Legislativas 2019: PSD mais perto do PS

Image result for legislativas 2019

O Partido Socialista está mais longe da maioria absoluta (36%) e o Partido Social-Democrata continua a subir (28,5%), segundo a sondagem desta terça feira da Pitagórica para o JN, TSF e TVI.

Desde o início das sondagens diárias da Pitagórica , as intenções de voto no partido liderado por António Costa têm descido. De segunda para terça-feira caíram 1,6 pontos percentuais, estando agora nos 36%, mais 3,69 pontos percentuais do que o resultado obtido nas legislativas de 2015 (32,31%)

Pelo contrário, a subida tem sido uma tendência para o partido de Rui Rio, embora mais reduzida se comparada com a descida do PS (0,8 pontos percentuais).  Se as eleições fossem hoje, o PSD teria 28,5% dos votos, menos 8,36 pontos percentuais do que em 2015 em coligação com o CDS (36,86%).

Segundo as sondagens da Pitagórica, o Bloco de Esquerda solidifica-se como terceira força política com 10,5% nas intenções de voto. Assim, Catarina Martins consegue aumentar ligeiramente o resultado obtido nas eleições de 2015 (10,19%).

Em quarto lugar surge a CDU com 6,8%, um resultado mais modesto quando comparado com 2015 (8,25%). De segunda para terça-feira, a coligação encabeçada por Jerónimo de Sousa desceu 0,8 pontos percentuais.

O CDS-PP está em quinto lugar com 4,4%. As intenções de voto no partido de Assunção Cristas têm caído desde o início das sondagens da Pitagórica.

O PAN está muito próximo do CDS com as intenções de voto a situarem-se nos 3,7%. Se assim for, o partido de André Silva alcança um melhor resultado face às eleições de 2015 (1,39%).

Relativamente aos partidos sem assento parlamentar  é possível notar diferenças na trajetória dos dois novos partidos de centro-direita.  A Iniciativa Liberal, partido de Carlos Guimarães Pinto, tem 1,2% e o Aliança de Pedro Santana Lopes tem 0,5%. Também o partido de André Ventura, Chega, apresenta 0,5% nas intenções de voto. Já à esquerda, o Livre de Rui Tavares alcança os 0,9%.

Toda a informação oficial sobre as eleições legislativas pode ser consultada aqui.

A Pitagórica recolheu diariamente no total de quatro dias (20 a 23 de setembro de 2019) uma amostra de 600 entrevistados e o resultado obtido tem um intervalo de confiança de 95,5%. Durante os quatro dias foram realizadas 150 entrevistas, uma sub-amostra que representa o universo eleitoral português. As entrevistas foram feitas através de chamadas telefónicas.

 

Daniela Oliveira