Reconecta-te com o teu planeta com a ajuda do Boom

Após 2 longos anos de pandemia, é com toda a alegria que Idanha-a-Nova, de 22 a 29 de julho, volta a dar as boas-vindas a um dos maiores festivais alternativos do mundo – O Boom Festival.

O Boom Festival é um festival que se diferencia da norma. Para eles, não é essencial possuir um cartaz cheios de artistas de renome mundial ou dispor de atividades que estão interligadas ao mundo tecnológico. Muito pelo contrário. Sendo um festival sem patrocinadores, o Boom defende os ideias espirituais e a ligação do humano com a Natureza. E com o tema deste ano: o Antropoceno, o Boom pretende abrir os olhos de toda a população para a não existência de um planeta B e para a partir daí tomar ação de forma a podermos salvar a nossa Terra.

Dessa forma, este evento disponibiliza vários espaços recreativos, cada um deles com a sua própria essência. Existem espaços com música de vários géneros musicais (sendo que o mais comum seja o psicadélico), espaços para a visualização de filmes, exposições de arte, espaços destinados ao teatro, a workshops, a espetáculos, a atividades infantis, entre muitas outras.

Dado o grande espaço que Idanha-a-Nova tem para oferecer, é possível o acampamento, tornando tudo ainda mais natural e fortalecendo a ligação tanto com os outros como com o planeta.

Infelizmente, para esta edição, os bilhetes estão esgotados, no entanto o Boom é um festival de ida obrigatória, uma vez que nos faz retirar da monótona rotina do mundo atual, conectar com o nosso eu interior e com os outros e refletir sobre as nossas ações para com o nosso planeta.

Todas as informações foram retiradas do site do Boom Festival.

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=UABFY1AHihw

Foto: https://cdn.boomfestival.org/assets/files/1008/boom_festival_2018_114.1280×614.webp

Artigo realizado por Ana Margarida Costa.