2020: Um verão sem festivais

2020 está a ser um ano atípico, e os meses de verão não foram uma exceção. Os europeus não se divertiram tanto como é habitual nesta altura do ano, consequência do cancelamento dos festivais de verão devido à pandemia da COVID-19. 

Todos os anos, entre junho e setembro, a Europa vê os mais populares festivais acontecerem. No entanto,  a pandemia que assombra o mundo desde dezembro de 2019 veio alterar os planos e levou ao seu cancelamento. Foi esse o caso do Glastonbury, no Reino Unido, que assinalava este ano o seu 50º aniversário, tal como o Roskilde, na Dinamarca. Também o Tomorrowland foi proibido pelo governo belga, e o mesmo ocorreu com o Womad (Reino Unido), o Hellfest (França) e o Rock in Rio (Portugal).

O Tomorrowland é  o maior festival de dança do mundo, decorre em Boom na Bélgica, e abraça géneros musicais como o EDM, house, techno, hardstyle, drum and bass, trance, entre outros. A aposta do festival passa por um enorme investimento nos designs de palcos, produções e algumas surpresas fora do comum, o que faz com que, todos os anos, os bilhetes esgotem em tempo recorde e que a maioria dos fãs relate uma experiência mágica.

Em 2020, o Tomorrowland estava previsto para os dias 17 a 19 e 24 a 26 de julho, mas o surto de Covid fez adiar as datas para os dias 16 a 18 e 23 a 25 de julho de 2021. Este ano, Afrojack, David Guetta, Dimitri Vegas e Like Mike, Marshmello, Amelie Lens, Martin Garrix e outros nove artistas de renome, eram os cabeças de cartaz. Contudo, havia ainda outras dezenas de músicos que animariam os festivaleiros no recinto.

Segundo a organização do festival, as preparações para a edição de 2021 estão em andamento e é garantido que a prioridade continua a ser a saúde, bem-estar e segurança de todos. Foi também, da mesma forma, transmitido aos fãs que os bilhetes de 2020 serão válidos em 2021 e que o alinhamento poderá sofrer alterações conforme a disponibilidade dos artistas no próximo ano.

O Tomorrowland espera, de facto, voltar a celebrar o “amor, a união, e a amizade” com os fãs do festival no próximo verão, valores que tem vindo a transparecer desde sempre, até mesmo através do seu slogan: “Live Today, Love Tomorrow, Unite Forever” (“Vive Hoje, Ama Amanhã, Une-te Sempre).

 

Ana Francisca Maio