Covilhã recebe o terceiro congresso de jornalismo para dispositivos móveis

O congresso de jornalismo para dispositivos móveis volta à Universidade da Beira Interior, para a sua terceira edição. No evento que decorre nos dias 22 e 23 de novembro vão ser debatidas propostas que abram novas perspetivas ao jornalismo móvel.

O Congresso de Jornalismo e Dispositivos Móveis (JDM) convidou os interessados, a participarem com trabalhos, que serão apresentados nos dois dias do evento. Na terceira edição existem quatro grupos de trabalho, sendo aprovados cinco trabalhos por mesa. Os temas são: “Formas de distribuição de conteúdos para dispositivos móveis”, “Modelos de negócio para o jornalismo móvel”, “Novas linguagens e novos formatos jornalísticos” e “Os dispositivos móveis como ferramentas de produção”.

Na terceira edição do JDM marcam presença nomes conceituados do jornalismo como Ramón Salaverría, professor na Universidade de Navarra, Alexandre Brito, subdiretor de informação da RTP, Diogo Queiroz Andrade, fundador do Observador, Miguel Martins, professor na Universidade Autónoma de Lisboa e Rui Ferreira, diretor-editorial do Future Behind, uma publicação especializada em novas tecnologias. A conferência de encerramento está a cargo de Eduardo Pellanda.

O evento conta também com três workshops na área do jornalismo móvel, com os temas: “Produção de conteúdos para Tablets”,  “Criação e Aprendizagem da plataforma App Inventor (MIT) para jornalismo” e “Vídeo para Dispositivos Móveis”. A participação no congresso é grátis mas os workshops são pagos e têm inscrições limitadas.

O JDM decorre nos dias 22 e 23 de novembro, dias antes do #5COBCIBER, o congresso internacional de jornalismo que acontece nos dias 24 e 25 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

João Gonçalo Silva