Arquivo de etiquetas: Música

The Last Internationale anunciam turnê na Espanha e Portugal – além de um show online

A banda americana – The Last Internationale – com raízes portuguesas finalmente anunciam datas para sua próxima turnê em 2021 em Portugal e na Espanha após a pandemia.

Fonte: Oficial The Last Internacionale newsletter

A banda de Rock The Last Internationale finalmente regressa aos palcos após a pandemia do vírus COVID-19, anunciando sua turnê na Espanha e Portugal além de um show especial online para os fãs que não conseguem ir.

A turnê conta com oito concertos, sendo quatro na Espanha e três em Portugal – sendo o online tocado em Portugal. Os artistas irão passar por três cidades portuguesas sendo cada uma em uma região do país: no Norte no famoso Porto, na região central em Leiria e Loulé, na região do Algarve.

Os concertos iniciam no dia 24 de setembro, arrancando com o show online que poderá ser visto novamente apenas por 24 horas, em seguida serão três shows na Espanha nos dias 25, 27 e 30 de novembro. Retornando a Portugal nos dias 20 de novembro e 4 , 5, 6 de dezembro para regressar no dia 7 de dezembro em Sevilha na Espanha. Os ingressos começam de €5,45 (contando com a taxa) – para o show online, €12 para os shows em Portugal e €16 para os shows na Espanha.

O último álbum lançado pela banda “Live at Arda Records”, lançado em 2020 gravado em Portugal nos Estúdios Arda, no Porto proporcionando aos fãs a experiência de os ouvir ao vivo, mesmo sendo de casa. O álbum conta ainda com uma série de vídeos formando um documentário digital no qual os artistas retratam o processo de gravação do disco. Podes conferir a gravação da música “Hard Times” e ouvir o álbum a seguir.

Carolina Okumura

 

Cultura: The Last Internationale regressam a Portugal

A banda norte-americana começa a tour por Portugal e Espanha, a 25 de novembro, em Vitoria-Gasteiz.  O primeiro concerto em Portugal chega ao Hard Club, no Porto, a 4 de dezembro. O grupo segue depois para Leiria e Loulé, onde termina a digressão pelo país.

Cartaz da tour Portugal/Spain dos The Last Internationale

The Last Internationale, a banda norte-americana de rock, com raízes portuguesas, vai passar por Vitoria-Gasteiz, Zaragoza, Madrid, Porto, Leiria, Loulé e Sevilha durante a tour.

A banda, que é conhecida pelo seu espírito elevado e pela forte presença em palco, tem um grande carinho por Portugal. Nos últimos anos, passaram várias vezes pelos nossos públicos e conquistaram um fiel núcleo de fãs.  O segundo disco do grupo, Soul on Fire, foi gravado nos estúdios Sá da Bandeira, no Porto. Mais recentemente, durante a pandemia, gravaram um disco ao vivo nos Estúdios Arda, também na mesma cidade.

 

Videoclipe da música “Life, Liberty and the Pursuit of Indian Blood”, dos The Last Internationale

 

Para as pessoas que não podem assistir aos concertos presencialmente, existe a possibilidade de assistir a um live set mais íntimo no dia 24 de novembro, às 19h, no site Moment House. No mesmo site, podem ainda ser adquiridos os bilhetes, que custam cerca de 5 euros.  Após a sua compra, o espetáculo fica disponível durante 24 horas.

Os bilhetes para a tour podem ser adquiridos no site da banda e rondam os 12 euros.

 

Ana Rita Alves

Música: Banda de rock The Last Internationale regressa aos palcos com concertos em Portugal e Espanha

O duo norte-americano de hard rock revelou as datas da tour ibérica que arranca na próxima semana. Foi também anunciada uma atuação ao vivo mais íntima, que vai ser transmitida para fãs de todo o mundo através de uma live stream.

Cartaz da tour 2021. Fonte: Comunicado Oficial (via mailing list)

A banda norte-americana The Last Internationale anunciou hoje, em comunicado, os detalhes da tour que vai passar por Portugal e Espanha. Os fãs portugueses vão poder assistir aos concertos no Porto, a decorrer no próximo dia 4 de dezembro, no Hard Club, em Leiria, a 5 de dezembro, no Texas Bar, e em Loulé, no Bafo de Baco, a 6 de dezembro. Os bilhetes já estão à venda e podem ser adquiridos no site oficial da banda.

Para aqueles que não tiverem a oportunidade de ver os espetáculos ao vivo, o duo de hard rock revelou ainda que vai realizar uma live stream através da plataforma Moment House, no dia 24 de novembro. A banda vai atuar nos estúdios portugueses Cais Armado, num concerto íntimo que vai poder ser visto em qualquer parte do globo. A gravação vai ficar disponível durante 24 horas.

A live stream e os concertos ao vivo marcam o regresso dos The Last Internationale aos palcos, depois do cancelamento da tour europeia no início de 2021, devido ao agravamento da situação pandémica. No comunicado, revelam que “há muita energia à espera de ser libertada depois de tanto tempo em confinamento”.

O guitarrista Edgey Pires e a vocalista Dalila Paz, que fundaram a banda em 2008, passaram os meses do confinamento em Portugal, país onde têm raízes e que dizem ser “uma segunda casa”.

A dupla de rock, conhecida pelas atuações energéticas e pelas letras de cariz político, lançou um álbum no final de 2020, gravado ao vivo nos Estúdios Arda, no Porto. Já o álbum “Soul on Fire”, de 2019, tinha sido gravado nos Estúdios Sá da Bandeira.

Por: Mafalda Silva

Amplifest está de volta em 2021 com “a melhor edição de sempre”

Após um ano marcado pela luta pela sobrevivência da cultura, o Amplifest regressa ao Porto com a edição que é “a mais especial e a mais marcante”.

Cartaz Amplifest 2021

O Amplifest que desde 2011 se assume como uma experiência de descoberta dos espaços mais negros e transgressores da música de peso contemporânea, realiza-se entre 8 e 10 de outubro no Hard Club, na cidade do Porto.

Esta edição “será uma celebração de tudo aquilo que nos foi retirado” e “no pior dos cenários, fica a garantia: em caso de cancelamento, a devolução será possível e não vamos reter o vosso dinheiro”, afirma a promotora do festival no seu website.

O festival onde todos são cabeça de cartaz, marca pela estreia e regresso de nomes incontornáveis nos espetros mais pesados da música. Cult of Luna, Caspian e Amenra regressam a Portugal depois de já terem marcado presença em outras edições. Criadores como Holy Fawn, Oranssi Pazuzu, Iris e Envy são alguns dos nomes que se vão estrear no palco do Amplifest.

A sétima e última edição do festival aconteceu em outubro de 2019 e contou com bandas como Amenra, Daughters, Deafheaven, Inter Arma e Pelican, que esgotaram rapidamente a bilheteira. Confira como foi a última edição:

Os bilhetes para os três dias do evento já estão esgotados, mas brevemente vão estar disponíveis bilhetes diários cujo valor ainda não foi anunciado. Podem ser adquiridos unicamente online em seetickets.com.

 

Mariana Ribeiro

Festival Gouveia Art Rock adiado para abril de 2022

O Festival Gouveia Art Rock, que estava previsto para maio, foi adiado para os dias 23, 24 e 25 de abril de 2022. A decisão foi tomada devido à pandemia causada pela Covid-19.

O festival Gouveia Art Rock é adiado pela terceira vez. Foto: Página Facebook GAR

Em comunicado, o município de Gouveia, no distrito da Guarda, anunciou que o Gouveia Art Rock (GAR) foi adiado para os dias 23, 24 e 25 de abril de 2022. O Festival estava previsto ocorrer em maio deste ano.

A decisão tomada pelo município surge devido à “evolução da pandemia em Portugal”, sendo que é uma estratégia que visa “impedir a propagação do contágio e garantir a saúde e a segurança de todos”.

As incertezas relativamente à reabertura dos espaços culturais, à mobilidade entre países e à evolução da vacina em relação à imunidade de grupo, são alguns dos motivos que justificam o adiamento.

No entanto, a autarquia presidida por Luís Tadeu reforça o compromisso em “garantir a presença dos grupos já anunciados e manter a qualidade do Gouveia Art Rock (GAR)”. Além disso, acredita que o regresso em 2022 “será uma verdadeira celebração da música e da cultura”.

Já é a terceira vez que o Festival é adiado por causa da pandemia de Covid-19. Estava marcado para maio de 2020 e foi adiado para os dias 3, 4 e 5 de outubro do mesmo ano. Posteriormente, a organização adiou, de novo, para os dias 7, 8 e 9 de maio de 2021.

Artistas como The Knells, Fil’mus,, Soft Machine, Gong, California Guitar Trio, The Steve Hillage Band e Annie Haslam & Patrick Moraz são alguns dos nomes que já estavam anunciados pela organização para o GAR de maio de 2020.

O GAR teve a sua primeira edição em 2003 e é “considerado pela crítica como um dos melhores Festivais de Música Progressiva da Europa”.

Por Mafalda Cunha

 

MEO Monte Verde vai decorrer em agosto

O MEO Monte Verde, cuja 9ª edição foi adiada no ano de 2020, tem data marcada para agosto nos dias 5, 6 e 7. O festival decorre nos Açores e o cartaz ainda não foi anunciado.

Fonte: https://www.instagram.com/p/CCZF7VZDULe/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Após 8 edições, o festival foi adiado devido à situação pandémica e ao crescente número de casos de Covid-19. No entanto, as datas foram reagendadas para este ano.

O MEO Monte Verde é um festival multigênero, apresentando artistas dos vários gêneros musicais, “desde rock a hip hop a música eletrônica”. De entre os músicos que já se apresentaram neste festival, estão Steve Aoki, Slow J e James Arthur.

Os bilhetes do festival, realizado na praia de Monte Verde, na Ribeira Grande, já se encontram à venda e também conta com campismo na duração do mesmo.

Segundo a página oficial do Facebook do festival, o adiamento do mesmo, no ano passado, não vai invalidar os bilhetes comprados para a edição de 2020 e, assim, serão válidos para este ano. Relativamente a reembolsos, e seguindo o artigo 4.º do Decreto-Lei 10 |de 26 de março de 2020, poderão ser solicitados de 1 a 20 de julho de 2021.

O cartaz será anunciado perto da data do festival.

 

Júlia Coelho

Música: Lusofonia de regresso à Costa da Caparica

A 7.ª edição d’ “O Sol da Caparica” vai decorrer nos dias 12, 13, 14 e 15 de agosto de 2021, no Parque Urbano da Costa da Caparica. Música em português é a aposta do festival.

Imagem: Facebook “O Sol da Caparica”

A música lusófona vai voltar a soar na Costa da Caparica. O cartaz d’ “O Sol da Caparica” conta com o melhor da música portuguesa, brasileira e africana, e com um conceito abrangente que vai do rock à quizomba, do fado ao samba e do funk aos ritmos africanos.

António Zambujo, Clã, Fernando Daniel e o grupo brasileiro Melim são alguns dos nomes que sobem ao palco no primeiro dia do festival. Já Anselmo Ralph e Alberto Índio estarão em destaque no dia 13. As confirmações para o dia 14 incluem Diogo Piçarra e Sam The Kid com Orquestra e Orelha Negra.

Para além da música, os quatro dias do festival incluem diversas atividades, como dança, comédia, desportos radicais, surf ou um dia dedicado às crianças. Segundo fonte oficial, a 7ª edição terá algumas novidades: o regresso da Zona Grafitti, o reforço da Zona de Gaming e a restauração alargada ao longo do espaço verde.

A decorrer no Parque Urbano da Costa da Caparica, o evento, com organização do Grupo Chiado em parceria com a Câmara Municipal de Almada, aposta na promoção da região e da música dos países de língua oficial portuguesa.

“O Sol da Caparica” não se realizou em 2020 devido à pandemia da Covid-19. A organização optou por “acompanhar de perto as diretrizes da Direção-Geral da Saúde e demais entidades responsáveis”.

O Grupo Chiado aconselha a compra dos bilhetes no Festicket, Meo Blueticket e nos restantes pontos de venda oficiais. O Fã Pack Fnac, de 54€, garante um passe de quatro dias, porta-chaves oficial e entrada exclusiva pela porta VIP.

Confira o vídeo promocional do evento.

 

Mafalda Silva

RFM Somni 2021 garante cartaz

Depois de em Maio de 2020, a organização do festival RFM Somni decidir, por força da pandemia, adiar a 8ª edição para 2021, vem agora assegurar o reagendamento de todos os artistas confirmados no cartaz adiado.

Foto: Facebook RFM Somni

Organizado desde 2012, na Figueira da Foz, o festival de música organizado pela RFM, dedica anualmente, 3 dias ao Reggaeton, Hip Hop e Dj´s nacionais e internacionais.

A edição deste ano, será realizada nos dias 9, 10 e 11 de Julho, na Praia do Relógio, como tem sido hábito.

Este ano, após o interregno de um ano, devido á Covid-19, o festival regressa com um lineup garantido de 72 horas de música e animação.

Todos os bilhetes do RFM Somni 2020 serão válidos para este ano. Passe Geral-3 dias, Passe Vip-3 dias, Passe Geral-Pack Fnac, Passe Vip-3 dias Pack Fnac, bilhetes Diários e bilhetes Diários Vip, terão o mesmo número de série e são automaticamente válidos nas novas datas.

Também conhecido como “O Maior Sunset de Sempre”, o festival faz por manter o título juntando sol, mar e praia a artistas de renome. Sean paul, Dimitri Vegas & Like Mike, Diego Miranda, Alan Walker, Alok e Vini Vici são os cabeças de cartaz para os 3 dias de festival. A este lineup poderão ainda ser acrescentados novos artistas.

O voucher do campismo também se manterá válido e é inclusive extensível ao período de 8 a 12 de Julho de 2021.

Focados em simplificar a experiência do RFM Somni ao seu público, a organização vai inovar introduzindo uma nova tecnologia cashless. Através do telemóvel ou em qualquer quiosque do festival, será possível efetuar carregamentos nas pulseiras do festival, através da tecnologia RFDI, o que possibilita o consumo em todo o recinto sem ter de recorrer a dinheiro ou cartões. Pretende-se com esta medida aumentar a segurança e o conforto dos festivaleiros.

O adiamento do festival não confere direito à devolução do valor pago, nos termos do regulamento do festival e do Decreto-Lei 10 |de 26 de março de 2020, mas excecionalmente, é autorizada a utilização transmissível, ou seja, o bilhete poderá usufruído por qualquer pessoa, sem ser o titular.

Estima-se que a edição deste ano atraia cerca de 200.000 pessoas.

Sandra Martins

Festival O Sol da Caparica traz a música portuguesa de volta aos palcos de 12 a 15 de agosto

O festival dedicado à música portuguesa, divulgou alguns dos nomes dos artistas que vão encher os palcos, de 12 a 15 de agosto.

Fotografia de Gonçalo Silva

 O cartaz da 7ª edição conta com nomes como  António Zambujo, Melim Fernando Daniel, para o primeiro dia de festival. No segundo dia de festival, a música portuguesa volta aos palcos com artistas como Anselmo Ralph e Plutónio. No penúltimo dia, esperam-se atuações de Diogo Piçarra, HMB e Pablo Martins.

Mais informações sobre o festival podem ser obtidas a partir da sua página de Facebook ou Instagram.

Após o cancelamento da edição de 2020 devido à Covid-19, o Festival regressa pela primeira vez após 2019.

 

Os bilhetes para esta edição d’ O Sol da Caparica ainda se encontram disponíveis, e podem ser adquiridos nas lojas físicas FNAC ou no site. Os preços dos bilhetes vão de 22 euros para os bilhetes diários, 45 euros para os passes de 3 dias + Dia da Criança e 54 euros para quem adquirir o passe de 4 dias.

 

Ana Rita Alves – up202006276

MEO Sudoeste volta a dar música à Zambujeira do Mar de 3 a 7 de agosto

O festival da Zambujeira do Mar volta à Herdade da Casa Branca este agosto e planeia regressar em grande com novas confirmações.

Fonte: Site Oficial do Meo Sudoeste

O 24º cartaz Meo Sudoeste já tem data marcada – a Herdade da Casa Branca vai vibrar de 3 a 7 de agosto de 2021, com o abertura do campismo marcada para 31 de julho.

A Música no Coração, promotora responsável por várias festivais em Portugal, já confirmou o regresso do festival e avisa que os bilhetes já adquiridos são válidos para as novas datas.

Quanto ao cartaz, estão re-confirmados grandes nomes como Bad Bunny,  blackbear , Deejay Telio, Timmy Trumpet, entre outros artistas preferidos dos festivaleiros. Recentemente, adiciona-se o cantor e compositor de Glasgow, Lewis Capaldi, conhecido por temas como “Before You Go“.

Os bilhetes diários baixam de preço em relação à edição anterior, ficando agora por 48 euros.

Para mais informações sobre o festival visita o site oficial do MEO Sudoeste e sobre como poder chegar ao recinto, o site Eventos em Portugal disponibilizou um guia completo que podes consultar aqui .

Por: Bárbara Meira