Arquivo de etiquetas: Futebol

Ronaldo despede-se do Manchester United

O Manchester United anunciou, na terça-feira, a saída de Cristiano Ronaldo do clube. Foi no Twitter que a equipa inglesa comunicou que o craque saía por “acordo mútuo”, mas continuam muitas questões no ar.

O clube agradeceu ao português, num comunicado, “pela sua imensa contribuição em duas passagens por Old Trafford, marcando 145 golos em 346 jogos e deseja-lhe, a ele e à família, o melhor para o futuro”. Contudo, permanece a dúvida se a entrevista polémica que Ronaldo deu a Piers Morgan, para a TalkTV, é o verdadeiro motivo para a saída imediata de Cristiano. Nesta, o jogador criticou descaradamente o treinador dos “red devils”, Erik tem Hag, e vincou a estagnação do clube desde a sua última passagem pelo mesmo.

Este foi o resultado de um início de época atípico e conturbado para Cristiano Ronaldo, marcado por incertezas na titularidade, substituições antecipadas e a presença no banco de suplentes. Ronaldo está agora sem clube e a jogar na Copa do Mundo no Qatar, pela seleção nacional, onde já assegurou, com um golo, a primeira vitória da equipa portuguesa na competição.

A equipa das “quinas” volta a jogar já hoje, contra o Uruguai, seleção que eliminou Portugal no Mundial 2018. Será que Cristiano Ronaldo vai contribuir para uma vitória, que apura a seleção nacional para os oitavos de final? Comente o que acha na caixa abaixo!

 

Íris Nunes

Portugal entra no mundial a vencer

Na Copa do Mundo de 2022, no Catar, Portugal derrotou Gana por na estreia da seleção.

Portugal estreou-se no Mundial do Qatar 2022 esta quinta-feira, 24 de novembro, frente ao Gana, no Estádio 97 . Foi a oitava participação dos portugueses no Mundial. Portugal e Gana já se enfrentaram na última partida das duas seleções do Grupo G da Copa do Mundo no Brasil, em 26 de junho de 2014. Foi também a despedida das duas seleções daquele Mundial.
O golo da seleção nacional foi apontado por Cristiano Ronaldo de grande penalidade aos 65 minutos, João Félix aos 78 minutos e Rafael Leão aos 80 minutos. André Ayew e Osman Bukari marcaram aos 73 e 89 minutos para o presidente ganês.
Com esta vitória, a seleção nacional lidera o subgrupo H com 3 pontos na partida. Gana é a última colocada com 0 pontos, também devido ao empate entre Coreia do Sul e Uruguai.

Quase quatro milhões de pessoas assistiram ao primeiro jogo de Portugal no Mundial de 2022, no Qatar, frente ao Gana, transmitido pela TVI e segundo a Universal McCann (UM), foi o jogo mais visto até à data.

A seleção pressionou Gana desde o início com um alto índice de posse de bola, enquanto Otavio, Bruno Fernandes e Ruben Neves causaram pânico.

O segundo tempo começou com o ganês Kudus testando a reação de Diogo Costa, mas o capitão português marcou um penálti logo depois, quebrando o recorde e tornando-se o primeiro jogador a marcar em cinco finais de Copa do Mundo.

Gana não desistiu e empatou aos oito minutos por iniciativa do capitão André Ayew. No entanto, os portugueses responderam rapidamente, com João Félix a fazer o melhor seguimento após um passe soberbo de Bruno Fernandes.

Animados com a vantagem, a time portuguesa atacou Gana e marcou mais um golo com assistências de Rafael Leon e Bruno Fernandes.

Portugal venceu por 3 a 1 com Ousmane Bukari diminuindo a diferença para Gana a um minuto do fim, aos 90 minutos.

Ronaldo

Na primeira partida da quinta Copa do Mundo da carreira do capitão português, ele se tornou o primeiro jogador da história a marcar em cinco finais de Copa do Mundo.

Yula Giralt

Portugal entra com o pé direito no Mundial

No jogo de abertura da Seleção Nacional no Mundial 2022 do Catar, Portugal venceu a Seleção do Gana por 3-2.

Foto: EPA/MIGUEL A. LOPES

Portugal iniciou a sua participação no Mundial com uma vitória frente ao Gana por 3-2. O jogo, a contar para a primeira jornada do grupo H da fase de grupos, decorreu no Estádio 974 em Doha, no Catar.

Os golos da Seleção Nacional foram marcados por Cristiano Ronaldo aos 65 minutos, através da conversão de uma grande penalidade, João Félix aos 78 minutos e Rafael Leão aos 80 minutos. André Ayew e Osman Bukari aos 73 e 89 minutos respetivamente, marcaram os golos da congénere ganesa.

Com esta vitória a Seleção Nacional lidera de forma isolada o grupo H, com 3 pontos em 1 jogo. Já o Gana é último classificado com 0 pontos, fruto também do empate a zero entre Coreia do Sul e Uruguai.

Reveja aqui os melhores momentos do jogo, com imagem da Sport TV.

Portugal iniciou o jogo por cima, tendo números elevados de posse de bola, segundo as estatísticas. A equipa das quinas trocou regularmente a bola no meio campo adversário, mas sem nunca importunar verdadeiramente a baliza de Zigi. Ronaldo ainda marcou um golo, anulado por falta sobre Djiku, mas o resultado manteve-se a zeros até ao intervalo.

Na segunda parte, ambas as equipas entraram com intenções de vencer o jogo, mas foi Portugal que abriu o marcador. Cristiano Ronaldo caiu na área, o arbitro apontou para a marca de penálti, e o próprio capitão cobrou a grande penalidade, batendo mais um recorde. Ronaldo foi o primeiro jogador a marcar um golo em cinco fases finais de Mundiais.

O Gana nunca desistiu e aos 73 minutos André Ayew empatou a partida. O empate foi de pouca dura, pois aos 78 minutos, de um passe de Bruno Fernandes, João Félix finalizou com toda a classe e repôs a vantagem lusa.

O mesmo Bruno Fernandes voltou a assistir um colega volvidos apenas dois minutos. Contra ataque conduzido pelo médio português, que deixou Rafael Leão no frente a frente com Zigi. Estreia a marcar na Seleção Nacional AA para o jovem avançado do AC Milan de Itália.

Osman Bukari ainda reduziu para o Gana perto do minuto 90 mas a vitória já não fugiu à equipa das Quinas, que ainda se livrou de um susto de Diogo Costa mesmo ao cair do pano.

A Seleção Portuguesa volta a entrar em campo na segunda-feira dia 28, frente ao Uruguai. O jogo inicia às 19 horas de Lisboa no Estádio Lusail, no Qatar.

#Portugal #Qatar2022 #FIFAWorldCup

 

Rodrigo Sousa

“Os direitos humanos não são um jogo”, diz ILGA Portugal.

CBS SPORTS

Num momento em que se realiza o mundial de futebol mais polémico da história, aumenta cada vez mais a contestação à realização do evento num país cujos retrocessos civilizacionais são evidentes, e que por isso coloca em risco, segundo a ILGA Portugal, que a segurança das pessoas LGBTQIA+ venha a ser garantida dentro do país.

Atualmente

Nas últimas semanas, à medida que se aproximou a data do evento desportivo, foram surgindo notícias que davam conta do desrespeito pelos direitos humanos no Catar, que alberga questões como os direitos das mulheres, mas também de minorias como imigrantes e homossexuais.

Segundo o The Guardian, 6500 trabalhadores migrantes morreram no país desde que o país foi escolhido para sediar o mundial, nomeadamente na construção dos estádios.

“É com profundo pesar que vemos Portugal a ter novamente uma posição dita “neutra” sobre a defesa dos Direitos Humanos.”

Relativamente a esta questão, a ILGA Portugal não se furtou a mostrar o seu descontentamento com com a organização no evento, e afirma, em comunicado que, mais uma vez, a FIFA desilude ao não apoiar estas minorias por se considerar uma organização apolítica, que, todavia, já expulsou das competições internacionais seleções de alguns países, precisamente por questões políticas.

Armas apontadas ainda para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e para o Governo Português, que também consideram se terem demitido de manter uma posição clara a favor dos direitos humanos.

2010

Apesar de a escolha ser criticada desde o primeiro dia, criando um clima de instabilidade na própria FIFA, a “Copa” do mundo está mesmo a decorrer no Catar. Esta polémica nasceu no ano de 2010, quando a candidatura do país do médio oriente venceu perante candidaturas de nações como Estados Unidos ou Austrália, levantando ainda mais as suspeitas de corrupção na Federação internacional de Futebol.

2015

Ministério público da Suiça abre uma investigação, em causa estava a suspeita de lavagem de dinheiro em contas com ligações à escolha das cidades sede para os mundiais de 2018 (Rússia) e 2022 (Catar). No entanto, nenhuma destas suspeitas foi comprovada, o que não impediu destas permanecerem na sociedade.

Por fim, se está no Catar e sentiu algum preconceito envie a sua experiência para este email: up202107655@up.pt

 

Jaime Silva

Portugal estreia-se hoje no Mundial do Catar

A Seleção Nacional joga a primeira partida no Mundial frente a Gana esta quinta-feira em Doha.

Foto: EPA/MIGUEL A. LOPES

Portugal vai em busca de uma vitória para começar a competição com o pé direito. A equipa das ‘quinas’ não vence a partida inaugural dos mundiais desde 2006, quando superou Angola por 1-0 na Alemanha. Nas últimas três edições, foram dois empates com Espanha e Costa do Marfim e uma goleada de 4-0 frente aos alemães em 2014.

O selecionador Fernando Santos elogiou os adversários na conferência de imprensa às vésperas do confronto “As equipas africanas têm muito talento e vão sempre crescendo a nível tático. Hoje em dia são equipas muito mais completas. […] Vai ser difícil, mas estamos confiantes”.

Sobre as expectativas para o Mundial do Catar, Fernando Santos disse acreditar que Portugal tem capacidade para lutar pelo título e destacou o apoio dos adeptos. “Sei da dificuldade, mas propomo-nos a dar uma grande alegria aos portugueses. É isso que vamos fazer com a máxima paixão, entrega e alegria. Sentimos isto de forma tremenda, este apoio fantástico dos portugueses”, completou.

Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

Bruno Fernandes também destacou os pontos fortes da seleção africana “o Gana pode causar-nos muitos problemas porque é uma seleção rápida, com muita força física. Sabemos que fazem sempre grandes exibições”. O médio do Manchester United foi questionado ainda sobre as polémicas envolvendo o companheiro de equipa Cristiano Ronaldo: “O que o Cristiano disse não tem impacto algum. O nosso foco é a Seleção e fazer o nosso melhor no jogo de amanhã”.

Fernando Santos terá a disposição para esta partida todos os 26 jogadores relacionados para o Mundial. Nuno Santos, que falhou uma das sessões desta semana, regressou ao último treino antes da estreia, segundo a FPF.

O onze provável de Portugal para a estreia conta com Diogo Costa – João Cancelo, Pepe, Rúben Dias, Raphael Guerreiro – Rúben Neves, William Carvalho, Bruno Fernandes, Bernardo Silva – Cristiano Ronaldo e Rafael Leão.

A partida frente ao Gana começa às 16h00 (de Lisboa), 19h00 no horário local. Também no Grupo H, Coreia do Sul e Uruguai têm encontro marcado às 13h00.

 

Luísa Carmo

Acabou a novela: Cristiano Ronaldo deixa Manchester United

Após vários meses de conflitos e dissabores, chegou ao fim o regresso agridoce do filho pródigo. Esta terça-feira, o clube inglês anunciou a saída por “mútuo acordo”, de Cristiano Ronaldo.

Foto: Michael Regan/Getty Images

Num comunicado oficial, o Manchester United anunciou a rescisão do contrato de Cristiano Ronaldo por “mútuo acordo” e com efeito imediato.  “O clube agradece-lhe a sua enorme contribuição nos dois períodos em que esteve em Old Trafford, marcando 145 golos em 346 jogos e deseja-lhe a si e à sua família tudo de bom no futuro” escreveu o clube britânico.

O capitão da seleção portuguesa reagiu poucos minutos depois, com uma mensagem nas redes sociais. “Adoro o Manchester United e adoro os adeptos, isso nunca vai mudar. Porém, parece-me ser o momento correto para seguir um novo desafio” disse Ronaldo.

Era sabido que a relação entre o jogador e o clube não se encontrava nos melhores termos e este divórcio surge dois dias após uma entrevista polémica de Cristiano Ronaldo. À conversa com Piers Morgan, o internacional português afirmou: “Não tenho respeito por Eric Ten Hag porque ele não tem respeito por mim”. Para além das críticas duras ao treinador, também se mostrou descontente com o funcionamento atual do clube, afirmando que não viu “qualquer tipo de progresso no clube desde que regressou”.

Pela primeira vez na carreira, Cristiano Ronaldo é agora um jogador livre. Com o Mundial agora pela frente, começam a surgir cada vez mais questões sobre o possível futuro do capitão da seleção.

Deixe as suas opiniões sobre a novela de Cristiano Ronaldo: up202105381@up.pt

Afonso Leite

Cristiano Ronaldo deixa o Manchester United

O capitão da Seleção Portuguesa abandona o clube inglês poucos dias depois da entrevista a Piers Morgan.

O Manchester United avançou esta terça-feira, em comunicado oficial, que se tratou de um acordo mútuo com efeito imediato. “O clube agradece-lhe pela imensa contribuição nas duas passagens por Old Trafford, onde marcou 145 golos em 346 jogos, e deseja-lhe, a ele e à sua família o melhor para o futuro.”, pode lêr-se.

Cristiano reagiu ao comunicado, pelo Twitter, onde afirmou que chegou a “altura certa para procurar um novo desafio”.

Na polémica entrevista ao jornalista Piers Morgan, Ronaldo criticou a direção e o treinador, acusando-os de traição. O jogador português admitiu ter sentido falta de apoio por parte dos Red Devils no momento mais difícil da sua vida, a perda do filho, motivo pelo qual falhou a pré-época.

Fonte: Twitter

Piers critica fortemente a falta de respeito do clube para com o jogador e acredita que a decisão não teria acontecido sem a entrevista, que considera ter refletido grandes consequências.

Ronaldo está agora focado no Mundial do Qatar que decorrerá até ao fim do ano, momento em que o jogador terá de procurar um novo clube.

Fonte: Dan Mullan/Getty Images Europe/Getty Images

Dê-nos a sua opinião: Dhttps://take.quiz-maker.com/Q3UQTYUPX

Joana Amarante