Arquivo de etiquetas: Maioria Absoluta

Legislativas 2022: Partido Socialista vence com maioria absoluta

Liderado por António Costa, o partido socialista foi o grande vencedor da corrida eleitoral de domingo, 30 de janeiro. No distrito do Porto, a vitória foi marcada por 42,5% dos votos e 19 deputados eleitos. O PSD ocupou o segundo lugar e a IL foi a terceira forca política no distrito.

Depois de terminar a campanha eleitoral numa corrida a todos os votos, António Costa fez história ao vencer as eleições legislativas com a segunda maioria absoluta do PS, alcançando 41,6% dos votos e 117 deputados. Nas freguesias do Porto, a vitória foi clara para o partido, que elegeu mais dois deputados que em 2019.

No distrito do Porto, o PSD, de Rui Rio, ocupou o segundo lugar com 32,3% dos votos e 14 deputados, menos um do que nas eleições passadas. A nível nacional, o partido elegeu menos seis deputados do que em 2019, levando Rio a assumir a derrota e admitir a demissão da liderança do partido. “Se se confirmar que o PS tem uma maioria absoluta, eu não estou a ver como é que posso ser útil neste enquadramento. O partido decidirá.”, afirmou Rio num discurso na sede de campanha social-democrata, quando os resultados ainda não estavam totalmente apurados.

Resultados no Distrito do Porto, segundo o MAI Legislativas 2022.

Se num quadro nacional, o Chega se torna terceira força política, o mesmo não acontece no distrito do Porto. Neste, o partido liderado por André Ventura obteve 4,3% dos votos e elegeu 2 deputados, situando-se em quinto lugar e revelando um crescimento face a 2019, ano em que apresentou apenas 0,6% dos votos e não elegeu nenhum deputado.

Por sua vez, a terceira força política no distrito foi a Iniciativa Liberal com 5,1% dos votos e dois deputados eleitos. Em 2019, não havia elegido nenhum deputado. Logo a seguir, o Bloco de Esquerda que alcançou 4,78% dos votos e elegeu também dois deputados, menos dois do que há três anos, em que o partido se situava em terceiro lugar.

Segundo, os resultados do MAI Legislativas 2022, o PCP-PEV apresentou uma queda face a 2019 neste distrito. Passou do quarto lugar para o sexto e elegeu este ano apenas 1 deputado.

Estas eleições foram também marcadas pela queda do PAN e do CDS-PP e, no distrito do Porto, estes dois partidos não elegeram nenhum deputado, obtendo 1,7% e 1,4% dos votos, respetivamente. O Livre, embora não tenha conseguido eleger nenhum deputado no Porto, alcançou mais percentagem de votos do que em 2019, passando de 0,9% para 1,16%.

Num total, foram atribuídos 40 mandatos no distrito do Porto e a abstenção fixou-se nos 38%, menos do que em 2019 (41%).

 

Sofia Gama

Fontes: MAI Legislativas 2022, Renascença e Diário de Notícias.