Caso Pavilhão Rosa Mota: Cronologia

O antigo Pavilhão Rosa Mota, no Porto, foi inaugurado em outubro, com o nome de “Super Bock Arena- Pavilhão Rosa Mota”. A nova designação está envolta em polémica pela associação do nome da ex-atleta a uma marca de bebidas alcoólicas.

28.11.2008-Rosa Mota é condecorada Confrade da Cerveja.

27.10.2019– Câmara do Porto mantém nome do Pavilhão Rosa Mota. Em comunicado, a Câmara do Porto, esclarece que, apesar da atribuição do nome a um patrocinador, o Pavilhão Rosa Mota manterá o nome da atleta. A autarquia anuncia ainda que, pela primeira vez, o nome da atleta fica ainda “inscrito sobre a entrada principal do pavilhão” e em vários locais do seu interior.

28.10.2019 (11:01) – Rosa Mota falha inauguração do Super Bock Arena- Pavilhão Rosa Mota, como protesto de ver associado o seu nome a uma marca de bebidas alcoólicas. Numa carta enviada à Câmara do Porto, citada pela TSF, a atleta diz sentir-se “enganada”, alegando que está a ser dado destaque à marca de cerveja, em detrimento do seu nome, situação oposta à que havia sido acordada previamente.

– 17:42 – Rui Moreira desvaloriza polémica da alteração do nome do Pavilhão Rosa Mota. No discurso de inauguração do pavilhão o presidente da Câmara do Porto lembra que muito antes de a cidade ser conhecida pela sua ligação ao Futebol Clube do Porto ou aos músicos portuenses, estava internacionalmente ligada ao vinho. associada ao vinho

– 19:17Bloco de Esquerda mostra-se contra a alteração do nome do Pavilhão Rosa Mota e pede debate sobre o tema à Câmara do Porto, com o objetivo de reverter a situação e devolver o Pavilhão à esfera pública.

30.10.2019 (15:56)– Carlos César, ex-líder da bancada parlamentar socialista mostra-se contra a alteração do nome do Pavilhão Rosa Mota. Para o socialista trata-se de desvalorizar o esforço de uma pessoa, para fins comerciais. No programa “Almoços Grátis” da TSF, Carlos César lança mesmo a questão: “Por que boa razão vamos ter uma cerveja com letras grandes e uma heroína com letras pequenas?”.

-19:41– Manuela Melo, ex- vereadora da Cultura da Câmara do Porto mostra-se contra a alteração do nome do antigo Pavilhão Rosa Mota. Numa carta enviada à autarquia portuense, citada pelo Público, a ex-vereadora anuncia a saída da Comissão Toponímia da cidade, apresentando como motivo o “desrespeito” da autarquia para com um símbolo da cidade.

-22:02– Rosa Mota rejeita a associação do seu nome a uma marca de bebidas alcoólicas. Segundo a SIC Notícias, a ex-atleta é confrade da cerveja desde 2008.

4.11.2019 (06:46)- Assembleia Municipal chumba proposta da CDU para alteração do nome do renovado Super Bock Arena- Pavilhão Rosa Mota. Segundo a TSF, a proposta foi chumbada com 22 votos contra do partido “Porto, o nosso Partido” e do PSD. BE mostra-se a favor.

Isabel Ribeiro