Aquivos por Autor: turma2

Porto volta a acolher o Festival Internacional de Marionetas

O Festival Internacional de Marionetas do Porto está de volta. A edição de 2022 irá ocorrer entre os dias 7 e 16 de Outubro e conta com artistas de vários cantos do mundo.

Salas de espetáculo como o Rivoli, Teatro Carlos Alberto, Teatro Campo Alegre, entre outras, recebem marionetas da Eslovénia, Coreia do Sul, Espanha, Chéquia, Bélgica, Chile, Açores e Portugal continental. A 33ª edição do festival tem como tema principal as Ciências Políticas, e apresenta espetáculos e workshops para pessoas de todas as idades e profissionais da área. Segundo Igor Gandra, diretor artístico do festival, “o programa é muito diverso e importa também aproveitá-lo para (con)viver”.

O FIMP (Festival Internacional de Marionetas do Porto) abre as cortinas ao público desde 1989 e recebeu o prémio Sirena D’ Oro em 1992. Neste momento, de acordo com a Direção Geral das Artes, o FIMP é reconhecido como uma das maiores manifestações culturais a nível europeu.

Pode consultar aqui a programação do festival, que inicia a 7 de Outubro e termina dia 16 do mesmo mês.

 

Eduarda Pastor

Festival Internacional de Marionetas regressa ao Porto em Outubro

A 33ª edição do Festival Internacional de Marionetas invade a Invicta entre os dias 7 a 16 de Outubro com espetáculos e performances criadas a partir do tema “Ciências e Políticas da Matéria Animada – o mote da vida”.

Fonte – Fim`22: Site oficial

O objetivo do festival é ampliar o interesse por este mundo das marionetas a adultos, jovens e crianças. Existem sessões destinadas tanto a famílias como a grupos escolares, formações para profissionais mas também experiências para um público curioso e diversificado.

Toda a programação está disponível em https://2022.fimp.pt/pt/programa#/. O acesso aos eventos é maioritariamente gratuito. O valor dos espetáculos pagos pode ir desde os 7€ aos 12€. No caso das crianças, o valor é de 2,5€.

Para além de artistas nacionais, chegam à invicta performers de todo o mundo. “Estes artistas são homens e mulheres de grande talento e criatividade e o seu trabalho rigoroso e provocador merece a nossa curiosidade e a nossa atenção”, palavras de Igor Gandra, diretor artístico, em jeito de convite a esta “festa” cultural.

Fonte – fimporto: Instagram

Catarina Pereira

Festival Internacional de Marionetas do Porto vai colher frutos no outono

A 33.ª edição do Festival Internacional de Marionetas do Porto acontece entre 7 e 16 de outubro e vai estender-se por toda a cidade. O objetivo é dar a conhecer o mundo das marionetas a adultos e crianças.

FIMP pronto para dar a conhecer o mundo das marionetas. Fonte: Facebook FIMP

O Festival Internacional de Marionetas do Porto (FIMP) arranca já no início do mês de outubro e vai ocupar vários espaços culturais (e não só) da Invicta. Este ano vai ser possível assistir a espetáculos no Teatro Municipal do Porto – Rivoli e Campo Alegre, Coliseu Porto Ageas, Teatro Carlos Alberto, Teatro Helena Sá Costa e Teatro de Ferro. O teatro Constantino Nery, em Matosinhos, também vai receber exibições.

Com espetáculos e performances criadas sob o mote “Ciências e Políticas da Matéria Animada – o mote da vida”, o terceiro e último capítulo da temática está pronto para entreter e animar o público. Há sessões destinadas a grupos escolares, famílias e para aqueles que queiram viver esta experiência pela primeira vez.

Na próxima terça-feira, dia 20 de setembro, será detalhado o programa da FIMP, numa conferência de imprensa. No dia 1 de outubro, vai estar disponível o filme “A Abertura da Abertura” nos ecrãs das estações de no metro do Porto e online. No dia 7, a programação vai ter início e os espetáculos vão começar.

Contando com a presença de Companhias de Marionetas oriundas de vários países, o evento vai contar com a participação artistas espanhóis, eslovenos, sul-coreanos, checos, belgas e chilenos. Segundo o diretor artístico do evento, Igor Gandra, “estes artistas são homens e mulheres de grande talento e criatividade e o seu trabalho rigoroso e provocador merece a nossa curiosidade e a nossa atenção”. Além disso, foram estabelecidas novas parcerias com Companhias de Internacionais, como a o FIT – Festival Iberoamericano de Teatro de Cádiz e o Festival de Otoño de la Comunidad de Madrid.

Com um conjunto de atividades muito diversas, o programa pode ser consultado no site oficial da FIMP. A maioria das iniciativas, como workshopsmasterclasses, são de caráter gratuito. No entanto, para os espetáculos pagos os preços dos bilhetes vão dos 7€ aos 12€, sendo que as crianças pagam uma quantia de 2,50€. Os bilhetes podem ser adquiridos nos locais onde vão decorrer as apresentações.

Num comunicado divulgado no site oficial, Igor Gandra afirma que o Festival, que nasceu em 1989, “é uma festa” e “há sempre lugar para aprender e experimentar”. Depois do FIMP’22 ter despontado na primavera para festejar o Dia Mundial da Marioneta (21 de março) e do Teatro (27), está agora de regresso para colher os frutos no outono.

Recorde as últimas edições do FIMP. Fonte: FIMP

Inês Silva

Porto acolhe 33.ª edição do seu Festival Internacional de Marionetas

O FIMP ’22 antecipou-se este ano para março. O festival multitemático e tendencialmente gratuito exibe o primeiro espetáculo da sua última parte já no dia 7 de outubro.

FIMP - Festival Internacional de Marionetas do Porto | www.visitportugal.com

Fonte: VisitPortugal

Contando com artistas de todos os cantos do mundo – desde a Coreia do Sul até à Eslovénia -, o festival tem origens no século passado, mais especificamente em 1989, onde era chamado “Festival de teatro contemporâneo para adultos”. O FIMP, agora com uma maior ligação às artes circenses e audiovisuais, conta com a direção artística de Igor Gandra.

Apesar do seu tema ser “Ciências e Políticas da Matéria Animada”, o festival conta também com espetáculos dirigidos ao público infantil, tais como “Teatro Dom Roberto” e “Rui Sousa e o seu Break Dancer”.

Para o público em geral, será também desenvolvido o “Fimpalitos – Workshop de construção e manipulação de marionetas”.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por FIMP (@fimporto)

Consulte aqui mais informações.

João Pedro Santos

O Morto que se torna Vivo: Festival Internacional de Marionetas do Porto 2022


Arranca no dia 7 de outubro a 33ª edição do festival de marionetas do Porto, este ano com novos palcos e artistas. A última edição do tríptico “Ciências e Políticas da Matéria Animada” traz o tema “o mistério da vida”.

“Não nos esqueçamos que uma das proezas mais extraordinárias das marionetas tradicionais é justamente a de matar a morte!”. As palavras são de Igor Gandra, diretor artístico do festival de “teatro contemporâneo para adultos” desde 2010.

Este ano, a somar aos espaços anteriores, é possível assistir a espetáculos no Teatro Municipal do Porto – Rivoli e Campo Alegre, no Teatro Nacional São João – Teatro Carlos Alberto, no Coliseu do Porto, no Teatro de Ferro e ainda no Teatro de Belmonte, a sede do Festival. Também o Teatro Constantino Nery, em Matosinhos, recebe exibições.

Na próxima terça feira, 20 de setembro, numa conferência de imprensa, será detalhado o programa do FIMP’22. No dia 1 de outubro, sai um filme de apresentação, “A Abertura da Abertura” (com realização de Lota Gandra), disponível online e nos ecrãs das estações de metro do Porto. No dia 7, começa a programação efetiva, com espetáculos realizados por artistas de todo o mundo. No evento, pode-se ainda aprender:  há workshops gratuitos para profissionais ou estudantes de artistas como Amândio Anastácio (no ESMAE) e Tin Grabnar (no Rivoli).

Para além de artistas portugueses, chegam à invicta nomes espanhóis, eslovenos, sul-coreanos, checos, belgas e chilenos. “Estes artistas são homens e mulheres de grande talento e criatividade e o seu trabalho rigoroso e provocador merece a nossa curiosidade e a nossa atenção” escreveu Gandra. A rubrica WIP (Work In Progress) acompanha trabalhos que estão em processo de concretização.

Gandra refere ainda as novas parcerias internacionais que foram estabelecidas, nomeadamente com o FIT – Festival Iberoamericano de Teatro de Cádiz, e o  Festival de Otoño de la Comunidad de Madrid, e agradece o apoio do Ministério da Cultura para a realização do evento. Chama a atenção para o programa, que “é muito diverso e importa também aproveitá-lo para (con)viver. Afinal um festival é uma festa!”

Por Carolina Bastos Pereira

 

Vídeo: Abertura da Abertura (FIMP 2021)

Imagem: Fonte – Ágora

 

As marionetas ganham vida em outubro na Invicta

A 33ª edição do Festival Internacional de Marionetas do Porto decorre entre 7 e 16 de outubro em várias salas de espetáculo, estações de metro e num jardim da cidade.

Foto: Facebook do FIMP

Desde o palco do Teatro Municipal do Porto Rivoli/Campo Alegre ao Teatro de Ferro, do Coliseu do Porto Ageas ao Teatro Helena Sá e Costa ou do Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery à Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, as marionetas invadem a Agenda Cultural do Porto em outubro.

O FIMP’22 apresenta uma programação diversificada, pautada por eventos pontuais, ao longo de todo o ano, no entanto, é ao longo das duas primeiras semanas de outubro que as marionetas têm um festival seu, que conta com participações nacionais e internacionais, dispersas por diversos lugares, bem como apoios e parecerias que asseguram a realização do festival.

No site do FIMP, a organização explica que este é “um Festival de teatro contemporâneo para adultos, não excluindo todavia o público juvenil, para o qual criou uma programação complementar“. E, ainda, que “o que verdadeiramente fez dele um Festival diferente foi sobretudo a sua afirmação como espaço aberto de formação, de experimentação, de diálogo e de cruzamento de géneros, de estéticas, de culturas, de países, de artistas, de espetadores, de jovens”.

A consulta do programa do festival pode ser feita aqui. A maioria das performances é de acesso gratuito e, nos casos em que é pago, tem o custo máximo de 7€.

A partir do dia 1 de outubro, data da Abertura da Abertura 2022, o festival espalha-se pelas estações do metro do Porto, trocam-se as máscaras de proteção pelas máscaras dos bonecos animados, a cultura contamina a rotina urbana.

Imagens de antevisão da 33ª edição do FIMP:

Fonte: site oficial FIMP

Beatriz Tavares

Mistério da Vida: Festival Internacional de Marionetas do Porto está de regresso

De 7 a 16 de outubro, o FIMP’22 regressa para a 33º edição, com propostas artísticas nacionais e internacionais em vários pontos da cidade do Porto –  salas de espetáculo, jardins e estações de metro. 

Foto: Paulo Nuno Silva

O Festival Internacional de Marionetas do Porto (FIMP) arranca já no próximo mês.  A edição de 2022 encerrar o ciclo “Ciências e Políticas da Matéria Animada”, explorado nas três últimas edições, em que a matéria criativa se enquadra como “o mistério da vida”.

A programação conta espetáculos e mais atividades como masterclasses, workshops e exposições. Além disso, o festival é um “lugar para aprender e experimentar” e, por isso, também oferece formações. 

Os espetáculos vão dividir-se por palcos espalhados pela cidade. O Teatro Municipal do Porto Rivoli e Campo AlegreTeatro Carlos Alberto, Coliseu Porto Ageas, Teatro do Ferro e Teatro Belmonte, conhecido como o Teatro de Marionetas do Porto, são algumas das principais salas que compõem a programação. Os ecrãs das Estações de Metro  incluem-se na programação ao oferecer uma experiência cinematográfica já a partir de 1 de outubro. 

Foto: Site Oficial FIMP

O principal objetivo é dar a conhecer o mundo das marionetas ao público e “desta matéria fazer a festa”. Segundo o diretor artístico Igor Gandra, “é também a partir desta ideia de objeto inanimado passível de ser animado e de se tornar vivo, pelo menos percecionado como tal, que o programa desta edição pode ser vivido”. E conclui com uma reflexão que é esperada por parte do público, “O que define o vivo? O que separa o vivo do morto, e o morto do não-vivo? O que é estar vivo nas vidas que vivemos?”.

O Festival surgiu em 1989, inicialmente definido como um Festival de Teatro Contemporâneo para adultos. A edição deste ano promove uma programação para todas as idades, contando com apoio do Ministério da Cultura – Direção Geral das Artes e novas parcerias internacionais como o FIT – Festival Iberoamericano de Teatro de Cádiz e o Festival de Otoño de la Comunidad de Madrid para a apresentação do espetáculo de encerramento desta edição.

A organização destaca a presença de Companhias de Marionetas e artistas de diversos países, como Eslovénia, Correia do Sul, Espanha, Chéquia, Bélgica, Chile e Portugal. O Festival já tinha alargado a programação em Março para celebrar o Dia Mundial da Marioneta e do Teatro.

Video: Facebook FIMP

A entrada é maioritariamente gratuita e necessita de inscrição obrigatória através do e-mail fim@fimp.pt. O bilhetes dos espetáculos pagos já estão disponíveis e custam entre 7€ e 12€. O preço para crianças é de 2,5€. Consulte aqui a programação.

Nádia Neto I turma 2

Como defenir o vivo? : Festival Internacional de Marionetas do Porto 2022

A nova edição do Festival Internacional de Marionetas do Porto (Fimp) arranca a 7 de outubro e traz pela última vez aos palcos o tema “Ciências e Políticas da Matéria Animada”, contando com artistas da Eslovénia, Espanha, Chile, Coreia do Sul, Chéquia, Bélgica e dos Açores, para além dos artistas de Portugal continental.

(imagem retirada do site oficial do Fimp)

O Fimp 2022 conta com um extenso programa que se estende por vários locais do Porto até ao dia 16 de outubro. Este programa aloja, para além das performances, vários tipos de workshops, como de construção de marionetas, entre outras atividades. Algumas destas  exigem a compra de um bilhete, enquanto que outras podem ser aproveitadas gratuitamente, mediante apenas uma inscrição prévia, como é referido no site oficial do Fimp.

Este ano, o festival vai se desenvolver em espaços como vários teatros do Porto e Matosinhos, na estação de metro da Trindade, no jardim da Cordoaria e no ESMAE ( Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo), além de também se desenvolver online e nos ecrãs das estações de metro do Porto.

Este festival conta já com muitos anos de história, desde o seu surgimento em 1989. Segundo a Direção-Geral das Artes, o Fimp começou por definir-se como um Festival Contemporâneo de Teatro para adultos, no entanto, com a atribuição do prémio Sirena D Oro em 1992, o trabalho feito pelo Teatro de Marionetas foi reconhecido e a associação do Festival Internacional de Marionetas foi instituída.

Igor Gandra é quem se encontra à frente da direção artística do festival deste ano, como o tem feito desde 2010, onde ele redirecionou o  olhar do festival sobre as práticas da marioneta contemporânea.

Apesar de o programa efetivo só se iniciar oficialmente no dia 7, no dia 1 de outubro vai passar nos ecrãs das estações de metro do Porto um pequeno vídeo de apresentação do festival, que também vai estar disponível online.

Vídeo de apresentação do Fimp’21 (vídeo retirado de: https://www.youtube.com/watch?v=Hw9wOSTNGcM)

Beatriz Santos

 

33ª edição Festival Internacional de Marionetas do Porto vem trazer uma nova perspetiva sobre “o que é estar vivo nas vidas que vivemos”.

Dos dias 7 a 16 de outubro o FIMP (Festival Internacional de Marionetas do Porto) vai ocupar os vários teatros da cidade.

Foto: Facebook do FIMP

O FIMP de 2022 tem como tema principal às ciências e à política do nosso tempo. Vão ser representados por um conjunto de artistas de marionetas de vários lugares do mundo, passando pelos teatros principais do Porto – isto graças a uma parceria criada entre eles, segundo a Agência de Informação Norte.

Este festival teve início em 1989 e desde então tem vindo a crescer, criando relações entre a arte, a cultura internacional e os artistas da área do teatro para a inovação deste ofício. Por estas razões e pela atenção que o FIMP dá às marionetas, foram premiados em 1992 com o Prémio Sirena D Oro em Itália.

O festival tem a sua especial atenção pelas novas e diferentes formas de combinar várias formas de arte e pela sua vertente de pedegógica, pois estão disponíveis várias Masterclasses e Workshops na sua programação.

Igor Gandra, atual diretor artístico do FIMP, apresenta-nos umas questões existenciais que serão abordadas nas várias atuações de marionetas, que graças através da condição de objeto inanimado desafia o espectador a repensar a sua perceção de vida. “O que define o vivo? O que separa o vivo do morto, e o morto do não-vivo? O que é estar vivo nas vidas que vivemos?”

(https://youtu.be/Hw9wOSTNGcM) – (vídeo de apresentação do FIMP 21)

Este outubro reserva à cidade do Porto umas semanas repletas de animação e cultura através da arte que é o teatro.

Ivo Maia

O Festival Marionetas do Porto 2022

O  festival internacional de marionetas do porto regressa este ano em outubro, que decorrera entre os dias próximos  7 e 16 de outubro.  um festival de marionetas de varias espécies, de objetos e formas que se deixam animar na cidade, um festival que vem encerrar um  ciclo em que ” ciências politicas  da matéria animada” de uma estruturação programática dos últimos três anos de edição.

FIMP- festival internacional de marionetas do porto 2022

Uma festa que conta com preciosa colaboração dos seus parceiros e amigos, do Teatro Municipal do Porto  Rivoli e Campo Alegre, Teatro Nacional São João, Teatro Carlos Alberto, ao Coliseu Porto Ageas, bem como ao Teatro de Belomonte, sede da companhia Teatro de Marionetas do Porto, e ao Teatro de Ferro, para a realização de  um festa  de matéria animada. Um festival, que revisita se peças, artistas e matérias,  com contacto com algumas das mais belas expressões vivas da tradição europeia da marioneta.

airinformacao.pt- marionete

Conta com uma programação, de acordo com  agencia de informação norte,  estruturalmente organizada uma perspetiva GPS filosófico, em que matéria que filia o momento ou capítulos da ciências da matéria animada, na sua especificidade e na deminsao da sua transversalidade. Uma festa que nao quer deixar ninguem de fora, por isso conta com a muita musica, manipulacao e teatros fisicos, dando maior destaque o teatro municipal do porto. Festival que deixar aconhecer um pouco de espaços de formaçao e abertura de processos de criaçao ( WOP e WIP).

Uma festa destinada ao publico, porque nada melhor que ver o mundo atraves das artes marionetas, brevemente nos palcos de matosinhos.
Artigo editado por Fiona turma2