A Livraria Lello compra cartas inéditas de amor do Bob Dylan por meio milhão de euros

A Livraria Lello é a nova propietária de 42 cartas de amor do Prémio Nobel de Literatura Bob Dylan. Os escritos serão exibidos a partir de 13 de Janeiro de 2023. A compra, que tomou lugar na última quinta-feira, foi por cerca de 520mil euros.

Bob Dylan é considerado um dos músicos mais influentes do século / Foto: Instagram do Bob Dylan

Esta quinta-feira (17 de novembro), na cidade de Nova Iorque, a Livraria Lello adquiriu 42 cartas de amor que o autor e músico Bob Dylan escreveu para a sua namorada, Barbara Ann Hewitt, na década dos 50. Os escritos serão revelados pela primeira vez ao público no dia 13 de Janeiro de 2023, dia em que a Livraria faz 117 anos. A compra tomou lugar por mais de meio milhão de euros.

Segundo um comunicado de imprensa da Livraria Lello, o conjunto de mais de 150 páginas revela diversos aspetos da vida pessoal do autor, entre os quais as suas intenções de mudar de nome e as suas aspirações como músico. Aurora Pedro Pinto, administradora da Livraria, destaca no mesmo comunicado que estão “felizes de trazer (as cartas) ao Porto, reforçando a oferta cultural para o território.” Pedro Pinto também afirma que o investimento dá continuidade a aposta da Livraria Lello no património literário e cultural.

O primeiro andar da Livraria Lello está dedicada a autores laureados com o Nobel / Foto: Instagram da Livraria Lello

A empresa norte-americana encarregada do leilão, RR Auction, coloca o valor final da compra em cerca de 643mil euros, depois de incluir a comissão de venda no preço de venda inicial. O conjunto de 42 cartas foi adquirido pelo dobro do valor pelo qual foi inicialmente colocado à venda, que foi aproximadamente 240 mil euros.

As cartas foram escritas no período entre os anos 1957 e 1959, na época em que Bob Dylan tinha 17 anos e ainda estava na escola secundaria. Ann Hewitt foi a proprietária das cartas até a sua morte em 2020.  Outros escritos do músico já tinham sido vendidos de forma individual, mas a RR Auction afirma que os proprietários do património de Ann Hewitt queriam vender as cartas como um conjunto.

Cabe destacar que, enquanto a Livraria Lello agora possui as cartas físicas, a editora de Dylan mantém os direitos autorais de todos os seus escritos.

A Livraria Lello, um dos destinos turísiticos mais populares do Porto, tem desde junho de 2021  uma instalação artística dedicada a autores laureados com o Prémio Nobel de Literatura. Na instalação, nomeada “Livraria Lello X Time: What Makes a Nobel?”, há uma secção dedicada ao Bob Dylan.

Robert Allen Zimmerman, mais conhecido como Bob Dylan, tem vendido mais de 125 milhões de discos em todo o mundo. Dylan recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 2016, por ter “criado novas expressões poéticas dentro da tradição da música americana”, segundo o site dos prémios Nobel.

Tem interesse em visitar a exposição das cartas do Bob Dylan? Responda aqui. Disponibilizo o meu e-mail para qualquer dúvida, comentário ou sugestão: up202104285@up.pt

Artigo por Natalia Vásquez.