Autárquicas Porto: sondagem aponta para empate técnico

Rui Moreira e Manuel Pizarro encontram-se empatados com 34% das intenções de voto para a Câmara do Porto, segundo a sondagem da Católica para Antena 1/RTP divulgada hoje.

Segundo estes resultados, não há uma maioria absoluta, pelo que a vitória na corrida à Câmara deverá ser discutida entre o movimento “O Nosso Partido é o Porto” de Rui Moreira (apoiado pelo CDS-PP e PPM) e o PS, de Manuel Pizarro. A Universidade Católica aponta para 5 a 6 mandatos para cada um.

Álvaro Almeida, candidato pelo PSD, recebeu 9% das intenções de voto, seguido da candidata da CDU, Ilda Figueiredo, com 8% e de João Teixeira Lopes do Bloco de Esquerda, com 7%. Bebiana Cunha, candidata pelo PAN, obteve um valor de 2% na sondagem, não sendo espectável que obtenha qualquer mandato. O mesmo cenário é esperado para os restantes candidatos à Câmara, José Costa Pereira, do PTP, Orlando Cruz, candidato pelo PPV/CDC, e Sandra Martins, do PNR.

O estudo feito salienta que não é possível apontar um valor para a abstenção através das respostas obtidas, mas prevê que seja de 10%.

O Jornal de Notícias já tinha divulgado, na passada sexta-feira, uns resultados do mesmo Centro de Sondagens, semelhantes aos que saíram hoje.

Os resultados das sondagens da Católica são bastante diferentes dos dados da Aximage apresentados pelo Correio da Manhã, também na sexta-feira. Esta sondagem aponta para uma diferença de 19 pontos percentuais entre o atual Presidente da Câmara e o candidato socialista.

O estudo da Aximage atribui a vitória ao independente Rui Moreira com 39,9% das preferências e o segundo lugar ao ex-vereador da Habitação e Ação Social do atual mandato, Manuel Pizarro, com 20,8%. Os restantes candidatos têm resultados semelhantes aos da sondagem da Universidade Católica Portuguesa.

Rodrigo Salazar Oliveira