical. Acrescentou que, dos 150 maquinistas habituais, apenas estariam de serviço “20/25 para todo o dia”. No entanto, a circulação não foi totalmente impedida e, pelas 08h00, circulavam na Estação da Trindade algumas composições.

O protesto surge como forma de reivindicação de melhores condições de trabalho e de uma atualização salarial. O SMAQ referiu, em comunicado, que a Viaporto fez uma proposta “absurda” de serviços mínimos, com a execução de mais de 50% das circulações programadas. O sindicato manifestou-se contra a necessidade de serviços mínimos, sublinhando que existem, na Área Metropolitana do Porto, “alternativas de transporte suficientes”.

Tal como aconteceu na sexta-feira, a Metro do Porto vai disponibilizar um serviço de transportes alternativos, com a circulação de autocarros em segmentos das linhas B (Vermelha) e C (Verde).

Entre as 06h00 e a 01h00, vão estar disponíveis autocarros para portadores do título Andante entre a Póvoa de Varzim e a Senhora da Hora, com paragem nas estações de Metro da Póvoa, Vila do Conde e Senhora da Hora. Da mesma forma, existe um serviço de autocarros em vaivém no segmento entre o Fórum Maia e o ISMAI.

 

Por: Mafalda Silva

Legislativas 2019: Vencedores no Bonfim(Porto)

Após o apurar dos resultados das eleições parlamentares, na freguesia do Bonfim da cidade do Porto, lideram na contagem final dos votos o Partido Social Democrata e o Partido Socialista com 32,42% e 30,21%, respectivamente.

Nesta zona central da cidade do Porto segue-se o Bloco de Esquerda com resultados de 12,68%; a CDU com 7,39%; o PAN com 3,71%; o CDS-PP com 3,28% do número total de votos da freguesia do Bonfim. O partido Livre surge com 2,16%, seguido pela Iniciativa Liberal com 1,94% dos votos.

No concelho do Porto foram atribuídos 40 mandatos no total,dos quais se destacam dois líderes partidários: Rui Rio, líder social-democrata, e Catarina Martins, a figura principal do Bloco de Esquerda. Contudo, o vencedor é o Partido Socialista com 17 deputados eleitos. Ao lado, o Partido Social-Democrata elege 15 deputados no círculo eleitoral. O Bloco de Esquerda elege 4, a CDU 2 e o PAN, tal como o CDS-PP, elegem 1 deputado das eleição no Porto.  A lista completa dos mandatos atribuídos pode ser consultada aqui.

Já nas últimas legislativas, em 2015 , o vencedor desta freguesia do Porto, tinha sido o Partido Social-Democrata, na altura coligado com o CDS-PP. O número de recenseados na freguesia diminui face ao ano passado, contrariando a tendência nacional. Estão inscritos 21846 votantes e foram às urnas apenas 13199 pessoas, o que se traduz numa abstenção de 39,68%. Destaca-se na freguesia, o crecimento da força do PAN em quase 2% face às ultímas eleições legislativas e a descida da CDU em 1,4% do número de votos.

 

Filipe Meirinho

“Os jogos estão na mesa!” – InvictaCon 2017

No próximo fim de semana, o Porto vai-se tornar num enorme tabuleiro de jogo e a casa de partida é na Universidade Portucalense. De sexta a domingo, mais de 300 jogos de mesa estão ao dispor de todos os interessados e mesmo que não percebam as regras, um grupo de voluntários estará disponível para ajudar os participantes.

Com ideias inspiradas na feira de Essen (Alemanha), a maior feira mundial de jogos de tabuleiro, o lema da edição deste ano é “Desliga o Wi-Fi!!! Chegaram os jogos de tabuleiro!” . Com este lema, os organizadores pretendem apelar à dependência nas tecnologias a que se assiste na atualidade.

Segundo o presidente da associação organizadora, Ricardo Biscaia, “os jogos são uma ótima oportunidade para nos divertirmos (…) e para treinarmos competências nas áreas da lógica, da estratégia e da análise crítica ”.

Nesta edição vão existir 5 torneios de participação gratuita , o Catan, Ticket to Ride: Europe, Star Realms, Kingdomino e O Rei de Tóquio (versão portuguesa do jogo King Of Tokyo). Os vencedores receberão um prémio a definir e haverão ainda 2 “play to win”, em que entre os participantes que escolherem jogar Unlock! ou Vilar de Mouros serão sorteados aleatoriamente prémios

Para os interessados em Jogos de Personagem (Role-Playing Games) vão existir workshops de  “Criação de Personagem e Introdução às Aventuras”, e  “Iniciação ao Dungeon Mastering”, lecionados pelos “Roleplayers do Porto”.

No ano passado, o InvictaCon contou com a presença de 600 participantes nos 3 dias. Este ano, a organização espera que esta marca seja superada e o evento foi partilhado nas redes socias.

A cultura dos jogos de mesa está em ascensão e  estima-se que mais de mil novos jogos sejam publicados todos os anos. Na plataforma BGG (BoardGameGeek) estão publicadas  opiniões, artigos e relatórios de sessão sobre quase 95 mil jogos de mesa criados em todos os cantos do mundo.

As mesas estão abertas entre as 10h00 e as 02h00 na sexta-feira e no sábado, e entre as 10h00 e as 20h00 no domingo. Para chegar á Universidade Portucalense, pode-se consultar os horários de autocarro e metro no site da STCP.

 

Ricardo Rodrigues

InvictaCon 2017: “Desliga o Wi-Fi!!! Chegaram os jogos de tabuleiro!”

A Universidade Portucalense recebe este fim de semana o 11.º Encontro Nacional de Jogos de Tabuleiro e RPG do Porto. 

Este ano, o lema é “Desliga o Wi-Fi!!! Chegaram os jogos de tabuleiro!”. O objetivo é mostrar as vantagens da interação presencial que os jogos de tabuleiro proporcionam numa época em que a dependência das tecnologias digitais é crítica. O Grupo de Boardgamers do Porto é a associação responsável pela organização do evento e traz este ano muitas novidades vindas diretamente da maior feira mundial de jogos de tabuleiro, que decorreu no final de outubro em Essen, na Alemanha.

A InvictaCon é de participação gratuita e entrada livre. Qualquer pessoa de qualquer idade pode participar. No evento vai estar presente uma equipa de voluntários disponível para ensinar qualquer um dos jogos. O objetivo passa por ultrapassar as cerca de 600 pessoas que estiveram presentes no evento do ano passado.

Ricardo Biscaia, presidente da associação organizadora, diz que “os jogos são uma ótima oportunidade para nos divertirmos, para nos colocarmos em contextos em que interagimos com os restantes jogadores de diversas formas e para treinarmos competências nas áreas da lógica, da estratégia e da análise crítica”. Ricardo acrescenta ainda que estas competências “são necessárias para as mais diversas áreas da nossa vida”.

O programa deste ano inclui quatro torneios de participação gratuita (Catan, Ticket to Ride: Europe, Star Realms e Kingdomino), com prémios para os vencedores, e dois “play to win” (Unlock! e Vilar de Mouros), com sorteio dos prémios entre todos os participantes destes jogos no decorrer do evento.

Está também pensada a demonstração de dois novos jogos portugueses (Vilar de Mouros e Cardslab Países), onde estarão presentes os criadores.

Para os mais curiosos pelos jogos de personagem (RPG – Role Playing Games), estão previstos dois workshops, desenvolvidos pelos “Roleplayers do Porto”.

O encontro vai decorrer na Universidade Portucalense (Rua António Bernardino de Almeida, 541 – Porto), perto da estação de metro do IPO.

 

Sara Pires

InvictaCon 2017: “Desliga o Wi-Fi! Chegaram os jogos de tabuleiro!”

A 11ª edição do encontro nacional de jogos de tabuleiro e RPG começa esta sexta e acaba domingo, na Universidade Portucalense.

O Grupo de Boargamers do Porto (GBP) trará de sexta às 10:00 (hora de abertura da conferência) até domingo às 20:00 (hora de fecho) entretenimento para todos os fãs e curiosos do universo dos jogos de tabuleiro. A organização da InvictaCon espera que a edição deste ano supere os números da anterior – cerca de 600 pessoas visitaram a conferência em 2016.

A conferência tem prevista no seu programa a realização de torneios de Star Realms na sexta, Settlers of Catan e Ticket to Ride: Europe no sábado e de King Domino e Rei de Tóquio no domingo. Ao longo dos 3 dias haverá torneios em jeito de Play to Win (isto é, o vencedor leva o jogo como troféu) dos jogos Unlock e Vilar de Mouros. Há ainda workshops de RPG (criação de personagens e introdução à aventura no sábado e introdução ao Dungeon Mastering no domingo)

Há ainda a possibilidade para os presentes na conferência de visitarem a Ludoteca – biblioteca de jogos para que os visitantes possam experimentar jogos. A Ludoteca está aberta a qualquer um que queira levar ou explicar determinado jogo de tabuleiro, logo que avise no espaço disponibilizado no site Abre o Jogo, que conta já com 313 entradas. Antecipadamente, qualquer um pode pedir jogos que gostaria de experimentar, no espaço “Jogos Pedidos”, também disponível no site Abre o Jogo.

A inscrição não é obrigatória, no entrando o GBP aconselha-a, dado que a inscrição facilita a organização do evento.

O GBP existe desde 2006, nascido de pequenos encontros entre adeptos de jogos de tabuleiro. Quando os encontros se tornaram mais regulares, surgiu a ideia de organizar um encontro maior. Assim nasceu a InvictaCon, que vai agora para a sua 11ª edição. O grupo foi o criador do site Abre o Jogo em 2007.

A InvictaCon tem também uma vertente solidária, com a oferta de jogos a determinadas instituições. Apesar de ter sido algo que já aconteceu noutras edições, este ano ainda não está confirmada a oferta de jogos a instituições.

 

Luis Miguel Rocha

InvictaCon 2017: Jogos de tabuleiro animam Porto este fim de semana

De 10 a 12 de novembro o Porto recebe a InvictaCon 2017, o 11.º Encontro Nacional de Jogos de Tabuleiro e RPG. O evento realiza-se na Universidade Portucalense e são esperados mais de 600 participantes.

“Desliga o Wi-Fi!!! Chegaram os jogos de tabuleiro!” é o lema da edição deste ano, numa tentativa de realçar a importância do convívio e exercício mental que os jogos de tabuleiro proporcionam às pessoas, de acordo com o comunicado divulgado pela organização.

Quem o diz é Ricardo Biscaia, presidente do Grupo de Boardgamers do Porto que está a organizar o evento. “Os jogos são uma ótima oportunidade para nos divertirmos, para nos colocarmos em contextos em que interagimos com os restantes jogadores de diversas formas e para treinarmos competências nas áreas da lógica, da estratégia e da análise crítica… Competências que são necessárias para as mais diversas áreas da nossa vida”, afirma Ricardo Biscaia.

Foto: Facebook oficial do evento

Diversão, interação social e treino de competências são garantidas nos mais de 300 jogos disponíveis na InvictaCon do próximo fim-de-semana.

O programa do evento inclui quatro torneios de participação gratuita (Catan, Ticket to Ride: Europe, Star Realms e Kingdomino), com prémios para os vencedores, e dois “play to win” (Unlock! e Vilar de Mouros), com prémios a sortear entre todos os que jogarem estes jogos durante o evento.

Estão previstas também demonstrações de dois novos jogos portugueses (Vilar de
Mouros e Cardslab Países), com a presença dos criadores.

Para os interessados em jogos de personagem (RPG – Role-Playing Games), estão
programados dois workshops, organizados pelos “Roleplayers do Porto”, de “Criação de
Personagem e Introdução às Aventuras”, e de “Iniciação ao Dungeon Mastering”.

Em 2016 o evento de jogos de tabuleiro recebeu cerca de 600 participantes, número que a organização espera ultrapassar este ano.

O torneio é de inscrição grátis e para quem quiser participar, basta aparecer. Contudo, pode increver-se para uma melhor organização do evento.

O encontro vai decorrer na Universidade Portucalense Infante D. Henrique (Rua António
Bernardino de Almeida, 541 – Porto), junto à estação de metro do IPO.

As portas estarão abertas entre as 10h00 e as 02h00 na sexta-feira e no sábado, e entre
as 10h00 e as 20h00 no domingo.

Maria João Duarte

InvictaCom 2017: Os jogos de tabuleiro estão de volta ao Porto

De 10 a 12 de novembro a Universidade Portucalense, no Porto, recebe a 11º edição do  Encontro Nacional de Jogos de Tabuleiro e Role-Playing Games (RPG).

O InvictaCon é um evento anual que pretende divulgar os jogos de tabuleiro modernos junto do público em geral, não sendo preciso saber jogar para participar. O lema da edição deste ano é “Desliga o Wi-Fi!!! Chegaram os jogos de tabuleiro!” e pretende evidenciar as vantagens do convívio presencial que os jogos de tabuleiro proporcionam, em tempos de excessiva dependência das tecnologias digitais.

O programa inclui quatro torneios de participação gratuita (Catan, Ticket to Ride: Europe, Star Realms e Kingdomino), com prémios para os vencedores, e dois “play to win” (Unlock! e Vilar de Mouros), com prémios a sortear entre todos os que jogarem estes jogos durante o evento.

Para os interessados em jogos de personagem – RPG – estão programados dois workshops, organizados pelos “Roleplayers do Porto”, de “Criação de Personagem e Introdução às Aventuras”, e de “Iniciação ao Dungeon Mastering”.

Segundo o Presidente do Grupo de Boardgamers do Porto, a associação organizadora do evento, Ricardo Biscaia, os jogos são um ótima oportunidade para treinar competências nas áreas da lógica, estratégia e análise crítica, fundamentais para as mais diversas áreas da vida.

Os jogos que vão estar disponíveis e os que os organizadores ou participantes ainda estão a tentar encontrar estão listados na Ludoteca.

É um evento sem fins lucrativos, de participação livre e gratuita. No ano passado, participaram 600 pessoas, número que a organização quer bater este ano. As portas abrem às 10h00 e fecham às 02h00 na sexta-feira e no sábado, e no domingo abrem às 10h00 e fecham às 20h00.

 

Carolina Bravo

InvictaCon 2017: Os jogos de tabuleiro chegaram ao Porto

Foto: Abre o Jogo

Este fim de semana, a Universidade Portucalense, da cidade do Porto, abre portas a mais uma InvictaCon para todos aqueles que se sentem interessados ou curiosos em jogos de tabuleiro.

A InvictaCon conta já com o seu 11º evento, que vai decorrer de 10 a 12 de novembro. O lema deste ano é “Desliga o Wi-Fi!!! Chegaram os jogos de tabuleiro!”, que evidencia a importância do convívio pessoal presencial que pode tornar-se mais divertido através dos jogos de tabuleiro.

Este evento tem como principal objetivo dar a conhecer os mais diversos jogos de tabuleiro e RPG (Role-Playing Game, em português, jogo de interpretação de papéis). Para isso, coloca à disposição mais de 300 jogos para os que quiserem experimentar. Não é necessário qualquer tipo de inscrição nem de saber jogar. Durante o evento vários voluntários vão estar presentes para ajudar e ensinar aqueles que precisarem.

A entrada é gratuita e as portas estarão abertas entre as 10h e as 2h de sexta e sábado, e no domingo das 10h às 20h.

Pode verificar a lista dos vários jogos aqui.

Caso tenha sugestões de jogos pode fazê-las aqui.

Para mais informações visite o evento criado no Facebook para a InvictaCon 2017.

Francisca Rehbein

Porto: InvictaCon está de volta

A Universidade Portucalense (UPT), Porto, recebe este fim de semana mais de 600 admiradores de jogos de tabuleiro para participar na InvictaCon 2017 – 11.º Encontro Nacional de Jogos de Tabuleiro e Role Playing Games (RPG) do Porto.

 

Organizado pelo Grupo de Boardgamers do Porto, o InvictaCon pretende ligar todos os entusiastas de jogos de tabuleiro e RPG e desligá-los da vida virtual. “Desliga o Wi-fi!! Chegaram os jogos de tabuleiro!” é o lema desta edição, que terá à disposição dos participantes mais de 300 jogos, dos quais se realçam os jogos de estratégia modernos, a par dos clássicos.

 

A feira mundial de jogos de tabuleiro (SPIEL) decorreu na última semana de outubro em Essen, Alemanha, e influenciou a data do evento a decorrer na UPT, para que as novidades apresentadas pudessem estar já ao dispor dos participantes na InvictaCon.

 

A entrada é livre e o recinto estará acessível a partir das 10h. À parte dos jogos à disposição, há ainda um programa variado, que preenche a noite de sexta-feira, dia 10, e as tardes de sábado e domingo, dias 11 e 12, respetivamente.

 

Cartaz do evento

Este vento tem como principais objetivos a diversão, a interação social e o treino de competências, uma vez que “os jogos são uma ótima oportunidade para nos divertirmos, para nos colocarmos em contextos em que interagimos com os restantes jogadores de diversas formas e para treinarmos competências nas áreas da lógica, da estratégia e da análise crítica… Competências que são necessárias para as mais diversas áreas da nossa vida”, como salienta Ricardo Biscaia – presidente do Grupo de Boardgamers do Porto.

 

Grupo de Boardgamers do Porto:

 

Grupo de Roleplayers do Porto:

 

Carolina Marques, up201606192

Beira Interior debate Jornalismo para dispositivos móveis

      O 3º Congresso de Jornalismo para dispositivos móveis vai concretizar-se nos dias 22 e 23 de novembro na Universidade da Beira Interior. 

      Paula Serra, Presidente da Faculdade de Artes e Letras, e Ramon Salaverría, diretor do Centro para Estudos de Internet e Meio Digital e professor de jornalismo  na Universidade de Navarra, estão encarregues das boas vindas e da conferência, respetivamente. Assim como na sessão da abertura, João Correia, Diretor do Labcom.IFP, vai estar encarregue do encerramento  e Edurado Pellanda, PUC do Rio Grande do Sul, pela última conferência do congresso.

       No dia 22 de novembro, o congresso vai contar com a presença de Alexandre Brito, Licenciado em Comunicação Social e “Master” em “Broadcast Journalism”, pela Universidade de Boston; Diogo Queidoz Andrade, fundador do Observador; Miguel Martins, professor no curso de Ciências da Comunicação – Jornalismo – na Universidade Autónoma de Lisboa e, ainda, Rui da Rocha Ferreira, diretor-editorial do Future Behind. Este é o painel de de jornalistas que vai debater o assunto em questão.

      No âmbito do tema do congreddo a Universidade vai disponibilizar os seguintes workshops: “Produção de conteúdos para Tablets” (Dia 21: 4h-18h; Dia 22: 18h-20h; Dia 23: 15h-18h), por Rita Paulino (Universidade Federal de Santa Catarina), “Criação e Aprendizagem da plataforma App Inventor (MIT) para jornalismo” (Dia 21: 16h-18h), por Eduardo Pellanda (PUC do Rio Grande do Sul)  e “Vídeo para Dispositivos Móveis” (Dia 21: 16h-20h, Dia 23:9h-12h), por Pedro Monteiro e Iryna Shev (Expresso). O preço da inscrição varia entre os 5 e 20 euros e as inscrições devem ser pagas no secretariado do DCA até ao dia 17 de novembro.

      O preço do congresso é de 50 com apresentação de paper e grátis sem a apresentação do mesmo.

      À semelhança da Beira Interior, o Porto vai receber O V Congresso Internacional de Ciberjornalismo (#5COBCIBER), a 24 e 25 de novembro, para esclarecer as práticas e os desafios dos “Ciberjornalistas 3.0”.

Ana Guedes

Editado em: 18/10/2016