Arquivo de etiquetas: ad blockers

Ad blockers para combater a publicidade intrusiva

No século XXI, a publicidade é rainha. No entanto, esta tem vindo a invadir cada vez mais os nossos ecrãs. Os ad blockers são um dos instrumentos para combater esta invasão constante.

 

Quantas vezes abrimos um website e somos instantaneamente bombardeados com banners, popups ou somos redirecionados para uma página de anúncios? Quantas vezes abrimos um vídeo e temos que aguentar os 30 segundos de publicidade antes de o podermos ver? Quantas vezes queremos ouvir música numa aplicação e somos interrompidos por um anúncio?

A parasita da publicidade tornou-se viral, ao ponto de já quase nem pensarmos no assunto, tal estamos habituados à sua presença constante. Mas, um dia, chegamos à conclusão de que já chega; é aqui que os ad blockers entram.

Os ad blockers são software que pode retirar, filtrar ou alterar conteúdos publicitários de uma página ou aplicação. Estão disponíveis tanto para computadores como para tablets e smartphones.

No entanto, há websites que dependem unicamente da publicidade para o seu financiamento e manutenção. Assim, com o aumento exponencial do uso de ad blockers, há websites que começam a exigir a desativação dos mesmos para se obter acesso.

As vantagens do bloqueio da publicidade são várias: proteção da privacidade, melhor experiência de utilizador, diminuição das distrações, maior filtragem de malware, maior rapidez no carregamento das páginas.

No relatório da OberCom de 2017, Estudo AdBlocking e Publicidade – Uma causalidade anunciada, é referido que “a utilização de softwares de bloqueio de publicidade é uma realidade em crescimento, realidade essa provocada por factores que começam na publicidade intrusiva e muitas vezes considerada persecutória, no sentido em que segue o utilizador dos domínios online para onde quer que este vá.”

O conflito entre publicidade e ad blockers é paralelo – ou, até, o mesmo – ao entre utilizadores e publicitários. “Por outro lado, é referido que o consumidor alega o controlo das suas práticas de Internet como factor crucial para o uso do ad-blocking, capaz de lhe garantir privacidade, segurança, conforto de pesquisa e utilização directa, ao passo que o publicitário vê no ad-blocking um apocalipse anunciado de todo um sector, em função da quebra de relação tradicional entre o consumidor e o fornecedor, e os riscos comerciais que daí advêm, com repercussão na sustentabilidade dos sectores.”

Este e muitos outros exemplos de ameaças à atividade jornalística no cibermeio estarão em discussão no VI Congresso Internacional de Ciberjornalismo, que irá decorrer a 22 e 23 de novembro da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

 

 

Sofia Silva (Turma 1)