Aquivos por Autor: turma4

Cristiano Ronaldo deixa o Manchester United

O capitão da Seleção Portuguesa abandona o clube inglês poucos dias depois da entrevista a Piers Morgan.

O Manchester United avançou esta terça-feira, em comunicado oficial, que se tratou de um acordo mútuo com efeito imediato. “O clube agradece-lhe pela imensa contribuição nas duas passagens por Old Trafford, onde marcou 145 golos em 346 jogos, e deseja-lhe, a ele e à sua família o melhor para o futuro.”, pode lêr-se.

Cristiano reagiu ao comunicado, pelo Twitter, onde afirmou que chegou a “altura certa para procurar um novo desafio”.

Na polémica entrevista ao jornalista Piers Morgan, Ronaldo criticou a direção e o treinador, acusando-os de traição. O jogador português admitiu ter sentido falta de apoio por parte dos Red Devils no momento mais difícil da sua vida, a perda do filho, motivo pelo qual falhou a pré-época.

Fonte: Twitter

Piers critica fortemente a falta de respeito do clube para com o jogador e acredita que a decisão não teria acontecido sem a entrevista, que considera ter refletido grandes consequências.

Ronaldo está agora focado no Mundial do Qatar que decorrerá até ao fim do ano, momento em que o jogador terá de procurar um novo clube.

Fonte: Dan Mullan/Getty Images Europe/Getty Images

Dê-nos a sua opinião: Dhttps://take.quiz-maker.com/Q3UQTYUPX

Joana Amarante

O trio SUL vai marcar presença no festival Tempos Cruzados

Para os amantes de música portuguesa e jazz, o festival Tempos Cruzados traz o trio SUL ao Museu Soares dos Reis, no Porto.

Tempos Cruzados é um festival organizado em parceria por várias entidades: a Direcção-Geral do Património Cultural, o Museu Nacional Soares dos Reis e os Municípios de Caminha, de Chaves e de Vila Nova de Gaia.

 

O Museu Soares dos Reis, que será agora um dos quatro palcos do festival Tempos Cruzados, é o primeiro museu público de arte em Portugal e está localizado no palácio mais antigo do país, o Palácio dos Carrancas, no Porto. Irá receber, entre novembro e dezembro de 2022, vários nomes da música portuguesa.

Entre estes está o grupo Sul, composto por Luís Figueiredo no piano, Bernardo Moreira no contrabaixo e Bernardo Couto na guitarra portuguesa. O trabalho deste trio destaca-se de outras bandas, visto que procuram dar uma nova vida e uma diferente interpretação a composições de jazz e canções tradicionais, incluindo fados.  O projeto vem dar destaque a alguns dos compositores portugueses mais relevantes, tais como Carlos Paredes, Zeca Afonso, Mário Laginha, João Paulo Esteves da Silva, havendo também lugar para temas da autoria dos próprios músicos.

 

 

FONTE: Página do Festival Tempos Cruzados – Museu Soares dos Reis

Fonte das Imagens: Tempos Cruzados: https://www.altominho.tv/site/2022/10/21/festival-tempos-cruzados-traz-dois-meses-de-espetaculos-a-caminha%EF%BF%BC/ ; Museu Soares dos Reis: https://www.jpn.up.pt/2022/01/12/museu-soares-dos-reis-com-entrada-gratuita-ate-3-de-fevereiro/ (Foto: DGPC) ; Trio Sul: http://aformadojazz.com/2021/07/trio-sul-ao-vivo-no-castelo/ (Foto: Márcia Lessa)

Ensaio Sobre a Cegueira regressa ao Teatro São João

A encenação de Nuno Cardoso estará de volta ao Porto de 9 a 18 de dezembro, no final das comemorações do Centenário de José Saramago.

 

Fonte: Teatro Nacional S. João

A obra teatral, que surge do romance de Saramago, é uma coprodução bilingue do Teatro Nacional S. João e do Teatre Nacional de Catalunya. A peça, que é descrita como um “elogio ao cosmopolitismo”, conta com a interpretação de atores catalães e portugueses.

Já esta sexta-feira e sábado, o “Ensaio sobre a Cegueira” estará no Theatro Circo, em Braga, às 21h30.  Antes de regressar ao Teatro São João, estará ainda no palco do Teatro Aveirense, no dia três de dezembro.

O espetáculo, que estreou em junho no Porto, passou também pelo Teatro Nacional da Catalunha, com várias apresentações durante todo o mês de outubro.

“O que é, afinal, ser cego?” é a questão de Saramago explorada por Nuno Cardoso e Carme Portaceli, que discutem o projeto numa entrevista (veja aqui) ao TNSJ.

O espetáculo tem uma duração de cerca de três horas e é indicado para maiores de 16 anos. Os bilhetes têm um preço entre 7,50 euros e 16 euros.

Sessões:

  • quarta-feira, quinta-feira e sábado: 19h
  • sexta-feira: 21h
  • domingo: 16h

 

Beatriz Correia

Contacto: up202106380@up.pt

“O bailado mais espetacular do repertório de dança clássica”: Porto recebe O Lago dos Cisnes pelo Ballet da Rússia na próxima sexta feira

O espetáculo é parte da 16a Temporada Clássica da Classic Stage e será realizado no Coliseu Porto Ageas.

Cartaz de divulgação. Foto: Classic Stage

Apresenta-se esta sexta feira (25) o repertório clássico O Lago dos Cisnes pelo Ballet da Rússia. A produção é uma realização da 16a Temporada Clássica em Portugal pela Classic Stage e se dará no Coliseu Porto Ageas às 21h. Os bilhetes podem ser adquiridos online ou presencialmente na Fnac, Worten, no Coliseu e nos Balcões CTT. Além do Porto, também terão sessões do espetáculo em Braga, Coimbra e Faro.

Vídeo de divulgação do Ballet da Rússia.

O bailado tem sua trilha composta por  descrito Pyotr Ilyich Tchaikovsky, responsável pela composição de outros grandes clássicos do ballet como O Quebra-Nozes, e é descrito pela produção do evento como o “[…] mais espetacular do repertório da dança clássica” que “[…] requer grande destreza e elevada competência técnica na interpretação das personagens por parte dos bailarinos”.

O Lago dos Cisnes conta a história do casal formado entre o príncipe Siegfried e Odette, que se conhecem quando Siegfried sai para caçar, se depara com alguns cisnes e, com o cair da noite, esses cisnes se transformam em lindas raparigas. Siegfried se apaixona por Odette, que revela a que foi amaldiçoada pelo feiticeiro Von Rothbart e que só sairia dessa condição se um jovem admirador lhe declarasse amor e fidelidade. A história, no entanto, toma uma triste reviravolta durante o baile de aniversário de Siegfried, onde Odile, filha de Von Rothbart, aparece transformada em Odette para seduzir o príncipe.

 

Maria Fernanda Elias

Rebeca Andrade: a melhor e mais completa ginasta do mundo em 2022

A vice-campeã olímpica em Tóquio conquistou em 03 de novembro o título inédito brasileiro durante o Mundial de Liverpool, consagrando-se Campeã Mundial no Individual Geral de Ginástica Artística.

Foi novamente ao som de Baile de Favela que Rebeca Andrade subiu ao degrau mais alto do podium e trouxe pela primeira vez ao Brasil o mais importante título do campeonato: Ouro no Individual Geral de Ginástica Artística. Acumulando um total de 56.899 pontos, Rebeca conquistou uma distância de um ponto e meio da americana Shilese Jones, segunda colocada. Competindo em casa, a britânica Jéssica Gadirova ficou com a medalha de bronze. 

Rebeca Andrade conquista ouro inédito para o Brasil – Foto: Ricardo Bufolin/CBG

– Foi o trabalho todo da minha equipe multidisciplinar. Trabalhamos muito duro. Estou orgulhosa de mim. Sei o quanto trabalho para chegar aqui. Estou muito feliz. Eu não gosto de pensar no que as pessoas estão fazendo, e sim no que tenho que fazer. Na hora da série não preciso inventar nada novo, é algo que treinei, boto minha concentração nisso, respiro fundo e faço a ginástica que eu sei – disse a campeã mundial.

A prova de Rebeca começou no aparelho que a brasileira já havia feito história em 2021. Já campeã olímpica e mundial do salto, Rebeca realizou a sequência de maior dificuldade realizada no Mundial de Liverpool. Com um alto Cheng, a brasileira conseguiu um 15.166, a maior nota do aparelho. 

Veja aqui: Salto de Rebeca Andrade 

O segundo aparelho foram as barras assimétricas onde Rebeca é vice-campeã mundial. Embora tenha tido uma falha durante a parada de mão, conseguiu a recuperação e saiu com a nota 13.800, a quinta maior. Mesmo com nota menor do que ela esperava, Rebeca permaneceu na primeira colocação na classificação geral.

Rebeca durante sua serie nas barras assimétricas – Foto: Ricardo Bufolin/CBG

No aparelho de menor intimidade da brasileira, Rebeca foi a primeira a se apresentar na trave. Com acrobacias mais precisa se comparadas às das classificatória, Rebeca fez a terceira maior nota do aparelho, 13.533, e abriu oito décimos da americana Shilese Jones, a segunda colocada.

Em sua última performance, Rebeca brilhou no solo com sua tradicional série ao som de Baile de Favela. Levantando o público, a vice-campeã olímpica conseguiu 14.400 pontos, a segunda maior nota do solo. A última nota nem havia saído e os brasileiros que estavam presentes no ginásio já gritavam: “ É campeã”.

Veja aqui: O Baile de Favela em Liverpool

 – Fico muito feliz que essa série tenha me dado a medalha de ouro. Quem entende a dificuldade que uma pessoa preta atravessa sabe como é. Eu tive muita ajuda para chegar até aqui, dos meus vizinhos, que me emprestavam dinheiro, de dormir na casa dos outros antes de competir. Essa série representa minha história, minha luta e espero continuar fazendo história. – desabafou Rebeca após sua apresentação de Solo.

Por ser uma prova tradicionalmente dominada por Estados Unidos e Rússia, Rebeca novamente marcou seu nome e seu país na história. Agora o Brasil faz parte do seleto grupo de oito seleções que já conquistaram o título de campeã no Individual Geral. 

Lista de todas as campeãs no Individual Geral nos Mundiais:

1934 Budapeste – Vlasta Dekanová (Tchecoslováquia)

1938 Praga – Vlasta Dekanová (Tchecoslováquia)

1950 Basel – Helena Rakoczy (Polonia)

1954 Roma – Galina Rudiko (União Soviética)

1958 Moscou – Larissa Latynina (União Soviética)

1962 Praga – Larissa Latynina (União Soviética)

1966 Dormund – Vera Cáslavská (Tchecoslováquia)

1970 Liubliana – Ludmilla Tourischeva (União Soviética)

1974 Varna – Ludmilla Tourischeva (União Soviética)

1978 Estrasburgo – Elena Mukhina (União Soviética)

1979 Ft Worth – Nellie Kim (União Soviética)

1981 Moscou – Olga Bicherova (União Soviética)

1983 Budapeste – Natalia Yurchenko (União Soviética)

1985 Oksana Omelianchik (União Soviética) e Yelena Shushunova (União Soviética)

1987 Roterdã – Aurelia Dobre (Romenia)

1989 Svetlana Boginskaya (União Soviética)

1991 Indianópolis – Kim Zmeskal (Estados Unidos)

1993 Birmingham – Shannon Miller (Estados Unidos)

1994 Brisbane – Shannon Miller (Estados Unidos)

1995 Sabae – Lilia Podkopayeva (Ucrania)

1997 Lausanne – Svetlana Khorkina (Rússia)

1999 Tianjin – Maria Olaru (Romenia)

2001 Gante – Svetlana Khorkina (Rússia)

2003 Anaheim – Svetlana Khorkina (Rússia)

2005 Melbourne – Chellsie Memmel (Estados Unidos)

2006 Aarhus – Vanessa Ferrari (Itália)

2007 Stuttgart – Shawn Johnson (Estados Unidos)

2009 Londres – Bridget Sloan (Estados Unidos)

2010 Roterdã – Aliya Mustafina (Rússia)

2011 Tóquio – Jordyn Wieber (Estados Unidos)

2013 Antuérpia – Simone Biles (Estados Unidos)

2014 Nanning – Simone Biles (Estados Unidos)

2015 Glasgow – Simone Biles (Estados Unidos)

2017 Montreal – Morgan Hurd (Estados Unidos)

2018 Doha – Simone Biles (Estados Unidos)

2019 Stuttgart – Simone Biles (Estados Unidos)

2021 Kitakyushu – Angelina Melnikova (Russia)

2022 Liverpool – Rebeca Andrade (Brasil)

 

Para mais informações: 

Eiki Yoshimura

up202100337@letras.up.pt

Greve dos professores, em dezembro, compromete o encerramento normal do primeiro período

O Sindicato de Todos os Professores (STOP) convoca uma greve a partir de 09 de dezembro, por tempo indeterminado que pode deixar milhares de alunos sem aulas e sem avaliação.

Esta é a terceira greve desde o início do ano letivo 22/23, e por ser de tempo indeterminado, tem consequências imprevisíveis na vida dos alunos, professores e encarregados de educação.

Já no dia 02 de novembro deste ano, houve uma paralisação convocada por sete organizações sindicais, e no dia 18 de novembro, uma greve nacional da função pública, revela Rui Cardoso do Blog DeAr Lindo (arlindovsky.net).

         Entre as principais reivindicações, o Sindicato de Todos os Professores (STOP) protesta contra as propostas de alteração aos concursos e exige respostas a problemas antigos, nomeadamente: a contabilização do tempo de serviço, a possibilidade de aposentação sem penalização após 36 anos de serviço e o regime de mobilidade por doença.

A realização desta greve por tempo indeterminado resulta de uma “Mega Sondagem – Que Tipo de Luta, Enquanto Docente, Estarias Disposto a Fazer? ”  realizada pelo  Blog DeAr Lindo (arlindovsky.net) , um dos websites sobre educação, e mais visitados pelos professores, em Portugal.  Nesta sondagem, 1.720 pessoas apoiam a realização de tipo de luta por tempo indeterminado.

Fonte: Blog  DeAr Lindo  

O Secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, explica os impactos que a situação tem na vida dos professores e a necessidade da sua urgente recomposição.

Fonte: FENPROF

Autor: Aquiles Boiça

 

Elon Musk revela nova versão: “Twitter Blue”

Elon Musk, anuncia que será possível por 8$ obter um selo de verificação em qualquer perfil da rede social Twitter.

Após a compra da plataforma, têm vindo a surgir, por parte do bilionário diferentes propostas. A mais recente aponta para uma versão atualizada “Twitter Blue” que permite a qualquer utilizador conseguir um selo de verificação, apenas pelo custo de 8$. Este selo é atualmente gratuito e serve para ver se a conta é autenticada pela plataforma.

Apesar de ainda não serem conhecidos muitos detalhes, Musk revela que estes assinantes poderão ainda aceder a “prioridade” nas respostas, menções e pesquisas, a capacidade de publicar vídeos mais longos e menos anúncios.

De acordo com o “The Washington Post”, a equipa de Musk está a trabalhar numa forma onde os usuários paguem por vídeos que tweetam, o que quer dizer que quem quiser assistir aos mesmos terá de pagar uma taxa, com uma parte das transações a seguir para a rede social.

Na passada segunda-feira (31), Yoel Roth, chefe de segurança e integridade do Twitter, afirmou haver um “aumento de consuta odiosa” na plataforma, pouco depois da compra da empresa por Elon Musk.

Para além desta proposta, Musk anunciou mudanças no quadro de funcionários, onde demonstrou querer cortar com 25% da equipa da empresa e ainda expressou que poderão haver alterações nas contas anteriormente banidas pela plataforma.

Elon Musk – Foto: Patrick Pleul / POOL / AFP

Cronologia:

Maria Rego

Elon Musk e Twitter chegam a acordo

O empresário norte-americano fechou acordo para a compra da rede social por 44 mil milhões de dólares e anunciou mudanças na aplicação.

Foto: Mike Blake/Reuters

Após uma longa disputa entre o Twitter e Elon Musk, o acordo para compra foi finalizado esta semana. O CEO da Tesla divulgou através de sua conta na rede social que “o pássaro está livre”, referindo-se ao seu objetivo de diminuir as restrições das publicações.

Uma das promessas do empresário é restaurar a liberdade de expressão, mas ainda não serão realizadas alterações em contas banidas até a criação de um novo conselho de moderação de conteúdo.

Segundo a Lusa, a primeira medida de Musk foi dissolver todo o conselho do Twitter, tornando-se o único diretor. O Parag Agrawal, o CEO, Ned Segal, administrador financeiro e Vijaya Gadde, diretora do departamento jurídico foram demitidos na sexta-feira.

O novo dono do Twitter também planeia demitir até metade dos atuais funcionários da rede social, segundo o jornal Financial Times. Os trabalhadores agora terão de trabalhar no escritório e em tempo integral a partir da próxima segunda-feira (7).

Outra mudança anunciada é o aumento no preço do Twitter Blue,  ferramenta por enquanto disponível em poucos países que dá acesso a recursos exclusivos, como editar tweets.

O custo da assinatura vai aumentar de 4,99 para 8 dólares mensais, preço que deverá ser ajustado em cada país de acordo com o poder de compra local. “Poder para as pessoas! Azul por $ 8/ mês.” anunciou Musk.

Com a assinatura, os utilizadores podem certificar sua conta, além de outros benefícios como menos publicidade, possibilidade de publicar vídeos longos e prioridade nas menções e respostas de tweets. De acordo com Elon Musk, uma taxa facilitaria a deteção de bots e perfis falsos tornando possível a recolha de dados reais humanos.

Elon Musk e o Twitter tiveram disputas ao longo do ano até o acordo para compra. Relembre:

Abril

Musk faz a primeira oferta para compra por 44 mil milhões de dólares e as duas partes chegam a um acordo por 54,20 dólares por ação.

Maio

Os acionistas contestam a compra e processam Elon Musk, acusado de tentar manipular o mercado.

Junho

Musk ameaça desistir da compra e critica o Twitter, mas o conselho recomenda o acordo.

Julho

O empresário desiste da compra. O Twitter inicia um processo judicial para a conclusão do acordo.

Outubro

Musk volta atrás e finaliza a compra do Twitter.

 

Luísa Carmo

Elon Musk e as suas reformulações na rede social Twitter

Desde abril a plataforma não cessa em sofrer mudanças e atualizações, pelas mãos do seu novo presidente-executivo oficial, Elon Musk.

Olivier DOULIERY / AFP

Após seis meses de insistências e desistências, Elon Musk, bilionário, fundador das empresas Tesla, de carros elétricos, e Space X, de sistemas aeroespaciais e de transporte espacial, é o novo proprietário da empresa Twitter. A compra, no valor de aproximadamente 45 biliões de euros (segundo a agência Reuters), foi oficializada, pelo próprio, na passada quinta-feira, dia 27 de outubro, através de uma carta publicada na sua conta pessoal (abaixo).

Twitter Elon Musk data:27/10/2022

Em março deste ano, Musk, em resposta a um seguidor na sua página pessoal do Twitter, onde conta com cerca de 110 milhões de seguidores, afirma que pretendia criar uma rede social onde vigoraria a liberdade de expressão. Já aí havia comprado uma série de ações na empresa Twitter, e em abril de 2022, torna-se no seu maior acionista individual, com cerca de 9,2% das ações. No mesmo mês, propõe à companhia mais de 45 biliões de euros pela sua total posse, e dia 25 de abril chega a acordo com a companhia.

Elon Musk sempre deixou claro, tanto em entrevistas, como nos seus “tweets” (nome das publicações que se atribui no Twitter), que o seu objetivo é revigorar a rede social, e não o de retirar proveito monetário através da mesma. “Investi no Twitter porque acredito no seu potencial de ser a plataforma para a liberdade de expressão em todo o mundo, e acredito que a liberdade de expressão é um imperativo social para uma democracia em funcionamento”, disse Musk, segundo o documento. (fonte: Jornal de Notícias)

Em maio deste ano, o magnata revelou outras mudanças, que gostaria de realizar na aplicação, aquando da sua posse: “Eu reverteria a suspensão permanente [de Trump]”, afirma Musk no evento do Financial Times.

fonte: https://www.youtube.com/watch?v=MDZdc3pmWRY

O processo de compra foi desde o seu início bastante conturbado. Elon Musk recuou várias vezes na sua decisão, e no final de maio, acabou mesmo por ser processado por acionistas do Twitter que o acusaram de manipular o mercado a seu favor. Pouco tempo depois, em junho, Musk afirma desistir, mais uma vez, da compra da rede social, que acusou de negligente em carta enviada à companhia, por não lhe ter fornecido os dados que pediu em março. (fonte: Globo G1)

Contudo, dia 24 de outubro saiu um vídeo de Elon Musk, que deixa todas as dúvidas esclarecidas. Neste, o bilionário aparece dentro da sede da companhia.”O pássaro está livre”, é uma das afirmações presentes na carta que escreveu, dia 27 de outubro, e tornou pública, antes da confirmação oficial de compra por parte da empresa. (fonte: Globo G1)

Para a plataforma estão previstas inúmeras mudanças. Assim que tomou posse da rede social, Elon Musk, revelou logo que haverá uma alteração na equipa de trabalhadores da empresa. Só no passado fim de semana, foram demitidos nove executivos, e segundo o The Washington Post, Musk quer reduzir em 25% o quadro de funcionários. (fonte: Globo G1 e Jornal de Negócios)

Há cerca de um dia revelou que vai passar a cobrar cerca de 8 dólares/mês por contas certificadas (fonte: Diário de Notícias). Explica que o valor vai ser adequado conforme o país.

Já desde o ano passado que a rede social tem oferecido várias funcionalidades pagas, e foi assim, que surgiu o “Twitter Azul”, com fraca aderência e popularidade entre o público. Esta versão promete combater o spam e chegar à informação de interesse mais rápido.

Mafalda Pereira

 

Após 6 meses de negociação, Elon Musk é o novo dono do Twitter.

Após oficializar a compra do Twitter, o fundador da SpaceX, Elon Musk anuncia mudanças notárias na rede social.

O empresário já havia demostrado interesse em comprar a plataforma em abril de 2022 mas o acordo só foi firmado na última quinta-feira, 27 de outubro quando foi oficializado a compra da plataforma no valor de 44 mil milhões de euros.

O novo dono do Twitter assumiu o cargo já realizando mudanças no conselho de direção da empresa ao despedir membros como Parag Agrawal, agora antigo CEO da companhia norte-americana. Segundo Musk, sua principal intenção ao comprar a plataforma é permitir que o Twitter se torne “Uma praça comum da cidade digital, onde uma vasta gama de crenças possa ser debatida de forma saudável, sem recorrer à violência”. O empresário ainda deseja alterar a política de banalização de contas da rede social, isso significa que membros que foram banidos do Twitter anteriormente, como aconteceu com o presidente Donald Trump, poderão criar contas na plataforma novamente.

O empresário complementa ainda sua declaração na rede social afirmando que sua vontade não é de transformar o Twitter num “lugar infernal gratuito para todos” e sim fazer com que a rede social seja um lugar aberto ao debate saudável.

A compra pelo empresário foi apoiada por figuras como o ex-presidente norte-americano Donald Trump mas também gerou reações por parte daqueles que se preocupam com a nova “liberdade” que Musk irá incorporar à plataforma. Thierry Breton respondeu ao tweet de Elon Musk afirmando que o passáro, uma alusão ao logo da rede social, irá voar seguindo as regras da União Europeia.

Você pode conferir de perto os updates sobre a nova aquisição na rede social Twitter, crie uma conta aqui.

Cronologia
4 de abril de 2022- Elon Musk se torna o maior acionista individual do Twitter.
5 de abril de 2022 – Elon Musk se torna parte do conselho de diretores da empresa.
10 de abril de 2022- Elon Musk desiste de fazer parte do conselho de diretores.
14 de abril de 2022- Elon Musk apresenta uma oferta de comprar a plataforma no valor de 44 bilhões de dólares.
25 de abril de 2022- É feito um acordo definitivo que o Twitter seria comprado por Elon Musk.
12 de maio de 2022- Jack Dorsey, fundador de rede social afirma que nunca mais quer ser acionista do Twitter.
27 de maior de 2022- Elon é processado pelos acionistas.
6 de junho de 2022- Elon Musk ameça desistir da compra.
8 de julho de 2022- O empresário desiste da compra.
12 de julho de 2022- Twitter processa Elon Musk.
19 de juljo de 2022- Primeira audiência.
13 de setembro de 2022- Acionista concordam com a proposta de Elon Musk.
4 de outubro de 2022- É informado pela Impresa norte-americana que Elon Musk retomará com a compra do Twitter.
24 de outubro de 2022- Elon Musk chega à sede do Twitter com uma pia.
27 de outubro de 2022- Oficializada a compra do Twitter.
28 de outubro de 2022- data especifícada judicialmente como limite para Elon Musk realizar a compra

Trabalho feito por Tatiane Oliveira- up202100367