Paredes de Coura é novamente palco do “Couraíso” em 2020

O festival Paredes de Coura vai estar de volta à praia do Tabuão nos dias 19, 20, 21 e 22 de agosto. A edição de 2020 vai ser a 28ª edição do festival que é agora um dos mais populares em Portugal.

O Paredes de Coura nasceu em 1993 e não tem parado de crescer desde aí. Tem-se assumido ao longo dos anos, juntamente com o Vilar de Mouros, como o maior festival de música do Alto Minho. Depois de mais uma edição esgotada em 2019, com nomes como The National, Father John Misty e revelações como Parcels, o “Couraíso” regressa em 2020 e tem já algumas confirmações sonantes.

Aquele que, porventura, é o nome mais esperado é Mac deMarco, cantor canadiano. O artista de Indie Rock tem vindo a crescer ao longo dos anos e o seu último álbum, Here Comes the Cowboy, lançado em maio deste ano, foi o seu primeiro a chegar ao top 10 do ranking norte-americano da Billboard 200, que faz a lista dos 200 álbuns mais populares do ano.

Foram também já confirmadas bandas como IDLES, Pixies, e The Comet is Coming. Foi ainda anunciado que o artista Yellow Days, que tinha sido confirmado para a edição de 2019 mas que cancelou à última da hora, vai mesmo atuar em 2020.

Nos últimos anos, para além do festival em si, têm sido organizados uma série de concertos nos dias que antecedem os espetáculos principais fora do recinto, intitulado de “Sobe à vila”. Como diz o nome, estes concertos têm lugar no centro da vila, com o intuito de promover a localidade que, no resto do ano, não tem grande movimento.

O Paredes de Coura, popular não só pela música mas pelo ambiente também, está de volta em 2020 e promete continuar a levar os festivaleiros ao Alto Minho.

Alexandre Matos