Metro do Porto sem serviços mínimos amanhã

Maquinistas da Metro do Porto fazem greve amanhã, dia 7 de dezembro, condicionando os serviços mínimos. Só vai haver circulação na linha amarela e entre Senhora da Hora e Estádio do Dragão e vai ser reduzida.

Metro do Porto

Em comunicado, a empresa diz que as linhas Azul, Vermelha, Verde, Violeta e Laranja não vão funcionar “existindo apenas circulações muito pontuais na Linha Amarela e no tronco comum entre as estações Senhora da Hora e Estádio do Dragão”.

Em dia de jogo da Champions no Estádio do Dragão (FC Porto vs Atlético de Madrid), a estação do Dragão não vai funcionar “por motivos de segurança”, devido à possibilidade de maior afluência. Como alternativa ao metro, a empresa “recomenda a utilização da rede STCP e de outros operadores rodoviários”.

De forma a diminuir o impacto causado nos clientes, a Metro do Porto vai criar  “um serviço de transportes em autocarro em segmentos das linhas Vermelha e Verde” para clientes portadores de título andante. Entre as 6h00 e a 1h00 vão circular autocarros  entre a Póvoa de Varzim e a Senhora da Hora (Linha Vermelha), com paragens nas estações de Metro da Póvoa, Vila do Conde e Senhora da Hora.” O mesmo vai acontecer no segmento entre o Fórum Maia e o ISMAI.

O Sindicato dos Maquinistas convocou greve para os dias 3 e 7 de dezembro devido à recusa da empresa em aceitar as reivindicações feitas pelos trabalhadores relativamente à melhoria das condições de trabalho e à valorização efetiva das carreiras. Em comunicado, o Sindicado defende que a Viaporto “não investe um cêntimo no sistema, não assume qualquer risco financeiro, e quanto mais esmagar as condições de trabalho e remuneratórios dos trabalhadores maiores e chorudos lucros obtém.”

Em declarações à Lusa, Hélder Silva, dirigente sindical, afirmou que a greve de dia 3 teve “100% de adesão”, explicando que num dia em que estariam a trabalhar “150 maquinistas, estão 20/25.”

 

Maria Teresa Pinheiro