Legislativas 2019: PS afasta-se da maioria absoluta

Os 7,5 pontos percentuais que afastam os dois principais partidos políticos (PS E PSD) sobressaem na sondagem diária da Pitagórica.

Contrariamente ao partido de António Costa, o PSD mantém a sua subida desde o início da apresentação das sondagens. O PSD, por sua vez, tem vindo a diminuir a percentagem de intenções de voto.

 

Ainda assim é o PS que se mantém  na liderança dos votos com um total de 36%, seguindo-se dos 28,5% do PSD. Em terceiro lugar encontra-se o Bloco de Esquerda na escolha dos portugueses com uma percentagem de 10,5%, tendo vindo a notar-se uma subida nos últimos dias.

Além destes partidos, são ainda candidatos: CDS-PP, CDU, PAN, Aliança, Chega, Iniciativa Liberal, PNR, PDR, PCTP-MRPP, PPM, PTP, Livre, RIR, MPT, PURP, Nós, Cidadãos!, MAS, JPP. Entre eles, existe apenas uma coligação (Coligação Democrática Unitária) entre o PCP e o PEV.

A realização desta sondagem consistiu na recolha diária, entre os dias 20 a 23 de setembro de 2019, de entrevistas representativas feitas pela Pitagórica para a TVI, TSF e JN. A amostra desta pesquisa contém 600 indivíduos, selecionados de forma aleatória, através dos seus números de telemóvel mantendo a proporção dos três principais operadores. O objetivo do estudo é avaliar a opinião dos Portugueses sobre as eleições. A taxa de resposta aos inquéritos foi de 60, 61%.

Em semelhança com o ano de 2015, os três principais partidos (PS, PSD e BE) mantêm-se na liderança. Pelo contrário, nesse ano, foi a Coligação PPD/PSD.CDS-PP que venceu as eleições. O PS assumiu o segundo lugar.

 

Inês Pinho