Rock in Rio 2018: balanço geral

Um dos maiores festivais do mundo, principalmente da América Latina, que foi fundado no Brasil em 1985, se chama Rock in Rio. Presente hoje em países como Portugal e com edições passadas na Espanha e nos Estados Unidos, apresenta mais de 16 edições, com seu pico médio diário de 176 mil pessoas (no festival de 2001).

A oitava edição do festival, realizada em 2018, em Portugal, obteve um balanço positivo, com 278 mil pessoas que foram à Cidade do Rock em Lisboa e 5,8 milhões que assistiram
o evento em casa, a partir de alguma plataforma digital. Foram 4 dias de festival, 57 horas de festa e 260 performances de música e entretenimento.

As principais bandas que estiveram presentes nessa edição, especialmente no Palco Mundo, foram os britânicos do Muse, do Bastille, os americanos Bruno Mars, Katy Perry, Demi Lovato, The Killers, e os portugueses Diogo Piçarra e Xutos e Pontapés.  Confira a lista completa dos artistas de 2018 (Fonte: Music Fest).

Uma pesquisa feita presencialmente nos dias do festival, pela equipe da Marktest, com 405 pessoas, constatou que 95% do público atribui nota máxima a edição de 2018, revelando estar “Muito” ou “Muitíssimo Satisfeitos”. Inclusive 70% deles revelou que participaria de uma próxima edição.

A nova edição do Rock in Rio em Portugal, precisamente em Lisboa, será em 2020 e os bilhetes já estão a venda no site. As datas são 20, 21, 27 e 28 de Junho e as bandas confirmadas até agora são os americanos do Foo Fighters, a brasileira Ivete Sangalo e os portugueses do Xutos e Pontapés.

Terezinha Rayanna Uchoa Castro