Portugal entra no mundial a vencer

Na Copa do Mundo de 2022, no Catar, Portugal derrotou Gana por na estreia da seleção.

Portugal estreou-se no Mundial do Qatar 2022 esta quinta-feira, 24 de novembro, frente ao Gana, no Estádio 97 . Foi a oitava participação dos portugueses no Mundial. Portugal e Gana já se enfrentaram na última partida das duas seleções do Grupo G da Copa do Mundo no Brasil, em 26 de junho de 2014. Foi também a despedida das duas seleções daquele Mundial.
O golo da seleção nacional foi apontado por Cristiano Ronaldo de grande penalidade aos 65 minutos, João Félix aos 78 minutos e Rafael Leão aos 80 minutos. André Ayew e Osman Bukari marcaram aos 73 e 89 minutos para o presidente ganês.
Com esta vitória, a seleção nacional lidera o subgrupo H com 3 pontos na partida. Gana é a última colocada com 0 pontos, também devido ao empate entre Coreia do Sul e Uruguai.

Quase quatro milhões de pessoas assistiram ao primeiro jogo de Portugal no Mundial de 2022, no Qatar, frente ao Gana, transmitido pela TVI e segundo a Universal McCann (UM), foi o jogo mais visto até à data.

A seleção pressionou Gana desde o início com um alto índice de posse de bola, enquanto Otavio, Bruno Fernandes e Ruben Neves causaram pânico.

O segundo tempo começou com o ganês Kudus testando a reação de Diogo Costa, mas o capitão português marcou um penálti logo depois, quebrando o recorde e tornando-se o primeiro jogador a marcar em cinco finais de Copa do Mundo.

Gana não desistiu e empatou aos oito minutos por iniciativa do capitão André Ayew. No entanto, os portugueses responderam rapidamente, com João Félix a fazer o melhor seguimento após um passe soberbo de Bruno Fernandes.

Animados com a vantagem, a time portuguesa atacou Gana e marcou mais um golo com assistências de Rafael Leon e Bruno Fernandes.

Portugal venceu por 3 a 1 com Ousmane Bukari diminuindo a diferença para Gana a um minuto do fim, aos 90 minutos.

Ronaldo

Na primeira partida da quinta Copa do Mundo da carreira do capitão português, ele se tornou o primeiro jogador da história a marcar em cinco finais de Copa do Mundo.

Yula Giralt