Covilhã recebe 3º Congresso de Jornalismo para dispositivos móveis

O 3º Congresso Internacional de Jornalismo e Dispositivos Móveis volta para a sua terceira edição à Universidade da Beira Interior (UBI), nos dias 22 e 23 de novembro.

A sessão de abertura vai ser realizada pelo Presidente da Faculdade de Artes e Letras, Paulo Serra, e por Ramón Salaverría, diretor do Center for Internet Studies and Digital Life e professor de jornalismo da Universidade de Navarra (Espanha), de acordo com o programa oficial. 

As formas de distribuição de conteúdos para dispositivos móveis, os modelos de negócio para o jornalismo móvel, as novas linguagens e novos formatos jornalísticos ou os dispositivos móveis como ferramentas de produção são apenas alguns dos temas abordados em mesas de jornalistas. Deste leque, destacam-se nomes como Alexandre Brito, subdiretor de Informação da RTP, e Diogo Queiroz Andrade, fundador do Observador e diretor adjunto do jornal Público.

“As restrições espaciais e temporais que sempre afetaram o jornalismo têm vindo a perder importância graças à digitalização e à emergência dos novos meios como a Internet e, mais recentemente, os dispositivos móveis”, adianta a organização do evento.

A sessão de encerramento será liderada por João Correia, Diretor do Labcom.IFP, e Eduardo Pellanda Professor de graduação e pós-graduação da Famecos-PUCRS ( Porto Alegre, Brasil).

A participação neste congresso é grátis, embora com inscrição obrigatória, mas quem apresenta papers tem de pagar 50€.

Todos os prazos, preços e normas podem ser consultados aqui. Atente-se que na mesma semana, nos dias 24 e 25, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto vai realizar-se o V Congresso Internacional de Ciberjornalismo com o tema “Ciberjornalistas 3.0”.

César Castro T4