RFM Somni 2021 garante cartaz

Depois de em Maio de 2020, a organização do festival RFM Somni decidir, por força da pandemia, adiar a 8ª edição para 2021, vem agora assegurar o reagendamento de todos os artistas confirmados no cartaz adiado.

Foto: Facebook RFM Somni

Organizado desde 2012, na Figueira da Foz, o festival de música organizado pela RFM, dedica anualmente, 3 dias ao Reggaeton, Hip Hop e Dj´s nacionais e internacionais.

A edição deste ano, será realizada nos dias 9, 10 e 11 de Julho, na Praia do Relógio, como tem sido hábito.

Este ano, após o interregno de um ano, devido á Covid-19, o festival regressa com um lineup garantido de 72 horas de música e animação.

Todos os bilhetes do RFM Somni 2020 serão válidos para este ano. Passe Geral-3 dias, Passe Vip-3 dias, Passe Geral-Pack Fnac, Passe Vip-3 dias Pack Fnac, bilhetes Diários e bilhetes Diários Vip, terão o mesmo número de série e são automaticamente válidos nas novas datas.

Também conhecido como “O Maior Sunset de Sempre”, o festival faz por manter o título juntando sol, mar e praia a artistas de renome. Sean paul, Dimitri Vegas & Like Mike, Diego Miranda, Alan Walker, Alok e Vini Vici são os cabeças de cartaz para os 3 dias de festival. A este lineup poderão ainda ser acrescentados novos artistas.

O voucher do campismo também se manterá válido e é inclusive extensível ao período de 8 a 12 de Julho de 2021.

Focados em simplificar a experiência do RFM Somni ao seu público, a organização vai inovar introduzindo uma nova tecnologia cashless. Através do telemóvel ou em qualquer quiosque do festival, será possível efetuar carregamentos nas pulseiras do festival, através da tecnologia RFDI, o que possibilita o consumo em todo o recinto sem ter de recorrer a dinheiro ou cartões. Pretende-se com esta medida aumentar a segurança e o conforto dos festivaleiros.

O adiamento do festival não confere direito à devolução do valor pago, nos termos do regulamento do festival e do Decreto-Lei 10 |de 26 de março de 2020, mas excecionalmente, é autorizada a utilização transmissível, ou seja, o bilhete poderá usufruído por qualquer pessoa, sem ser o titular.

Estima-se que a edição deste ano atraia cerca de 200.000 pessoas.

Sandra Martins