Polícia Judiciária investiga crimes de fraude e desvio de subsídios no valor de nove milhões de euros

Polícia Judiciária realiza buscas em várias cidades da região Norte de Portugal por crimes de fraude e desvio de subsídios.

No âmbito de inquérito intitulado pelo Ministério Público – DCIAP, a Polícia Judiciária realizou seis buscas por crimes de fraude na obtenção de subsídio, fraude fiscal qualificada e branqueamento avaliados em cerca de nove milhões de euros.

A averiguação foi efetuada em várias cidades da zona Norte do país: Águeda (Aveiro), Caminha (Viana do Castelo), Guimarães (Braga), Matosinhos e Porto (Porto). As buscas contaram com a presença do magistrado judicial e do Ministério Público, inspetores e peritos das áreas de informática e financeira da Judiciária e sete inspetores da Autoridade Tributária e Aduaneira e ocorreram uma em escritório de advogado e as restantes em habitação e empresas.

De acordo com a PJ: “A investigação, iniciada com participação dos referidos crimes pela Agência para o Desenvolvimento e Coesão, I.P., abrange projetos de investimento de fundos no quadro do Acordo de Parceria Portugal 2020”.

Aceda ao Comunicado da Polícia Judiciária publicado hoje.

Ana Catarina Parchão Moreira, up202005124, Turma 4