Festivais de música numa pandemia: Confirmações, cancelamentos e adiamentos

Os festivais de verão são quase uma tradição para amantes da música, nomeadamente para o público do rock e do metal. Em tempos de pandemia, fomos saber, de entre os mais aclamados festivais do género, quais se mantêm e os nomes que já confirmaram, e ainda os que continuam em hiato devido à covid-19.

SonicBlast Fest

O festival minhoto dedicado ao Stoner Rock, que se realiza tipicamente em meados de agosto, viu a sua 10ª edição cancelada devido à pandemia, sendo que não chegou a anunciar quaisquer nomes na altura. Ficou- se a saber, entretanto, que o festival histórico ia mudar de localização, e deixar de se realizar em Moledo do Minho.

No entanto, no dia 23 de novembro, foi dada a notícia de que a edição de 2021 está ainda em cima da mesa. Através de uma publicação nas redes sociais do festival, foram divulgadas os primeiros nomes, e foi ainda confirmada a mudança de recinto, que passa agora a ser a Praia da Duna do Caldeirão, em Vila Praia de Âncora. A organização promete que as condições do festival vão ser melhoradas, já que o novo recinto é mais espaçoso, permitindo também maior distanciamento entre os festivaleiros.

O cartaz conta neste momento com banda como John Garcia & The Band of Gold, All Them Witches, Causa Sui, Witch, Brant Bjork, Psycholna e Bala.

Cartaz SonicBlast 2021 (@sonicblast_fest via Instagram)

Amplifest

O festival dedicado à sonoridade Doom acontece desde 2011 no Hard Club, no Porto. A edição deste ano teve de ser cancelada, mas a Amplificasom, promotora responsável pelo festival não parou de trabalhar, e realizou ainda um concerto de Old Jerusalem no passado dia 11 de dezembro.

Não existem para já quaisquer informações acerca de uma eventual edição para 2021. No entanto, artistas como Chelsea Wolfe, Thou, Emma Ruth Rundle e muitos outros, que já são presença habitual por terras portuenses, aproveitaram o confinamento e a impossibilidade de fazer tours para lançar novos projetos. Em entrevista à Lore Magazine, os Thou confessam ter bastante vontade de apresentar o novo álbum colaborativo, “May Our Chambers Be Full”, numa próxima edição do Amplifest.

Fica em baixo o aftermovie da edição de 2019:

 

SWR Barroselas Metal Fest

Cartaz 2021 SWR Barroselas Metalfest (via @swrfest no Instagram)

Os “steel warriors” (nome pelo qual são chamados os fãs deste festival) vão ter de esperar para poderem votar a ouvir música pesada em Barroselas. A organização do festival já adiou a 23ª edição duas vezes, sendo que neste momento espera-se que venha a acontecer em 2022. Após terem sido anunciadas bandas como Autopsy, Terrorizer e MGLA, uma publicação nas redes sociais do festival informa que as bandas anteriormente confirmadas para 2021 já não vão estar presentes, e que neste momento os organizadores “vão aproveitar a oportunidade para preparar a próxima edição de forma calma e pensada”.

 

VOA Heavy Rock

O festival, que acontece no Estádio Nacional do Jamor, mantém as suas datas para 2021, após o adiamento da edição deste ano. Conta neste momento apenas com uma edição de muito sucesso, e para o próximo ano promete trazer a Portugal nomes há muito aguardados, como System of  a Down, Sepultura, Kilswitch Engage, entre outros. Está previsto realizar-se entre os dias 16 e 17 de junho de 2021, e os bilhetes já estão à venda através do site oficial.

 

Ressurectrion Fest

O festival espanhol, que é o maior do género na península ibérica, e que todos os anos atrai bastantes festivaleiros portugueses, promete voltar em 2021. Segundo a organização, o cartaz previamente anunciado mantém-se na sua maioria, tendo sido anunciadas duas novas bandas: Korn e Deftones. Os bilhetes para a edição de este ano continuam a ser válidos para a próxima edição, a realizar entre os dias 2 e 5 de julho, em Viveiro (Galiza). Apesar do adiamento, o contacto com os fãs não parou: as redes sociais do festival têm-se mantido bastante ativas, com sorteios, e partilha de memórias das edições anteriores.

Vagos Metal Fest

O festival português mais conhecido dento do género foi adiado para os dias 29 a 31 de julho de 2021. O cartaz conta neste momento com bandas como Dimmu Borgir, Testament e Kataklysm, entre outras a anunciar. Os bilhetes para a edição de 2020 continuam válidos.

Numa publicação no instragram, a organização refere-se à edição agendada para o próximo ano como o “recomeço” depois do “caos”.

 

Ana Azevedo Torres