Eleições Presidenciais 2021: Ana Gomes assegura posição na corrida para Belém

Apenas a dois meses das eleições presidenciais, Ana Gomes, candidata do partido socialista, sobe 3,2% nas intenções de voto enquanto Marcelo desce. 

Ana Gomes ganha terreno nas intenções de voto, registando agora 17,2%, segundo a mais recente sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e CM, . No inquérito anterior a ex-eurodeputada detinha 14% dos votos.

Diana Tinoco

A diplomata e ex-eurodeputada anunciou a sua candidatura a 17 de maio de 2020, deixando claro que os seus objetivos na corrida a Belém regem-se puramente pelo interesse nacional. “Não me candidato contra ninguém, candidato-me pelos portugueses”, assegura a candidata às presidenciais, prometendo a defesa da igualdade e da democracia.

O atual Presidente da República, cuja recandidatura ainda não foi confirmada, apesar de deter a maioria, regista agora uma descida de menos 4 pontos percentuais do que em setembro, contando agora com 56,2% dos votos.

André Ventura, candidato do Chega e o primeiro a anunciar a candidatura em fevereiro, caiu para os 8,2%, menos um ponto percentual em relação a outubro. O candidato reforça o desejo de lutar contra a corrupção no país, prometendo romper com o “sistema”.

 

As eleições presidenciais de 2021 estão previstas para o terceiro ou quarto domingo de janeiro, dia 17 e 24, respetivamente.

Inês Cristina Gomes da Silva

Turma 1 201907554