Legislativas 2019/Porto: Iniciativa Liberal quer eleger pelo menos um deputado

Fundado em 2017, o partido liderado por Carlos Guimarães Pinto participa pela primeira vez em eleições legislativas e pretende conseguir já um assento parlamentar.

Depois da participação nas eleições europeias em maio e nas legislativas na Madeira, o partido Iniciativa Liberal prepara a sua estreia em eleições legislativas nacionais com o objetivo de eleger pelo menos um deputado para a Assembleia da República.

No Porto, círculo eleitoral que em 2019 vai eleger 40 deputados, mais um que em 2015, a lista do partido é encabeçada pelo seu líder, o economista Carlos Guimarães Pinto, que em declarações RTP afirmou que a introdução “de uma voz liberal” na Assembleia da República vai trazer uma “oposição ideológica ao consenso socialista que existe hoje”.

Sob o lema de “Mais Liberdade”, a Iniciativa Liberal conta no seu programa eleitoral com várias propostas que pretendem retirar o peso do Estado na economia, onde se incluem a privatização de empresas como a TAP, a Caixa Geral de Depósitos e a RTP, bem como uma maior liberalização do mercado laboral.

Para além disso, o partido aposta também na descentralização, no combate ao nepotismo e corrupção, numa taxa única de IRS e na defesa de ADSE para todos, tal como se pode ler no seu website oficial.

Atualmente, na sondagem diária feita pela Pitagórica para a TVI, Jornal de Notícias e TSF, a Iniciativa Liberal apresenta uma intenção de voto de 1,0%.

 

 

Pedro Marques dos Santos