Arquivo mensal: Outubro 2014

Revista de imprensa – 3 de outubro de 2014 (Vânia Pimenta)

A manhã de sexta-feira acordou na imprensa nacional com um visível destaque ao caso da família Espiríto Santo. O caso BES domina o espaço mediático dos jornais portugueses.

Correio da Manha

“Perdão fiscal limpa luvas do clã  – Família repatria milhões dos submarinos”, esta é a manchete do Correio da Manhã, que traz de novo à primeira página o caso do BES. A notícia aparece logo no início da página a letras garrafais juntamente com a foto de Ricardo Salgado. É visível o destaque ao caso da família Espírito Santo e dos submarinos pois aparece a vermelho. “Duplo de Hollywood morre em Lisboa: queda de 16 metros fatal para jovem norte-americano.”, acompanhado da maior fotografia presente na capa do jornal esta é a notícia central na primeira página. O jornal Correio da Manhã títula também: “ Juízes criticam caos do Citius”. Destaque ainda nesta primeira página “Rendas comerciais mais protegidas contra aumentos”, título que é acompanhado da fotografia da Ministra da Justiça. “Luz mais barata para 500 mil famílias” e “Críticas a Jesus por derrotas na Champions” são  outros títulos do Correio da Manhã.

Jornal de Notícias

O Jornal de Notícias atribui especial enfoque ao título “Vacina da Tubercolose de Novo em Rutura” que aparece logo no inicio da primeira página com o maior tamanho de letra visível. Destaca ainda a condenação de um recluso que “Esfaqueou e Queimou Ex-Companheira por ciúme”. O JN abre com este título acompanhado de uma imagem que regista o momento em que o recluso é levado pela polícia. Destaque ainda para “Eletricidade fica mais barata para 500 mil pessoas”, este título aparece logo no início da capa com foto de um candeeiro que é uma das fotos maiores da primeira página. O JN realça ainda as notícias de desporto: “Dragão ou leão : um deles sai logo na 3ª eliminatória” e “O pior arranque de sempre do Benfica”. As notícias desportivas aparecem numa caixa de texto cor de laranja que se destaque dos restantes elementos que compõem a capa do JN.

Público

O Público abre hoje com o título “Imóveis do BES estão num limbo que impede Novo Banco de os vender”. Destaque nesta primeira página para a entrevista da secção ípslon: “Taty Almeida procura filho desaparecido na Argentina há 40 anos” que surge com a maior foto presente na capa do público. “Ciência – A sida nasceu em Kinshasa nos anos 1920 e espalhou-se pelo mundo de comboio e de barco”, título que se encontra destacado a amarelo.

Diário de Notícias

O DN notícia com elevado destaque nesta manha de sexta a “Entrevista a Roberto Saviano que vive sob ameaça de morte”, título este que ocupa grande parte da capa do DN acompanhado com a fotografia do jornalista. “Paula Teixeira da Cruz chama especialista do governo PS para salvar Citius” é a principal notícia em destaque neste jornal.  Outro título do DN é “Reportagem: há casados, divorciados, juntos e gays na nova família católica”.

i

O jornal i abre com a notícia “Ricardo Salgado recusou explicar à família os 14 milhões que recebeu de empreiteiro” que aparece com uma fotografia de Ricardo Salgado que ocupa praticamente toda a primeira página. “Estes é que são os donos disto tudo: Guo Guangcheng (Fidelidade), Wang Li (EDP), Guangchao Zhu (REN). Chineses: BES e portos são as compras que se seguem”, é um título que o i destaca. Este título aparece dentro de uma caixa de texto cor de rosa choque. “Contabilidade da ONG ligada à Tecnoforma, a que o i teve acesso, não permite desvendar o mistério das despesas de Passos Coelho”, aparece destacado sob um fundo (caixa de texto) amarelo.

Destak

“Luz fica mais barata para 500 mil lares” é o titulo destacado pelo jornal Destak, aparecendo em letras garrafais. Outra notícia é destacada pela fotografia que ocupa grande parte da primeira página do jornal, ao lado esquerdo do título acima indicado, que contudo não está relacionada com o mesmo (o título). O título da fotografia é: “Número de candidatos à PSP e GNR supera 28 vezes as vagas disponíveis”.

Metro

O jornal Metro começa o dia de hoje com o título “Português é o quinto idioma mais utiliza(@)do “ na primeira página. Este jornal dá destaque ao dia do animal, colocando uma foto que ocupa a capa quase na totalidade com o título “Especial Dia do Animal – o dia em que a bicharada é rainha apenas se celebra amanhã, mas nós fizemos a festa já hoje!”.

Vânia Pimenta

Revista de Imprensa – 3 de Outubro

Ricardo Salgado e o BES regressam às primeiras páginas da imprensa de hoje.

Ricardo Salgado faz a manchete do Correio da Manhã e do “i” com os títulos “Perdão Fiscal Limpa Luvas do Clã” e “Ricardo Salgado recusou explicar à família os 14 milhões que recebeu de empreiteiro”. O Público refere que os “Imóveis do BES estão num limbo que impede Novo Banco de os vender”, situação consequente da divisão do BES em banco bom e banco ‘tóxico’.

A capa de hoje do Correio da Manhã noticia a morte de um duplo de Hollywood em Lisboa e as críticas a Jorge Jesus após derrotas na Champions.

Para além de Ricardo Salgado, o “i” faz referência aos “donos chineses” que se preparam para comprar o Besi (Grupo Novo Banco) e portos.

O JN destaca a rutura de stock da vacina contra a tuberculose e homem condenado a 8 anos e meio de prisão por ter esfaqueado e queimado a ex-companheira. Ainda, “Electricidade fica mais barata para 500 mil pessoas” e pequeno destaque para o desporto: sorteio da Taça, maus resultados do Benfica na Liga dos Campeões e jornada da Liga Europa.

No Público, o caso da impossibilidade de venda dos imóveis do BES é a notícia com maior destaque seguindo-se de “Taty Almeida procura filho desaparecido na Argentina há 40 anos”, ex-presidente “Sampaio contra acessos de pais a listas de pedófilos” e “Passos é vítima de interesses poderosos?”.

O Diário de Notícias de hoje tem na sua primeira página uma entrevista a Roberto Saviano que vive sob ameaça de morte: “Não gosto da legalização mas creio que é a única solução. Para todas as drogas.”. Paula Teixeira da Cruz chama especialista do governo PS para salvar Citius: ministra foi buscar o responsável pelo Citius no anterior governo para resolver o bloqueio informático que paralisou os tribunais.

No Destak, também a referência à diminuição dos custos de electricidade para 500 mil lares, “Número de candidatos à PSP e GNR supera 28 vezes as vagas disponíveis” e “Português é a 5ª língua mais usada na Net”.

Esta notícia está também destacada na primeira página do Metro – “Segundo o estudo ‘Internet World Users by Language’, a língua de Camões, embora represente apenas 4,3% dos utilizadores, é a quinta mais usada na Net”. Ainda, um especial para o Dia do Animal.

Pedro J.T. Albuquerque

Revista de Imprensa: 3 de Outubro (Inês Morais)

O caso BES regressa às primeiras páginas de três jornais de hoje, constando no Público, Correio da Manhã e Jornal i. Nestes dois últimos, destaca-se particularmente o escândalo da fraude de Ricardo Salgado.

“Perdão Fiscal limpa luvas do clã” é o grande título do Correio da Manhã, acrescentando-se que a família de Ricardo Salgado “repatria milhões dos submarinos”. A morte de um jovem norte-americano, duplo de Hollywood, em Lisboa devido a queda de 16 metros é também uma notícia com grande destaque nesta edição, sendo acompanhada de uma imagem do sucedido. Com as novas tarifas socias, a eletricidade vai ficar mais barata para 500 mil famílias. “As rendas comerciais vão ser mais protegidas contra aumentos”. Na justiça, fala-se das críticas dos juízes ao caos do Citius. No desporto, Jorge Jesus é criticado por derrotas na Champions.

“Ricardo Salgado recusou explicar à familia os 14 milhões que recebeu de empreiteiro” é o grande destaque do jornal i, acompanhado de uma fotografia do ex-presidente que ocupa praticamente a totalidade da página. “Estes é que são os donos disto tudo: Guo Guangcheng, (Fidelidade), Wang li (EDP), Guangchao Zhu (REN)” é um outro assunto com relevo nesta edição, sendo apresentadas as imagens de cada um dos empresários chineses. “BES e Portos são as compras que se seguem”. Caso Tecnoforma: o i teve acesso à contabilidade da ONG ligada à Tecnoforma, mas não consegue desvendar o mistério das despesas de Passos Coelho. Na ciência, aborda-se o tema da SIDA e do contributo de Nuno Faria, cientista português, na descoberta da origem do vírus. António Costa oferece um terço do partido a António José Seguro e mantém a reforma do sistema político. Paulo Futre recorda uma das suas noites mais épicas e dolorosas em entrevista. Na literatura, os três últimos capítulos de José Saramago são lançados em Lisboa.

O Público tem como manchete os quinze mil imóveis que transitaram do BES para o novo banco e que, “tecnicamente, são ativos mortos”. Entrevista com João Pina a mulher que procura o filho desaparecido na Argentina há 40 anos com particular relevo na capa do jornal. O ex-presidente da República, Jorge Sampaio, está contra o acesso de pais a listas de pedófilos. António Costa é contra algumas regras de cálculo das rendas sociais. “Líder de Hong Kong não se demite mas aceita dialogar.” No campo da ciência, descobriu-se que a SIDA teve origem em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, nos anos 20 e propagou-se pelo resto do mundo por barco e comboio.

No Jornal de Notícias, o grande destaque remete para a rutura do stock da vacina da tuberculose, sendo necessário interromper os tratamentos. A vacina está esgotada no Norte desde Julho e na região de Lisboa só há para dez dias. O segundo assunto com mais relevo é a pena de prisão de oito anos e meio atribuída a Carlos Rosa, o homem que esfaqueou e queimou a ex-companheira por ciúme. Em sociedade, “Lisboa já não pode usar fundos atribuídos a regiões mais pobres”. A luz fica mais barata para 500 mil pessoas. É realizado um estudo que informa que o negócio das corridas amadoras vale 108 milhões por ano. Em Gondomar, um parque natural encontra-se no local dos resíduos tóxicos. Na economia, a prestação da casa baixa para metade em seis anos devido à queda dos juros.

“Paula Teixeira da Cruz chama especialista do governo PS para salvar Citius” é a manchete do Diário de Notícias. A Ministra da Justiça pediu ajuda ao responsável pelo Citius no anterior governo para solucionar o bloqueio informático que paralisou os tribunais. O segundo grande tema do DN é a entrevista a Roberto Saviano, jornalista italiano que vive sob ameaça de morte, ocupando a sua fotografia um lugar de destaque. Reportagem sobre a nova família católica, na qual constam casados, divorciados, juntos e gays. “Dinheiro da ONG de Passos foi todo gasto em colaboradores”. Na ciência, fala-se do investigador português que descobriu como surgiu o vírus da sida.

O tema principal do jornal “O Destak” recai no embaratecimento da electricidade para 500 mil lares. “Número de candidatos à PSP e GNR supera 28 vezes as vagas disponíveis” é outro grande título que surge acompanhado de uma fotografia que se salienta na capa. No desporto, o FC Porto recebe o Sporting para a Taça de Portugal.

A língua portuguesa como a quinta língua mais falada na internet e o especial dia do animal partilham o destaque do jornal Metro. No panorama internacional, o clima de tensão regressa a Donetsk com o combate entre os rebeldes pró-russos e o exército de Kiev. Para a taça de Portugal, o FC Porto defronta o Sporting e o Benfica enfrenta a Covilhã.

Inês Morais

Revista de imprensa: 3 de Outubro (Sofia Freitas)

É de notar que hoje não há um tema comum a todos os jornais. Contudo há quatro assuntos que foram referidos por diversos jornais. A polémica do Ricardo Salgado e do Novo Banco e todos os tópicos que daí advêm; a opinião dos juízes sobre o caos do Citius e as medidas que estão a ser tomadas; a descida do preço da luz para 500 mil pessoas; e o facto do FC Porto receber no Dragão o Sporting para a Taça de Portugal.

O Correio da Manhã destaca, na primeira página, o tema Ricardo Salgado, evidenciando o perdão fiscal que limpou as luvas do clã e, deste modo, a repatriação, por parte da família, dos milhões dos submarinos. No entanto, a imagem central desta página representa a morte de um duplo de Hollywood em Lisboa, devido a queda de 16 metros. O outro tema evidenciado é a maior proteção das rendas comerciais contra argumentos. Para além destes três assuntos, mas dando uma menor visibilidade, também estão presentes a crítica dos juízes ao caos do Citius, o facto de a luz estar mais barata para 500 mil pessoas e, por fim, na área do desporto, o confronto FC Porto-Sporting na Taça de Portugal e a crítica a Jesus devido às constantes derrotas nas Champions.

O Jornal de Notícias tem como manchete a falta de vacinas da tuberculose, estando o stock já esgotado no Norte e havendo só vacinas suficientes para 10 dias em Lisboa. A imagem principal aborda a condenação a 8 anos e meio de homem que esfaqueou e queimou ex-companheira. Outro tema realçado é o facto de Lisboa já não poder usar fundos atribuídos a regiões mais pobres. No campo do desporto destaca “Dragão ou Leão: um deles sai logo na 3ª eliminatória” e “O pior arranque de sempre do Benfica”.

No Público, os assuntos realçados na capa são completos opostos. “Imóveis do BES estão num limbo que impede Novo Banco de os vender”: estes imóveis tornam-se assim ativos mortos. E a entrevista de João Pina a Taty Almeida que procura filho desaparecido na Argentina há 40 anos, representada, na capa, por grande imagem da mulher a preto e branco.

No Diário de Notícias, a notícia principal da primeira página é a chamada de especialista do governo PS, por parte da Paula Teixeira da Cruz, para salvar Citius. Porém, o DN também evidencia a entrevista a Roberto Saviano – jornalista que vive sob ameaça de morte – representada por uma grande imagem deste no topo da página. “Há casados, divorciados, juntos e gays na nova família católica” é outro tópico abordado nesta primeira página.

O jornal i evidencia a recusa de Ricardo Salgado em explicar à família os 14 milhões que “recebeu do empreiteiro”, tendo este se justificado que se dirigiu duas vezes ao Banco de Portugal, tendo o seu regulador considerado um caso pessoal. Este assunto está acompanhado por uma fotografia de Ricardo Salgado que ocupa metade da página. O segundo tema destacado relaciona-se com a impossibilidade do desvendamento das despesas de Passos Coelho com o recurso à contabilidade da ONG ligada à Tecnoforma à qual o jornal teve acesso. “Estes é que são os donos disto tudo” – por último, há uma referência à constante aquisição de empresas por parte dos chineses, sendo a compra da Besi e do Portos os próximos negócios.

No Destak, o tema de destaque é a baixa do preço da luz para 500 mil pessoas. No entanto, esta notícia divide o palco com uma imagem que representa um tema completamente diferente: “Número de candidatos à PSP e GNR supera 28 vezes as vagas disponíveis”. Mais uma vez, é feita a referência ao clássico FC Porto – Sporting para a Taça de Portugal.

O jornal Metro realça dois temas. O português é o quinto idioma mais utilizado na Internet. Tem, também, uma chamada de atenção para o Especial Dia do Animal, embora este só seja amanhã. Acompanha esta notícia com uma imagem de cães e gatos.

Fonte:  http://jornais.sapo.pt/

Sofia Freitas

Revista de Imprensa – Catarina Pimenta

Revista de Imprensa: 3 de Outubro de 2014

O dia é marcado por uma grande mixórdia de temas, que vão desde a economia à ciência. Contudo os grandes destaques são referentes ao caso BES, com novas informações sobre o envolvimento do banqueiro Ricardo Salgado no negócio dos submarinos e  a impossibilidade de venda de imóveis pelo Novo Banco, e à descida do custo da eletricidade.

A manchete do jornal Público destaca os 15 mil imóveis pertencestes ao BES que estão “no limbo”, sem puderem ser vendidos pelo Novo Banco devido a complicações legais.  É também destacada a procura de Taty Almeida pelo filho desaparecido na Argentina há 40 anos. São apresentadas outras notícias como o sistema eletrónico que agrega dados referentes às mortes em Portugal em tempo real e a descoberta da origem e propragação da SIDA por um cientista português. Este último tema é também destacado pelo Diário de Notícias e pelo jornal i.

Correio da Manhã realça o envolvimento do BES e de Ricardo Salgado com a compra de submarinos e a queda e morte de um duplo de Hollywood em Lisboa. Também é abordada a nova lei que protege as rendas comerciais dos aumentos e a descida do custo da luz para 500 mil famílias. Referente ao desporto, Jorge Jesus é criticado pela derrota na Champions e o clássico da Taça de Portugal na 3ª eliminatória, FC Porto contra Sporting.

A rutura de stock da vacina da tuberculose em Portugal é a manchete de hoje no Jornal de Notícias. É destacado também o caso de Carlos Rosa, que esfaqueou e queimou a ex-companheira por ciúme e que vai ser preso por oito anos. A descida do preço da eletricidade também é mencionada, assim como a impossibilidade de Lisboa continuar a usar fundos atribuídos a regiões mais pobres.

O Diário da Notícias destaca o fiasco do Citius e a busca de Paula Teixeira da Cruz pelo responsável da plataforma informática no anterior governo para a resolução do problema. A entrevista a Roberto Saviano, jornalista italiano que vive sob ameaça de morte, também merece destaque pelo jornal. É apresentado na primeira página um pequeno excerto de uma reportagem: há casados, divorciados, juntos e gays na nova família católica; e é também abordada a descoberta da origem da SIDA.

O tema Ricardo Salgado é retomado pelo jornal i, desta vez destacando o facto do banqueiro não ter explicado à família os 14 milhões de euros que recebeu do empreiteiro. Os restantes assuntos mencionados são a compra de empresas portuguesas por parte de empresários chineses e, mais uma vez, a descoberta da origem da SIDA.

Já o Destak dá uma grande relevância à descida do preço da luz e ao grande número de candidatos à PSP e GNR, que supera 28 vezes o número de vagas disponíveis. Outras notícias expostas na primeira página são o festival para requalificar Loures, o clássico FC Porto – Sporting para a Taça de Portugal e o português como 5ªa língua mais usada na Internet.

Esta última notícia é retomada pelo Metro, em forma de manchete. Também é realçado o especial no interior do jornal sobre o dia do animal. Outras notícias apresentadas são a alta tensão na região de Donetsk e o sorteio da Taça de Portugal que resultou num clássico FC Porto – Sporting.

Fonte: Sapo Jornais

Revista de Imprensa de 3 de Outubro de 2014

Olhando para as capas dos principais jornais de hoje, percebemos o grande destaque dado ao assunto BES e Ricardo Salgado.

O Público é um dos que dá especial atenção ao tema, colocando em letras garrafais o título : “Imóveis do BES estão num limbo que impede Novo Banco de os vender”. Coloca também em imagem “Taty Almeida” que “procura filho desaparecido na Argentina há 40 anos”, uma matéria explorada pelo ípsilon.

Já na capa do Jornal I,  está uma fotografia em que o ex-banqueiro aparece em grande plano, acompanhada do título “Ricardo Salgado recusou explicar à família os 14 milhões que recebeu de empreiteiro: ex-presidente do BES afirmou ter ido duas vezes ao Banco de Portugal; o regulador terá concordado ser um assunto da sua vida pessoal”. Destaca também, a questão da vinda de chineses para Portugal: “Estes é que são os donos disto tudo: Guo Guangcheng (Fidelidade), Wang Li (EDP), Guangchao Zhu (REN). Chineses: BES e portos são as compras que se seguem”.

O terceiro jornal a dar especial atenção ao caso BES, é o Correio da Manhã, que enfatiza o ” Perdão fiscal limpa luvas do clã: família repatria milhões dos submarinos; Ricardo Salgado admitiu pagamentos “a mais alguém” “.
Na continuidade desta revista de imprensa, o Jornal de Notícias dá relevância ao tema da tuberculose, colocando como título principal: Vacina da tuberculose de novo em rutura: “problemas de abastecimento obrigam a parar tratamentos; stock esgotado no Norte desde julho; na Região de Lisboa só há para dez dias”. Em imagem aparece o recluso  que “Esfaqueou e queimou ex-companheira por ciúme”.

O Diário de Notícias apresenta como tema principal a entrevista feita a “Roberto Saviano, jornalista italiano que vive sob ameaça de morte: “Não gosto da legalização mas creio que é a única solução. Para todas as drogas”. Dá ainda realce ao caso “Paula Teixeira da Cruz chama especialista do governo PS para salvar Citius: ministra foi buscar o responsável pelo Citius no anterior governo para resolver o bloqueio informático que paralisou os tribunais”.

Quanto aos jornais gratuítos, O Destak, confere especial atenção ao tema da eletricidade, colocando como título principal “Luz fica mais barata para 500 mil lares: valor do desconto da tarifa social na eletricidade sobe de 20% para 34%”. Coloca ainda uma imagem de um agente da autoridade remetendo para as vagas da PSP e GNR. Enquanto que o Jornal Metro, coloca na página principal que “Português é o idioma mais utiliz@do” na internet.

veja aqui as capas.

Inês Serra, turma5

Revista de Imprensa: 3 de outubro de 2014

O escândalo que liga Ricardo Salgado e o BES aparece em destaque nos diários i, Correio da Manhã e Público de hoje. A fraude de 14 milhões contiunua sem explicação.

No jornal i, faz-se referência que ajudou a desvendar a origem do HIV, ao último lançamento de Saramago. No PS, “Costa oferece um terço do partido a Seguro e mantém reforma do sistema político”. Paulo Futre dá uma entrevista onde recorda as suas noites mais épicas. Caso Tecnoforma: o i teve acesso à contabilidade de uma ONG ligada à Tecnoforma, o que se mostrou inconclusivo para desvendar o mistério das despesas de Passos Coelho. Ricardo Salagado e os seus 14 milhões por explicar fazem a manchete.

O Correio da Manhã retoma o escândalo Ricardo Salgado, dá conta da morte de um duplo de Hollywood em Lisboa. Na justiça, fala das críticas que juízes fazem ao sistema Citius. “Luz mais barata para 500 mil pessoas”. No desporto, Jorge Jesus e a derrota do Benfica no arranque da Liga dos Campeões e o clássico que se avizinha. “À facada: Cadastrado ataca taxista.” “Em cirurgia: Bactéria mata mulher.” No entretenimento, concorrente da Casa dos Segredos acusada de roubar perfumes.

Em manchete no Jornal de Notícias: “Vacina da tuberculose de novo em rutura”. Stock já esgotou no Norte e o Sul só tem o suficiente para dez dias. O homem que esfaqueou e queimou a ex-companheira por ciúme foi condenado a oito anos e meio e insultado por populares à saída do tribunal. Em termos sociais, “Lisboa já não pode usar fundos atribuídos a regiões mais pobres”. As prestações das casas vão baixar para metade no espaço de seis anos. As corridas amadoras representam um negócio de 108 milhões de euros por ano. Em Gondomar, um parque natural vai ser construído num local preenchido por resíduos tóxicos. “Vila Nova de Gaia: Hospital processa varredor deficiente que mandou esconder.” 140 alunos foram intoxicados por uma refeição de massa com carne numa escola em Mirandela. A nível internacional, “Hong Kong aceita falar com líderes da revolta estudantil”.

O Público retoma o tema do BES e do Banco Novo. Há imóveis do Novo Banco que não podem ser vendidos por estarem, ainda, “intoxicados” pelo BES. Uma mulher dá uma entrevista acerca do filho desaparecido na Argentina que procura já há 40 anos. Num congresso dominado pela problemática do sistema Citius, Sampaio afirmou que não concorda que os pais tenham acesso às listas de pedófilos. “Passos é vitima de poderosos?” Primeiro- Ministro terá recebido avisos acerca de influências de poderosos. Na ciência, destaque para a expçicação de que a SIDA nasceu em Kinshasa nos anos ’20 e se espalhou para o resto do mundo por comboio e barco. “O Inimigo público: Para ganhar em 2015, costa só dirá “Boa Noite, Srs Jornalistas””. António Costa apoiar-se-á, então na relação com o media. Costa é, ainda, contra alguns cálculos quanto ao novo sistema de renda social que deverá subir de 4.85 para 8.38. Sistema eletrónico com dados de morte em tempo real já registou o óbito de 259 pessoas em Portugal. No Brasil, prevalece a continuidade. Hong Kong disposto a dialogar com os revoltosos.

“Paula Teixeira da Cruz chama especialista do governo PS para salvar Citius” como manchete no Diário de Notícias. A Ministra da Justiça pediu auxílio ao responsável pelo Citius no último governo para resolver o bloqueio informático. Ainda em destaque, uma entrevista a Roberto Saviano, um jornalista italiano que vive sob ameaça de morte. Referência a uma reportagem que dá conta dos novos membros da Igreja Católica: divorciados, gays e casados. “Dinheiro da ONG de Passos todo gasto em colaboradores. Salienta-se o cientista português que descobriu como a SIDA apareceu. No entretenimento, Claire Danes a afirmar que não vai ser bem vista na nova série de Homeland e António Fagundes a afimar que ainda não fez personagens suficientes.

O Destak dá manchete ao aumento do desconto da tarifa social na eletricidade que sobre de 20% para 40%. A corrida às candidaturas à GNR e PSP superam 28 vezes as vagas disponíveis. Retoma, ainda, a notícia de que o português é a quinta língua mais falada e ainda dá conta de um festival que tem em vista a requalificação da zona de Loures. Para a Taça de Portugal, o FC Porto recebe o Sporting.

A língua portuguesa e os animais partilham o destaque no Metro. A língua portuguesa, novamente, como a quinta mais falada e os animais aparecem como uma celebração do Dia do Animal. “Alta tensão regressa à zona de Donetsk.” Exércitos de Kiev e pró-russos combatem ininterruptamente. Para a Taça de Portugal, o Porto enfrente o Sporting, enquanto que o Benfica defronta a Covilhã na terceira eliminatória. Por fim, Alvim faz inquérito ao ator Jorge Picoito.

 Cláudia Maioto

 

 

Revista de Imprensa: 03 de Outubro de 2014

BES, Novo Banco?

O caso do BES continua em destaque nos diários Público, Correio da Manhã e i.

Os imóveis do BES encontram-se num limbo, impedindo o Novo Banco de os vender. Quando o grupo Espírito Santo foi dividido em banco bom e banco “tóxico”, 15 mil imóveis, dois mil milhões de euros passam para o Novo Banco; Falta, porém, um instrumento legal, tornando-os ativos mortos. Após perdão fiscal, família repatria milhões dos submarinos e Ricardo Salgado admite pagamentos “a mais alguém”. O ex-presidente admite, também, ter visitado, por motivos pessoais, o Banco de Portugal, ao mesmo tempo que recusa dar uma explicação relativa aos 14 milhões de euros recebidos por um empreiteiro.

Fim de tratamentos: A saúde dos portugueses estará comprometida?

A vacina da tuberculose encontra-se, mais uma vez, em vias de rutura. Desde o meio do verão que o Norte deixou de aceder às vacinas e, sabe-se, desde já, que em dez dias o stock esgotará na região de Lisboa.

Como salvar Citius?

Bloqueio informático paralisa os tribunais: o Diário de Notícias refere  que a Ministra da Justiça recorreu a especialista do antigo governo PS para resolver o problema Citius.

Legalizar ou não legalizar? Eis a questão.

Exclusivo DN: entrevista ao jornalista Roberto Saviano, que vive sob ameaça de morte.

O italiano acredita que na legalização, de todas as drogas, encontra-se a solução.

Estatisticamente falando…

  Metro: A língua Portuguesa é a quinta mais utilizada na Internet.

  Jornal de Notícias: Prestação de casa desce para metade nos último seis anos.

Destak: Desconto na eletricidade sobe de 20% para 34%, deixando a luz mais barata para 500 mil lares.

 

Anna Luisa Marotti, 201303943

Turma 4