Arquivo de etiquetas: Dispositivos Móveis

Congresso na Covilhã discute jornalismo na era móvel

A evolução tecnológica ao serviço da profissão é o foco do III Congresso de Jornalismo para Dispositivos Móveis, nos dias 22 e 23 de novembro. Rámon Salaverría é o orador da conferência de abertura.

De acordo com o website oficial, “os dispositivos móveis apresentam uma oportunidade para o jornalismo do século XXI”. O congresso organizado na Universidade da Beira Interior (UBI) vai debater as ameaças e oportunidades dos dispositivos móveis para o jornalismo.

Nesta edição, existem quatro temas: formas de distribuir conteúdos para dispositivos móveis, modelos de negócio para o jornalismo móvel, as novas linguagens e os novos formatos jornalísticos e os dispositivos móveis como ferramentas de produção.

O programa já foi divulgado e o painel de oradores vai contar com vários nomes nacionas e internacionais. Rámon Salaverría, professor na Universidade de Navarra, Alexandre Brito, subdiretor de informação da RTP, Diogo Queiroz Andrade, fundador do Observador, e Eduardo Campos Pellanda, Professor visitante do Mobile Experience Lab MIT/EUA, são alguns dos presentes.

Em paralelo com as comunicações, vão decorrer vários workshops. As inscrições para estes cursos terminam a 17 de novembro e devem ser submetidas no site oficial. A produção de conteúdos para tablets, a criação e aprendizagem da plataforma App Inventor para o Jornalismo e o uso do vídeo para dispositivos móveis são os tópicos destes workshops.

O III Congresso de Jornalismo para os Dispositivos Móveis vai realizar-se na mesma semana em que o Porto vai receber o V Congresso Internacional de Ciberjornalismo, promovido pelo Observatório de Ciberjornalismo.

André Ferrão | Érica Teixeira

Jornalismo móvel: 3.º Congresso na Covilhã

O 3.º Congresso de Jornalismo para Dispositivos Móveis (JDM) decorre em 22 e 23 de novembro na Universidade da Beira Interior (UBI). Académicos nacionais e internacionais e jornalistas reúnem-se para debater os temas centrais do jornalismo para dispositivos móveis.

A UBI coloca a questão: “A evolução tecnológica, que sempre contribuiu para melhoria do jornalismo, transformou-se no seu principal inimigo?”

Para a organização, “A resposta só pode ser uma: não. Mas é preciso reverter o processo, transformando estas dificuldades em oportunidades. A resposta pode estar na investigação científica e por isso nesta 3ª edição do JDM procuram-se propostas que abram novas perspetivas ao jornalismo num dos campos mais promissores: o do jornalismo móvel.”

Reforçando a importância da investigação científica, o programa do JDM conta com conferências de académicos e, em paralelo, workshops. A conferência de abertura vai ser feita por Ramón Salaverría (Universidade de Navarra) e a de encerramento por Eduardo Campos Pellanda (Famecos-PUCRS).

O papel dos profissionais no ramo do jornalismo é fortalecido através de uma mesa de jornalistas. A mesa de jornalistas vai contar com Alexandre Brito (subdiretor de informação na RTP), Diogo Queiroz Andrade (diretor adjunto do jornal Público), Miguel Martins (Universidade Autónoma de Lisboa) e Rui Rocha Ferreira (diretor-editorial do Future Behind).

Os temas a debater são Formas de distribuição de conteúdos para dispositivos móveis, Modelos de negócio para o jornalismo móvel, Novas linguagens e novos formatos jornalísticos, Os dispositivos móveis como ferramentas de produção.

Com apresentação de paper o custo da inscrição no 3.º Congresso de Jornalismo para Diapositivos Móveis é de 50 euros, sem apresentação paper é grátis, mas com inscrição obrigatória. O preço dos workshops varia dos 5 aos 20 euros.

Mais informações relativamente aos oradores e às datas e custos podem ser encontradas na página oficial do congresso.

Para os interessados na relação entre o jornalismo e a tecnologia, o  V Congresso Internacional de Ciberjornalismo (#5COBCIBER) realiza-se nos dias 24 e 25 de novembro de 2016 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

André Garcia