Arquivo mensal: Setembro 2016

U.Porto recebe V Congresso Internacional de Ciberjornalismo

A Faculdade de Letras da Universidade do Porto vai receber professores e ciberjornalistas para o V Congresso Internacional de Ciberjornalismo, nos dias 25 e 26 de novembro.

Este ano sobre a temática “Ciberjornalistas 3.0” – isto é os “ciberjornalistas dos dias de hoje” – o Congresso Internacional conta já com a presença de alguns nomes sonantes no mundo do Ciberjornalismo. É o caso de Mark Deuze, professor na Universidade de Amesterdão (Holanda); Suzana Barbosa, pertencente à Universidade Federal da Bahía (Brasil); María Bella Palomo Torres, da Universidade de Málaga (Espanha); Millan Berzosa, da Universidade Francisco de Vitoria (Espanha) e Fernando Zamith e Hélder Bastos, professores da Universidade do Porto.

Além disso, o programa inclui um debate com Ana Pinto Martinho (Observatório Europeu de Jornalismo / ISCTE), Catarina Santos (Rádio Renascença), Daniel Catalão (RTP) e João Pedro Pereira (Público).

Vão ser dois dias de conferências, desafios e debates com profissionais internacionais, na mesma semana em que a Universidade da Beira interior recebe o 3º Congresso de Jornalismo para Dispositivos Móveis.

A primeira fase de inscrições termina na sexta-feira e têm um valor de 10€ para estudantes e 40€ para os restantes participantes.

 

Mariana Azevedo

Porto recebe o V Congresso Internacional de Ciberjornalismo

A quinta edição do Congresso Internacional de Ciberjornalismo realiza-se nos dias 24 e 25 de novembro na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e este ano conta com o tema “Ciberjornalistas 3.0”.

O #5COBCIBER é uma iniciativa do Observatório do Ciberjornalismo que permite o debate e a reflexão entre profissionais da área do jornalismo online. No Congresso, que se realiza de dois em dois anos, vão estar presentes Ana Pinto Martinho (Observatório Europeu de Jornalismo / ISCTE), Catarina Santos (Rádio Renascença), Daniel Catalão (RTP) e João Pedro Pereira (Público) a debater sobre temas como a utilização de robôs na produção de notícias.

María Bella Palomo Torres (Professora de Jornalismo na Universidade de Málaga), Millán Berzosa (Professor de ciberjornalismo na Universidade Francisco de Vitoria de Madrid), Mark Deuze (Professor de Jornalismo na Universidade de Amesterdão) e Suzana Barbosa (Mestre e Doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia) também confirmaram a presença no evento que a FLUP vai acolher.

Nos dias 24 e 25 de novembro académicos, professores e estudantes vão ter a oportunidade de partilhar experiências acerca do “Ciberjornalismo 3.0”. O evento organizado pelo Observatório de Jornalismo junta-se ao Congresso de Jornalismo para Dispositivos Móveis que se realiza a 22 e 23 de novembro na Covilhã.

(Notícia atualizada em 18/10/2016)

Filipe Rodrigues Ferreira

 

Universidade do Porto recebe o quinto congresso internacional de ciberjornalismo

O congresso internacional de ciberjornalismo está de volta à Faculdade de Letras da Universidade do Porto, para a sua quinta edição. O evento tem lugar no Salão Nobre da FLUP, nos dias 24 e 25 de novembro do presente ano. O tema desta edição é: “Ciberjornalistas 3.0”.

O #5COBCIBER é uma iniciativa do Observatório do Ciberjornalismo e congrega alguns dos maiores nomes do ciberjornalismo internacional e nacional. Estão confirmados nomes como Mark Deuze, que participa na cerimónia de abertura, Suzana Barbosa, María Bella Palomo e Millán Berzosa.

A organização do evento convidou os investigadores interessados a remeter propostas de comunicações a apresentar no Congresso e contou com 67 participações, provenientes sobretudo de Portugal, Brasil e Espanha. As propostas foram avaliadas por parte da Comissão Científica.

O programa do V Congresso Internacional de Ciberjornalismo conta também com um painel de profissionais do setor. Esta é uma componente habitual dos congressos organizados pelo Observatório de Ciberjornalismo, que procura reunir não só académicos, como também profissionais. Estão confirmados Ana Pinto Martinho (Observatório Europeu de Jornalismo / ISCTE), Catarina Santos (Rádio Renascença), Daniel Catalão (RTP) e João Pedro Pereira (Público).

O debate em torno do tema “Ciberjornalistas 3.0” tem lugar nos dias 24 e 25 de novembro e decorre após o congresso de jornalismo para dispositivos móveis, que tem lugar na Covilhã, nos dias 22 e 23.

(Notícia atualizada em 18/10/2016)

João Gonçalo Silva

Quinto congresso internacional de ciberjornalismo no Porto

Robôs a produzir notícias? As redes sociais como fontes de informação? São algumas das propostas que vão ser discutidas nos dias 24 e 25 de novembro, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP).

#5COBCIBER vai colocar a debate o tema “Ciberjornalistas 3.0” e vai contar com um painel de profissionais da área. Para além das diversas comunicações, vão ser entregues os Prémios de Ciberjornalismo 2016.

Estão também confirmadas as presenças de Ana Pinto Martinho, editora online do Observatório Europeu de Jornalismo, Catarina Santos, jornalista na Rádio Renascença, Daniel Catalão, pivô na RTP, e João Pedro Pereira, jornalista no jornal Público.

O Observatório de Ciberjornalismo (OBCIBER) organiza o congresso de dois em dois anos e procura reunir não só académicos, como também profissionais na área do ciberjornalismo. A primeira fase de inscrições termina a 30 de setembro.

Na mesma semana, a Universidade da Beira Interior vai receber o III Congresso de Jornalismo e Dispositivos Móveis, nos dias 22 e 23 de novembro.

O congresso pode ser acompanhado pelo Twitter do OBCIBER, através da hashtag #5COBCIBER.

Tags: Ciberjornalismo, FLUP, COBCIBER, OBCIBER.

Atualizado em 18/10/2016

 

André Ferrão

 

 

 

 

 

Universidade do Porto recebe V Congresso Internacional de Ciberjornalismo

Nos dias 24 e 25 de novembro a Faculdade de Letras da Universidade do Porto vai abrir as portas ao #5COBCIBER. “Ciberjornalistas 3.0” é o tema escolhido para o debate, que recebeu um total de 67 propostas de comunicação.

Numa era que desafia a cibermédia  e os ciberjornalistas, a FLUP é espaço de reflexão e debate de várias temáticas da era digital, num congresso que junta académicos, profissionais da área e estudantes.

O congresso vai contar com oradores nacionais e internacionais. No primeiro dia, o painel é composto por Mark Deuze (Professor de Media Studies na Universidade de Amesterdão), Hélder Bastos (Professor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto)  e Suzana Barbosa (Professora da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia).

No segundo dia as conferências estarão a cargo de María Bella Palomo Torres (Professora de Jornalismo na Universidade de Málaga), Fernando Zamith (Professor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto) e Millan Berzosa (Professor de ciberjornalismo na Universidade Francisco de Vitoria de Madrid e representante de Google News Lab para Espanha e Portugal).

Ana Pinto Martinho (Observatório Europeu de Jornalismo / ISCTE), Catarina Santos (Rádio Renascença), Daniel Catalão (RTP) e João Pedro Pereira (Público) vão debater o tema “Ciberjornalistas 3.0” com a audiência, composta por profissionais da área e estudantes.

O congresso é organizado de dois em dois anos pelo Observatório de Ciberjornalismo, em parceria com a Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) e o Centro de Estudos de Tecnologias e Ciências da Comunicação (CETAC.MEDIA).

As inscrições têm o preço de 10€ para estudantes e 40€ para outros participantes, até dia 30 de setembro. Após esta data, as inscrições aumentam para 20€ e 60€, respetivamente.

Na mesma semana realiza-se na Universidade da Beira Interior, na Covilhã, o 3º congresso de Jornalismo e Dispositivos Móveis. As inscrições para este encontro ainda estão a decorrer.

 

Lara Lopes | Mariana Durães | Atualizado em 18 outubro 2016 (acrescentada a referência ao congresso na Covilhã)

V Congresso Internacional de Ciberjornalismo na U.Porto

O V Congresso Internacional de Ciberjornalismo vai ter lugar na Faculdade de Letras da Universidade do Porto nos dias 24 e 25 de novembro.

A organização deste congresso está a cargo do Observatório do Ciberjornalismo (ObCiber)  com a colaboração do Centro de estudos das Tecnologias e Ciências da Comunicação (CETAC.MEDIA) e da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP).

Com o tema principal “Ciberjornalistas 3.0” ou os “ciberjornalistas dos dias de hoje” estão confirmadas as presenças de seis conferencistas, Mark Deuze da Universidade de Amesterdão, Helder Bastos e Fernando Zamith da Universidade do Porto, Suzana Barbosa da Universidade Federal da Bahía, María Bella Palomo Torres da Universidade de Málaga e Millan Berzosa da Universidade Francisco de Vitoria, Espanha.

Para além das conferências existem ainda cinco momentos destinados à apresentação de comunicações propostas por investigadores da área e um momento de debate sobre o tema principal do congresso. Para o debate marcam presença quatro jornalistas, Ana Pinto Martinho do Observatório Europeu de Jornalismo, Catarina Santos da Rádio Renascença, Daniel Catalão da RTP e João Pedro Pereira do Público.

As inscrições realizam-se através deste portal. Até sexta feira o preço para estudantes é de 10 euros e para o público geral é de 40 euros, passando para 20 e 60 euros respetivamente após esta data.

Este congresso realiza-se na mesma semana que o 3º Congresso de Jornalismo e Dispositivos Móveis.

Alexandra Paiva Oliveira

Congresso Internacional de Ciberjornalismo de volta ao Porto

O 5º congresso internacional de ciberjornalismo vai decorrer de 24 a 25 de novembro de 2016, na Faculdade de Letras e Universidade do Porto.

Estão confirmados Ana Pinto Martinho (Observatório Europeu de Jornalismo / ISCTE), Catarina Santos (Rádio Renascença), Daniel Catalão (RTP) e João Pedro Pereira (Público).

Está confirmada também a presença de Millán Berzosa, professor de ciberjornalismo na Universidade Francisco de Vitoria de Madrid e representante da Google News Lab para Espanha e Portugal, assim como María Bella Palomo Torres, professora de Jornalismo na Universidade de Málaga.

A utilização de robôs na produção de notícias, a replicação, a picagem entre meios concorrentes e os automatismos (feeds do meio tradicional, de agências noticiosas e para redes sociais e aplicações móveis) são algumas das práticas de ausência de produção própria diferenciada que serão discutidas no painel.

Durante o primeiro dia, 24 de novembro, vai realizar-se  a entrega dos Prémios de Ciberjornalismo 2016, por volta das 18h00.

Até agora a organização do V Congresso Internacional de Ciberjornalismo recebeu um total de 67 propostas de comunicação, provenientes sobretudo de Portugal, Brasil e Espanha.

As inscrições no #5COBCIBER podem ser elaboradas através da página oficial do congresso.

 

 

Beatriz Carvalheira

Congresso de Ciberjornalismo regressa ao Porto

Ainda está aberta a primeira fase de inscrições para o 5º Congresso Internacional de Ciberjornalismo, que se vai realizar nos dias 24 e 25 de novembro na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

A primeira fase de inscrições, que permite aos interessados beneficiar de preços mais baixos, acaba dia 30 de setembro. A segunda fase acaba dia 18 de novembro.

O congresso deste ano, que tem como tema “Ciberjornalistas 3.0”, já tem programa definido. Na conferência de abertura vai estar presente Mark Deuze, professor de Media Studies, com especialidade em Jornalismo, na Universidade de Amesterdão, Holanda. O congresso deste ano conta, no dia 24, com a presença de Suzana Barbosa (Universidade Federal da Bahía, Brasil), Helder Bastos (Universidade do Porto, Portugal) entre outros.

Este ano será celebrada a 9ª Edição dos Prémios de Ciberjornalismo.

No dia 25 de novembro, último dia do congresso, os oradores são María Bella Palomo Torres (Universidade de Málaga, Espanha), Fernando Zamith (Universidade do Porto, Portugal) e Millan Berzosa (Universidade Francisco de Vitoria, Espanha / Google News Lab).

Este congresso organizado pelo Observatório de Ciberjornalismo procura, de dois em dois anos, reunir não só académicos, como também profissionais da área.

Nos dias 22 e 23 de novembro decorre o 3º Congresso de Jornalismo e Dispositivos Móveis na Universidade da Beira Interior.

Margarida Ribeiro

 

Porto: V Congresso de Ciberjornalismo

O V Congresso Internacional de Ciberjornalismo vai decorrer nos dias 24 e 25 de Novembro na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. A primeira fase de inscrição, a preços mais baixos, termina na sexta-feira.

“Ciberjornalistas 3.0” é o tema escolhido para esta quinta edição (#5COBCIBER) do Congresso de Ciberjornalismo, que contará com a participação de um vasto painel de profissionais do setor.

Ana Pinto Martinho (Observatório Europeu de Jornalismo / ISCTE), Catarina Santos (Rádio Renascença), Daniel Catalão (RTP) e João Pedro Pereira (Público) são alguns dos nomes já confirmados.

Millán Berzosa, María Bella Palomo Torres, Suzana Barbosa, Mark Deuze fazem também parte do vasto leque de personalidades que marcarão presença no evento.

A primeira fase de inscrição termina a 30 de Setembro e conta com preços mais baixos. Esta iniciativa do observatório do Ciberjornalismo pretende ser um espaço privilegiado para a reflexão e o debate, numa altura em que os desafios são cada vez maiores para os cibermédia e para os profissionais que para eles trabalham.

 

Ana Sofia Brito

 

Cidade do Porto recebe o V Congresso Internacional de Ciberjornalismo

A conferência de Ciberjornalismo está de volta à Invicta para a sua 5ª edição que se realiza entre os dias 24 e 25 de Novembro na Faculdade de Letras da Universidade do porto.

O debate envolta do tema “Ciberjornalistas 3.0”  conta não só com a participação de vários investigadores mas também de profissionais do setor, àqueles que trabalham diariamente para os cibermedia. Nomes como Ana Pinto Martinho, (Observatório Europeu de Jornalismo / ISCTE) e João Pedro Pereira (Público) estão confirmados.

A FLUP será a anfitriã deste Congresso que prima por um componente habitual deste tipo de projeto organizado pelo Observatório de CiberJornalismo: uma oportunidade rara de ir da teoria à prática e vice-versa, por intermédio da investigação, partilha de experiências e práticas, da reflexão e do diálogo.

As inscrições contam com uma 1ª e 2ª fase, sendo a 1ª fase apenas até dia 30 de setembro, e a 2ª dia 18 de Novembro. Respetivamente às diferentes fases: estudantes: 10 euros (20 euros), outros participantes: 40 euros (60 euros) Para formalizar a inscrição no #5COBCIBER, é necessário seguir este link

Raquel Sá