Festivais de verão já têm datas para 2021

Afronation, Meo Sudoeste, Sumol Summer Fest e Super Bock Super Rock são alguns dos festivais que já têm data marcada.

A 26 de maio de 2020, o Presidente da República promulgou o decreto que ditava o cancelamento de eventos musicais que não tivessem lugares marcados, até 30 de setembro. A única opção que os festivais de verão encontraram foi o adiamento do evento para o ano seguinte.

Com a vacina a chegar a Portugal já em janeiro de 2021, espera-se que no verão desse mesmo ano os convívios sejam mais frequentes e possíveis. Assim, festivais como o Afro Nation, Meo sudoeste,  Rolling Loud , NOS Alive, Super Bock Super e  Rock In Rio já começam a divulgar as (re)confirmações para o próximo ano:

Afro Nation- O maior festival de Afrobeats do mundo

  • 1-3 julho 2021

O Afro Nation é um festival de verão português de Afrobeats, hip-hop, dancehall, bashment e R&B que tem lugar na Praia da Rocha, a sul de Portimão.

Foto de divulgação

 

No seguimento do adiamento da edição de 2020 para o mês de julho de 2021, o Afro Nation prepara-se para para voltar à costa portuguesa para outro fim de semana na companhia de alguns dos maiores artistas de urban music. Em 2021, prevê-se que o cartaz do Afro Nation vá contar com espetáculos de Chris Brown, Megan Thee Stallion, Burna Boy, Wizkid, Skepta, Davido, French Montana e de muitos outros.

 

 

 

O Meo Sudoeste volta a ocupar a Herdade da Casa Branca na Zambujeira do Mar nos dias 3, 4, 5, 6 e 7 de agosto. O festival apresentou como cabeças de cartaz o grupo eletrónico, Major Lazer, as estrelas de reggaeton Bad Bunny e Ozuna e o cantor britânico, Lewis Capaldi. A música em português fica a cargo de Profjam, Bispo e Deejay Telio.

Foto de divulgação

O Rolling Loud, denominado como “maior festival de hip-hop do mundo” já anunciou que nos dia 6, 7 e 8 de julho a Praia da Rocha em Portimão recebe a estreia deste festival na Europa. A organização garantiu o mesmo cartaz de 2020 para este ano, contando com nomes como ASAP Rocky, Future e Wiz Khalifa.  As expectativas em torno do festival são tão altas que a organização adicionou novas datas (9 e 10 de julho), encabeçadas por Travis Scott, Cardi B e o britânico Stormzy.

 

Nos Alive – 7, 8, 9, 10 de julho

O NOS Alive é dos maiores festivais do país, que tinha já grandes nomes confirmados para 2020, daí a grande ânsia por parte dos fãs do festival  em saber se ou quando este se iria realizar. Tal como aconteceu com os vários festivais de verão, já se esperava que o Nos Alive fosse remarcado para o ano de 2021. O Presidente da Câmara Municipal de Oeiras afirma que “tem de se continuar a programar e a trabalhar, mas naturalmente que há determinados eventos, que por razões que têm a ver com os cuidados e a prudência que se tem que tomar, no que diz respeito aos ajuntamentos, que com certeza não se podem realizar. Há grandes festivais que não se vão realizar”, em declarações à Rádio Renascença.

O Super Bock Super Rock já anunciou que a 26º edição do festival ocorre entre 15 e 17 de julho e tem como cabeça de cartaz o rapper ASAP Rocky, o grupo Brockhampton e Boy Pablo. A música portuguesa está representada pelo Slow J que atua na praia do Meco no dia 16.

Rock In Rio Lisboa – 19, 20, 26 e 27 de junho

Tal como outros grandes festivais que marcam o panorama musical português há já vários verões, também a 9ª edição do festival Rock in Rio teve de ser adiada devido à pandemia da Covid-19. Rock In Rio é reconhecido por todos os anos trazer a Portugal grandes artistas que são, de certa forma, do mundo, por terem um percurso internacional tão relevante. Para esta 9ª edição, o festival aposta em nomes como Black Eyed Peas, Foo Fighters, Post Malone e Anitta.

 

Marcila Moreno