Os cibermeios e a desinformação em debate nas VII Jornadas ObCiber

“Cibermeios e Desinformação” é o tema em destaque na sétima edição das Jornadas Obciber. Os Prémios de Ciberjornalismo 2021 também serão entregues no evento, que vai decorrer online, na quarta-feira. 

 Cartaz sobre as VII Jornadas Obciber Foto: Site “Observatório do Ciberjornalismo”

O evento vai começar às 14h00 com um debate, que conta com o sociólogo Gustavo Cardoso, a jornalista Natália Leal, o autor Ramón Salaverría e a diretora de informação da Lusa, Luísa Meireles. O moderador será o professor Helder Bastos. Instituições como o ISCTE e a Universidade de Navarra, representadas por participantes do debate, fazem parte do IBERIFIER.

Às 16h30 terá início a 14ª edição dos Prémios de Ciberjornalismo, uma iniciativa do Observatório do Jornalismo – núcleo de investigação da Universidade do Porto. Os trabalhos eleitos para finalistas de cada categoria já são conhecidos. As oito categorias são: Excelência Geral em Ciberjornalismo, Última Hora, Reportagem Multimédia, Narrativa Vídeo Digital, Narrativa Sonora Digital, Infografia Digital, Ciberjornalismo de Proximidade e Ciberjornalismo Académico.

O público pode votar no trabalho que considera melhor em cada uma das categorias, até quarta-feira. Os membros do júri (investigadores e docentes universitários) já fizeram as suas escolhas. Tanto os resultados do público, como os do júri, serão conhecidos durante as VII Jornadas ObCiber.

Quem estiver interessado em assistir ao evento deve inscrever-se até quarta-feira, para receber o link de acesso.

Este ano, as VII Jornadas ObCiber estarão divididas apenas em dois momentos: o debate e o anúncio dos vencedores dos Prémios de Ciberjornalismo, ao contrário do que acontecia em edições anteriores que contavam com uma conferência.

Bianca Silva