Festivais de Verão: Já há datas para 2021

Os efeitos provocados pela covid-19 e as medidas implementadas para o seu combate obrigaram ao adiamento dos festivais de Verão, em Portugal. Contudo, os festivaleiros vão poder regressar já em 2021.

Fonte: MEO Marés Vivas

A pandemia provocada pela covid-19 afetou todos os setores e a música não foi exceção. Em Portugal, os tradicionais festivais de Verão, que arrastam milhares de pessoas aos seus recintos foram adiados. Contudo, as organizações não baixaram os braços e já estão confirmadas datas para 2021, bem como primeiros nomes dos cartazes.

O primeiro dos grandes nomes a chegar até ao público será o Rock in Rio. O festival, agendado, numa primeira fase, para os dias 20, 21, 27, 28 de junho deste ano, tem já data marcada para 2021: 19, 20, 26 e 27 de junho. O festival do Parque da Bela Vista, em Lisboa, já confirmou, no seu site oficial, nomes como Foo Fighters (19), Black Eyed Peas (20) e Post Malone (27). Será, então, possível replicar alguns momentos como estes:

https://www.youtube.com/watch?v=iRrvIDj80LQ

Pouco tempo depois, chega o NOS Alive. Agendado, já por tradição, para o segundo fim de semana do mês de Julho (7-10), no Passeio Marítimo de Algés, a organização já confirmou que o encerramento será feito pelos Da Weasel, que regressam aos palcos após um interregno de 11 anos.

A Norte, o MEO Marés Vivas também já anunciou as datas para 2021. Entre 16 e 18 de julho, subirão ao palco Liam Payne, Anitta, Jessie J, entre outros. O local do recinto vai continuar a ser a antiga Seca do Bacalhau, em Vila Nova de Gaia, depois de vários anos na Praia do Cabedelo.

A Zambujeira do Mar volta a ser o palco do MEO Sudoeste. O festival alentejano está agendado para agosto, entre os dias 3 e 7, e a organização já confirmou alguns nomes como Major Lazer e Bad Bunny.

Outros festivais, de menor dimensão, mas ainda com muita procura, também já têm datas marcadas para 2021. São exemplos o Super Bock Super Rock, que chega à Praia do Meco, Sesimbra, entre os dias 15 e 17 de julho e o Vodafone Paredes de Coura, agendado para agosto, entre os dias 18 e 21.

Espera-se que 2021 signifique um regresso à normalidade, contudo os festivais, à semelhança de outros espetáculos deverão ainda decorrer debaixo de algumas restrições.

Pedro Queirós