Caso Pavilhão Rosa Mota-Cronologia

Resultado de imagem para pavilhao super bock                                                                                                                                                     Foto: Record 

No mês de Outubro, o Pavilhão Rosa Mota foi reinaugurado após obras de recuperação do edifício que se encontrava deteriorado. A sua inauguração viu-se envolta em polémica devido à alteração do nome para “Super Bock Arena- Pavilhão Rosa Mota”. Esta alteração resultou na insatisfação da atleta.

27 de Outubro: No dia anterior à inauguração, a Câmara municipal do Porto lança um comunicado onde garante que o nome Rosa Mota se vai manter sem descorar o “uso comercial”. Segundo o comunicado a atleta recebeu as informações e concordou com as mesmas.

28 de Outubro (12:02h): inauguração do pavilhão, à qual a atleta Rosa Mota não compareceu por se sentir “enganada” pela mudança do nome do pavilhão. Afirma sentir-se “desapontada” com o presidente da Câmara por não ter valorizado o seu nome em relação à marca Super Bock. Numa carta ao presidente mostra o seu desagrado e desconhecimento em relação ao nome do pavilhão.

29 de Outubro: (11:49h) após a polémica ao redor do nome do pavilhão o ex-treinador da atleta e atual companheiro, afirma estar a preparar-se para defender o nome do pavilhão.  O PS, PSD, CDU e Bloco de Esquerda mostram o seu descontentamento em relação à desvalorização do nome da atleta em prol da marca de bebidas alcoólicas.

O presidente da Câmara, Rui Moreira, não se mostrou incomodado pela polémica, que se debateu sobre o nome, e afirma ainda que o problema está no logo ao qual a “autarquia não tem meios, nem recursos para se opor.”

(7:56) Rui Moreira é acusado de ceder aos “interesses financeiros de um grupo privado” em detrimento do interesse público.

30 de Outubro: (22:02h) Rosa Mota afirma, várias vezes, se sentir incomoda por ver o seu nome associado a uma marca de bebidas alcoólicas, no entanto, é confrade de cerveja desde 2008. 

(12:24h) O músico Pedro Abrunhosa fala sobre a escolha do nome, afirmando que compreende que a empresa que investiu queira aproveitar o seu investimento mas reforça que a Rosa Mota é “património internacional” e o seu nome deveria ter o mesmo destaque que o nome da marca.

31 de Outubro (16:00h): Ornatos Violeta inauguram o palco do renovado “Super Bock Arena- Pavilhão Rosa Mota”.

5 de Novembro (6:46h): Após a polémica ao redor do nome do Pavilhão, o CDU propôs em assembleia nacional a alteração do nome para “Rosa Mota Super Bock Arena” no entanto a proposta foi chumbada. 

 

Mariana Marques