Sting é a primeira confirmação do MEO Marés Vivas de 2019

O músico britânico é o primeiro nome de peso para o festival de Vila Nova de Gaia. Sting vai ter a honra de encerrar o festival no dia 21 de julho.

O nome histórico anunciado para o cartaz de 2019 dispensa apresentações. O músico regressa a um local que bem conhece, perto da praia do Cabedelo, tendo atuado no MEO Marés Vivas em 2017.

O anúncio chegou pelo Instagram do festival, depois de terem anunciado durante a semana passada que iriam revelar o primeiro nome do cartaz. O nome do cantor britânico já é conhecido por Portugal, uma vez que já tocou no nosso país dez vezes, duas vezes enquanto membro da banda The Police.

A presença de Sting no festival insere-se numa digressão que o músico vai fazer pela Europa no verão de 2019, com o nome Sting: My Songs. Com este espetáculo são esperadas algumas das canções mais célebres dos The Police, o trio formado em 1977, onde Sting foi o principal cantor, compositor e baixista.

Já na sua carreira a solo, o músico inglês já editou mais de dez discos de originais e, entre os temas mais conhecidos, estão Englishman in New York e If I ever lose my faith in you. Após o grande sucesso do primeiro disco rock em treze anos de músico, 57th & 9th, Sting lançou o ano passado em colaboração com o cantor de música reggae jamaicano, Shaggy, o álbum 48/776.

A 13º edição do festival MEO Marés Vivas acontece de 19 a 21 de julho na Antiga Seca do Bacalhau, em Gaia, após a mudança feita em 2018.

Os bilhetes começam a ser vendidos já esta semana e o preços dos bilhetes vai ser reduzido, devido à diminuição do IVA na cultura imposta pelo Orçamento de Estado para 2019. Sendo assim, estima-se que o preço do passe geral baixe de 65€ para 61€ e o bilhete diário de 35€ para 33€.

 

Ana Rita Graça